Últimas

Quarta-Feira, 09 de Maio de 2007, 07h:07 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

LEGISLATIVO

Alexandre motiva conflitos entre Riva e Maggi

Deputado petista empossado nesta terç é visto como "olho" do juiz Julier na Assembléia 

   As divergências entre o primeiro-secretário da Assembléia, deputado José Riva (PP), e o governador Blairo Maggi (PR) têm como pano de fundo Alexandre Cesar, que tomou posse nesta terça como deputado estadual. Maggi contrariou Riva ao negociar aliança com o PT, abrindo espaço para Ságuas Moraes assumir a Educação e, em consequência, permitir que Alexandre virasse deputado.

     Ocorre que o petista é amigo íntimo do juiz federal Julier Sebastião da Silva, um dos responsáveis pela análise dos processos contra Riva. Agora, com o petista Alexandre, o magistrado terá um "aliado" dentro da Assembléia. Riva e Alexandre se olham com desconfiança. O petista também está "enrolado" com a Justiça. Foi acusado em inquérito da Polícia Federal por "uso" de caixa 2 na campanha a prefeito de Cuiabá, em 2004, e de levar o PT, enquanto presidente regional, a dar calote em empresas e cabos eleitorais.

   Antes de cair sua máscara da ética e da transparência, Alexandre foi um dos que mais denunciaram os escândalos na Assembléia, principalmente na campanha de 2002, quando concorreu ao governo do Estado e ficou em terceiro lugar.

   Contrariado com Maggi devido à manobra para fortalecer o PT, José Riva que, segundo o deputado Percival Muniz, é quem manda na Assembléia, endureceu a relação com o Palácio Paiaguás. Não abre mão de ver aprovado a sua proposta de destinar 30% do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab) para os municípios.

    A discussão sobre o projeto rachou a base governista. Riva também insiste na apresentação de emendas às mensagens que tratam da carreira e salário dos militares. Maggi, por sua vez, não aceita que os projetos sejam emendados.

   O impasse, que começou antes do governador viajar para os Estados Unidos, persiste até hoje. Quinze dias depois, Maggi retorna nesta quarta ao Estado e enfrentará o mesmo problema. Vai ter de entrar em ação ou para patrolar a oposição e a resistência de Riva e tentar aprovar os projetos do Executivo ou então recuar e buscar um entendimento político.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Cotado à cadeira de desembargador

francisco faiad 400 curtinha   É forte o movimento nos bastidores entre os juristas, dentro e fora da OAB/MT, pela indicação do nome de Francisco Faiad (foto) pela classe Quinto Constitucional à cadeira de desembargador. Bem articulado e com bom conceito no meio jurídico, Faiad foi presidente da OAB/MT por dois...

Pivetta promete permanecer no PDT

allan kardec 400 curtinha   O empresário Otaviano Pivetta, que se tornou o mais badalado nesta fase de pré-campanha ao Senado por causa da grande logística em torno do seu nome, se encontra numa saia-justa. Para líderes do Podemos com os quais passou a ter afinidade política, como os senadores Álvaro Dias e...

Ao Senado, 2 partidos e apoio para EP

elizeu nascimento 400 curtinha   Elizeu Nascimento (foto), terceiro-sargento PM licenciado, não é nada bobo. Ex-vereador pela Capital e no mandato de deputado estadual, Elizeu hoje controla o DC-MT e ainda levou aliados de confiança para o PSL-MT, partido que ainda está ligado ao presidente Bolsonaro e que só de...

Digital de Selma no apoio para Pivetta

olga lustosa curtinha 400   Mesmo com laços antigos de amizade com Otaviano Pivetta, Olga Lustosa, que está se desligando do cargo de assessora do gabinete da senadora cassada Selma Arruda em Brasília, causou aquele climão dentro do Podemos quando apareceu no encontro do PDT, neste sábado. O ato marcou o...

Fritado ao Senado, Galvan deixará PDT

antonio galvan 400 curtinha   Como já esperado, o presidente da Aprosoja, Antonio Galvan (foto), foi mesmo patrolado dentro do PDT estadual na tentativa de concorrer ao Senado na suplementar de abril. Com a decisão oficial do partido de lançar o vice-governador Otaviano Pivetta à disputa, Galvan agora pensa em sair da...

Contratos suspensos de 7 prefeituras

domingos neto 400 curtinha   O conselheiro do TCE-MT, Domingos Neto, determinou, até julgamento do mérito, a suspensão de pagamento por sete prefeituras à Oscip Tupã. Ele é relator de uma representação feita pelo Ministério Público de Contas contra as prefeituras de Vera,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.