Últimas

Sexta-Feira, 23 de Novembro de 2007, 16h:00 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

CONFRONTO

Alexandre quer empurrar dívidas para Ságuas

Ex-presidente do PT pede atestado para provar que durante 6 meses de 2004 o partido esteve sob o atual secretário de Educação

    O deputado Alexandre Cesar, réu em processo criminal sobre caixa 2 na campanha de 2004, quando disputou a Prefeitura de Cuiabá, conseguiu um documento junto à direção do PT. Trata-se de um trunfo para aliviar o peso do rombo das contas do partido que tem caído sobre os seus ombros e, assim, poder transferir parte da carga ao deputado licenciado Ságuas Moraes.

    Alexandre esteve afastado da presidência estadual da agremiação petista entre julho e dezembro de 2004 por causa do período de campanha eleitoral. Ele chegou a disputar o segundo turno e foi derrotado pelo  tucano Wilson Santos. Nesse interím, o PT esteve sob o vice Ságuas. O comando do partido não negou a Alexandre a declaração pleiteada.

    O documento foi assinado na quarta (21) pelo secretário de Assuntos Institucionais, Zelandes Santiago. Agora, Alexandre, já incriminado por se utilizar de contabilidade paralela, vai empurrar para o colo do colega Ságuas parte das dívidas milionárias contraídas em seu nome e em nome do partido.

     Alexandre deve sair frustrado da tentativa de transferir parte dos "pepinos" para a curta gestão de Ságuas, que é do mesmo grupo Articulação de Esquerda (ex-Campo Majoritário). Ocorre que o atual secretário de Estado de Educação não assinou confissão de dívidas durante os seis meses em que dirigiu o PT.

    Dívidas

    Alexandre responde judicialmente por dívidas milionárias. Somente com a extinta banda Stillo Pop Som foram R$ 370 mil. Destes, somente R$ 55 mil constam da prestação de contas da campanha eleitoral do petista. Para a Gráfica Print Indústria e Editora Ltda, o débito é de R$ 203,3 mil. Consta ainda uma ação monitória em que a empresa cobra 6 cheques de R$ 28 mil emitidos pelo diretório estadual. Tramita também ação de cobrança em que a Print requer o pagamento de R$ 102 mil.

    O ex-presidente Alexandre assinou confissão de dívidas junto à Editora e Gráfica Atalaia e Gráfica Maior Comércio e Serviços Gráficos Ltda (R$ 299,4 mil). O empresário Rodrigo Stábile Piovezan, da Rondon Produções de Filmes, também briga na Justiça para receber R$ 850 mil.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Mauro e vitórias na briga de decretos

mauro mendes 400 A estratégia do governador Mauro Mendes (foto) de articular com os Poderes a edição do decreto de toque de recolher vem dando frutos. O governo publicou decreto impondo toque de recolher das 21h às 5h, com fechamento do comércio às 19h. O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, discordou e fez...

Prefeito é intubado e pode ir para SP

Prefeito de Tapurah Carlos Alberto Capeletti   É grave o quadro de saúde do prefeito de Tapurah (432 km de Cuiabá), Carlos Alberto Capeletti (PSD). Após piora, ele precisou ser intubado nesta quinta (4). Foi internado na terça (2), após testar positivo para Covid-19, em uma UTI no Hospital 13 de Maio, em...

Setasc doou 330 mil cestas básícas

Rosamaria 400 curtinha   A Secretaria Estadual de Assistência Social e Cidadania (Setasc), sob Rosamaria de Carvalho (foto), já entregou mais de 330 mil cestas básicas desde o inicio da pandemia, sendo 110 mil em Cuiabá e Várzea Grande. E como assistência social foi considerada como serviço essencial,...

Interinos ficam sem cargos no TCE

jose carlos novelli 400 curtinha   Com o retorno dos conselheiros do TCE, Antonio Joaquim e José Carlos Novelli (foto), dois substitutos perderam os postos não apenas nas relatorias, como também ficam sem os cargos na gestão. É o caso de Isaías Lopes da Cunha, que deixou de ser ouvidor-geral, sendo...

MT perde José Afonso Portocarrero

portocarrero-400   Morreu nessa quarta  (3), aos 93 anos, José Afonso Portocarrero (foto). O ex-presidente dos extintos  Banco do Estado de Mato Grosso (Bemat)  e Loteria do Estado de Mato Grosso (Lemat)  morreu de causas naturais. Viúvo, deixa quatro filhos.  Na vida profissional, foi o responsável...

Secretários filiados e sem pretensões

Beto 2x1 400 curtinha   Presidente do DEM em Cuiabá, o secretário estadual de Cultura, Esporte e Lazer, Alberto Machado, o Beto 2 x 1 (foto), disse, em visita ao Rdnews, quando concedeu entrevista à tvweb RDTV, que alguns colegas secretários estão filiados ao partido, mas isso não significa que eles...