Últimas

Sexta-Feira, 01 de Maio de 2009, 21h:09 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

LEGISLATIVO

Aléssio diz não ser fantasma da AL e critica líder da Moral

  O jornalista Aléssio Pinto se diz revoltado com o Movimento Organizado pela Moralidade Pública e Cidadania (Moral), que incluiu seu nome entre fantasmas da Assembleia, numa lista encaminhada ao Ministério Público com pedido de providências para ter acesso ao lotacionograma completo do  Legislativo. De acordo com a Ong, Aléssio conduzia a Associação de Moradores da Morada do Ouro, em Cuiabá, e possui um jornal no Grande CPA e não estaria dando expediente na AL - saiba mais aqui.

   Para Aléssio, a Ong Moral está equivocada. Revela que está prestes a completar 30 anos de serviços prestados à AL. Lembra que já desempenhou várias funções e nunca teve o nome envolvido "em qualquer tipo de problema". Conta que presidia o Morada do Ouro voluntariamente e isso não o impediu de cumprir horário como servidor do Legislativo. Admite que, de fato está lotado na Associação dos Servidores da AL, mas, nem por isso, deixa de trabalhar na TV Assembleia. Por fim, Aléssio Pinto questiona a conduta e a profissão de Gilmar Brunetto, um dos integrantes da Ong Moral que o denunciou. Insinua que o sindicalista se omitiu quando um candidato, às vésperas das eleições do ano passado, construiu asfalto na região onde Brunetto reside e este não denunciou o que seria crime eleitoral.

     Eis, abaixo, a íntegra de uma carta-resposta de Aléssio à denúncia da Ong Moral

    "Me causou revolta ser classificado como fantasma pela Ong Moral, em função, principalmente, de dois de seus membros, pelo que vi em matéria de TV sobre a referida entidade, serem pessoas que me conhecem muito bem e até já havia elogiado o meu trabalho: o sindicalista Gilmar Brunetto e o jornalista Enock Cavalcante. Pra começar, farei um breve retrospecto de minha carreira na AL-MT. No próximo ano vou completar 30 anos de serviços prestados àquela Casa, onde já desempenhei os mais diversos cargos, do mais humilde ao mais importante, e nunca tive meu nome envolvido em nenhum tipo de problema. Nenhum tipo, reafirmo. Gostaria de informar também que o fato de presidir uma entidade como fui acusado, mesmo sendo um trabalho voluntário e sem receber remuneração, não me impede de dar o meu expediente de trabalho, até porque o bairro Morada do Ouro fica a menos de 1 km da AL-MT e dá para fazer o percurso a pé, em pouco mais de 5 minutos. Informo ainda aos "zelosos" membros da Ong que, apesar de estar lotado na Associação dos Servidores da AL, onde fui eleito junto com os demais membros da diretoria, faço reportagens, coberturas ao vivo e apresento programas na TV-AL, onde, inclusive, fui o primeiro repórter-apresentador, quando da fundação da emissora, no ano de 2002.
      Além de tudo, informo que no momento trabalho em cima de um novo programa, que deverá estrear no segundo semestre deste ano, dentro da nova grade da emissora, que passará a chegar aos municípios do interior, cujo nome será "Nossos Talentos" e que até já havia convidado o colega Enock para participar do mesmo (se lembra?). Quanto ao "Gilmarzinho", eu não sei qual é a dele: é funcionário público?, é sindicalista? ou é vendedor de abacaxi? Ah, antes que eu me esqueça: no ano passado, na véspera da eleição, do dia para a noite, um candidato fez um asfalto vizinho da casa do Gilmar. Você não viu? Não denunciou? Eu não vi nada na imprensa... (PS: Gilmar é morador da Morada do Ouro e Aléssio é presidente licenciado do bairro)."
      Aléssio Pinto
     Jornalista, servidor da AL-MT e presidente licenciado do Morada do Ouro, em Cuiabá

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Esther da Silva Venci | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É assim mesmo Aléssio você não tem padrinhos fortes como funcionários da Assembléia que mora em Patos de Minas há quase quinze anos sem aparecer na AL e outro que mora na Alemanha é mentira sr.Riva? fora os que moram em Juara e etccccccccccccccccccccc............................Por isto colocaram seu nome, abramos os olhos companheiros e vamos denunciar estes fantasmas apradinhados pelos Riva e Cia Ltda.

  • PROFº Marcia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ola RD, sou professora fico indignada com sertas ONGS, QUE SERVEM DE FACHADA POLITIQUEIRA, COMO ESTA DESTE Sr. Gauchinho que era ou é filiado do PT foi por isso e outros motivos que me desfiliei deste partido que eesconde certos elementos como este Sr. Gauchinho e Sr. Ceara, que usa estas ONGS, OAB e muitas das vezes Até o Ministerio Publico na epoca das Eleições, por isso estou mandando um recado para o presidente da OAB Sr. Faiad e ao Ministerio Publico tome cuidado com estes dois cidadões que Não são nada disso que se dizem ser, não sou Advogada do Alesio mais pelo queu sei não existe nada que desabone a condutas deste cidadão, porque eu sei o quanto é dificil ser acusado principalmente por pessoas que não tem essa moral para fazelas, sou filida au SINTEP, SEI DO QUE ESTOU FALANDO, ESYES MESMOS CIDADÃOS NÃO TEM CORAGEM DE PEDIR PARA O MINISTERIO PUBLICO ENVESTIGAR ESTE SINTEP DIRIGIDO PELO PT. Qual a MORAL DESTAS ENTIDADE COMANDADA POR ESTES Sr cobrarem alguma coisa Sr, como os Presidente do INTERMAT Aparecido, Que TEM SEVIÇOS PRESTADOS NOS BAIRROS DE cUIABA VOU CITAR SÓ UM Para Voce gauchininnho Lar LEGAR, qUE HOJE É O TECEMFIM DO GOVERNADOR bLAIRO MAGGI QUE É UM BELLO pROGRANA que documenta os bairro sem titulos.

  • Alvaro Sebastian | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Cara professora Márcia, ainda bem que meus filhos não são seus alunos - pasmem! aonde já se viu escrever a palavra CERTAS com S acho que a Srª deveria voltar aos bancos de escola - é deprimento a qualidade de alguns profissionais da educação em nosso país - é uma VERGONHA - ninguem merece!!!

    A Srª como professora tem a responsabilidade de ensinar nossas crianças, jovens - seria esse aprendizado que a senhora está passando com erros primários - faça-me o favor PEDE PRA SAIR.

  • fabricio moraes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    kkkkkk ele comparece com certeza todo dia cinco na boca do caixa para receber salário. E não é só ele. Tem reporter de jornal de grande circulação, tem assessor que trabalha em outro Poder, tem gente na Câmara de Primavera, tem diretor de site, tem colunista chique e por aí vai.

  • Edson Nogueira Bertolinne | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Maria Reis Dornellas | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Bete | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Srs das Ongs...

    Invetiguem mesmo...

    Só aqui em Juara devem ter uns 10 fantasminhas...

    O primo, o gerente da fazenda, o Dono do Aeroporto, o genro, alguns ex vereadores, o filho de um amigo etc etc etc... Isso só em Juara o Presidente da casa da cidadania mantem na folha...

    Se for ver esse povo nem sabe onde fica a AL...

    Vergonha!!!

  • vilmar do carmo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Conheço o jornalista Aléssio, ele merece todo o nosso respeito, é um camarada digno e honesto, sua revolta é justa - a ONG cumpre um papel social muito importante, mas, as cezes peca por denunciaas vazias.

  • lindomar pereira barreto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    essa ong moral desmoraliza a moral como referência da ética na política e no respeito a pessoas trabalhadoras. se fosse você aléssio não perderia meu tempo respondendo a pessoas que ninguém sabe da onde sai o seu sustento, ou até suspeitamos, na deduragem e denuncismo barato, irresponsável e inconsequente. tem gente que faz da sua vida um ato continuo de pura falta do que fazer. se acham o suprassumo da ética, e na verdade esse propósito maqueiam sérios desvios de personalidade e caráter, com uma certa dose de senso de perseguição, masoquismo e justicismo falso moralismo, sempre enxergendo nas pessoas potenciais criminosos. ou serão apenas moralistas de plantão tentando tirar algum tipo de vantagem ou será apenas uma manifestação de sindrome de nascisismo persistente ou doentio??? Vender abacaxi não dá para aparecer né!!!

  • CARLOS ROBERTO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    FALA A VERDADE ALÉSSIO, VOÇÊ LEVA UMA VIDA DE REI, SEU UNICO TRABALHO É ADIMINISTRAR A (AMOR), ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES DA M. DO OURO.

3 deputados sob certa cordialidade

janaina riva 400 curtinha   Max Russi, Eduardo Botelho e Janaina Riva (foto), que mandam na Assembleia, demonstram entre eles um certo clima de cordialidade, mas chegaram a entrar em queda-de-braço até fechar um novo acordo político sobre a Mesa Diretora. Com a decisão do Supremo de veto a Botelho no comando do...

Expediente na AL só a partir do dia 8

max russi 400   Por causa do aumento da taxa de incidência de Covid-19 entre servidores e parlamentares, as atividades presenciais da Assembleia foram suspensas na quinta (25). O expediente só retoma em 8 de março. Neste período, estão sendo mantidas somente as atividades estritamente essenciais para o...

Estado paga os servidores nesta 6ª

mauro mendes 400 curtinha   Servidores do Estado recebem salário de fevereiro hoje, dentro do mês trabalho. É a sexta vez seguida que o governador Mauro Mendes consegue pagar a folha dos ativos, inativos e pensionistas antes da virada do mês, depois de promover reformas, redução da máquina e...

Sistema de saúde sob colapso em ROO

Em Rondonópolis, cidade-polo da região Sul, que abrange 17 municípios, não há mais leitos de UTI para socorrer pacientes em quadro grave de Covid-19. Todos os 30 do hospital Santa Casa estão ocupados, inclusive um leito de UTI reservado para atender outros casos, acabou destinado para paciente com o novo coronavírus. Há 10 leitos de UTI no Hospital Regional e todos também estão lotados. Várias pessoas em...

Deputado, Mesa da AL e incoerência

claudinei 400   Claudinei Lopes (foto), delegado de polícia que, na onda Bolsonaro, se elegeu deputado pelo PSL, em 2018, se mostra cada vez mais incoerente. É daqueles que gostam de levantar polêmicas e críticas, mas sem consistência. Ele se manifestou, por exemplo, contra a reeleição à Mesa...

Dilmar ensaia disputa para federal

dilmar dal bosco 400   Todos os deputados estaduais querem buscar a reeleição, com exceção de Dilmar Dal Bosco (foto), que está no terceiro mandato. Integrante da nova Mesa Diretora da Assembleia, como primeiro-vice-presidente, e líder do Governo Mauro, Dilmar não esconde o desejo de disputar cadeira...