Últimas

Domingo, 03 de Maio de 2009, 22h:50 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

RIBEIRÃO CASCALHEIRA

Aliados de Diá tentam fechar BR e são recebidos à bala

  Correligionários do prefeito cassado de Ribeirão Cascalheira (a 877 km da Capital), Francisco de Assis dos Santos, o Diá (PT), foram recebidos à bala e a cacetete por policiais durante manifestação neste domingo próximo à ponte da BR-158. Eles ensaiavam bloquear a rodovia próximo a Ribeirão Cascalheira. A 158 começa em solo mato-grossense em Barra do Garças, na divisa com Goiás, e se estende até Vila Rica, já chegando no Maranhão.

   Cerca de 1,2 mil pessoas prepararam faixas com frases de cobrança à Justiça Eleitoral e em defesa do retorno ao cargo do cassado Diá, acusado de cometer crimes eleitorais na campanha do ano passado. Por volta de 19h, os manifestantes resolveram avançar rumo ao trecho da rodovia que seria interditado. Policiais Militares ordenaram-nos que recuassem. A ordem não foi cumprida. Houve confronto. Segundo informações, algumas pessoas ficaram feridas. O deputado Adalto de Freitas (PMDB), o Daltinho, que mora em Barra do Garças, se transformou em porta-voz das vítimas dos policiais. Ele foi ao local e pediu providências às autoridades.

   Diá enfrenta uma luta jurídica na esperança de reassumir o posto de prefeito. Na semana passada, o Pleno do TRE havia adiado a conclusão do julgamento do seu recurso e de sua vice Altamira Nunes Vieira. O processo chegou a entrar na pauta, mas o juiz-membro Renato Vianna, segundo vogal, optou por pedir vistas. Esta semana o processo deve ser julgado. Além de terem perdidos os mandatos de prefeito e de vice, Diá e Altamira, respectivamente, foram multados em R$ 26 mil.

   Pelo visto, as pressões populares não vão sensibilizar os membros do Pleno. Nesse recurso de Diá, por exemplo, 4 já se manifestaram pela manutenção da sentença de cassação e da multa, inclusive a relatora do processo, juíza Adverci Rates Mendes. Os juízes-membros Maria Abadia Aguiar, José Zuquim Nogueira e Yale Sabo Mendes já votaram favoráveis à decisão de primeiro grau. O desembargador Rui Ramos Ribeiro optou por aguardar o resultado do pedido de vista de Vianna. O parecer do Ministério Público Eleitoral também reforça as cassações.

    Ribeirão Cascalheira é administrada hoje pelo prefeito tampão Daniel Correia Beraldo (PDT), que tinha sido eleito presidente da Câmara Municipal. Caso as cassações sejam mantidas, Diá ainda pode recorrer ao TSE. Se não obtiver êxito, o TRE deve convocar novas eleições entre 20 a 40 dias. Procurador do Estado licenciado, Diá teve 51,5% votos. O segundo colocado, Adário Carneiro Filho (DEM), ficou com 41,9 %, enquanto Jeová Ferreira (PSB) ocupou a terceira e última colocação com 0,7% dos votos válidos.

Postar um novo comentário

Comentários (14)

  • Cidadão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Celina morais | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Chega, se Diá fosse bom mesmo. A Prefeitura não estaria , sem crédito, sem respeito, queremos apenas que a justiça defina logo. Pra esse Diá ficar bem longe daqui

  • Maria | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É o povo pedindo justiça!!!
    É lamentavel o fato ocorrido...porque o povo não pode se manifestar?Nada melhor,nós, povo de cascalheira sabedores da verdade!!!

    Queremos uma cidade que o governante seja comprometido com o povo e não com algumas poucas familia...
    Somos ciente do nosso sofrimento. Sofredores a 8 anos...

    Queremos que faça valer nossos VOTOS.

    VOTAMOS NO DIÁ E É ELE QUE QUEREMOS NA PREFEITURA

    LIBERDADEEEEEE PRA CASCALHEIRAAAAA

  • Francisca | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Foi e esta sendo uma manifestação pacifica por parte da população e que ainda continuou sendo durante o dia de hoje,dia 04...
    Realmente, havia mais de mil pessoas na manifestação...isso é o não poder mais calar o povo!!!!

    QUEREMOS JUSTIÇA!!!!!!

    Diá na prefeitura!!!!!!

  • Gilberto f soares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A poluçao de Ribeirao ultimamente esta muito abalados com com a casaçao do prefeito eleito dia












    queremos justiça.........

  • S.A. | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A manifestação é pacífica e a população está indignada por ter sua vontade desrespeitada. QUEREMOS DIÁ NA PREFEITURA!!!!!! ESPERO QUE DEUS FAÇA A VERDADE PREVALECER!!!!!

  • orlandir cavalcante | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Depois tem gente que se ofende ao ouvir dizer que em MT tem capangas.....

  • Cidadão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • verdade | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • João honesto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

DEM é "suprapartidário" em Cuiabá

wilson santos, 400 curtinha   Para uns, o DEM de Cuiabá se tornou "suprapartidário". Para outros, um partido de aluguel. Além de não ter cabeça de chapa para prefeito, o partido do governador Mauro e dos irmãos Júlio e Jayme Campos enfrenta uma situação inusitada de concorrentes...

Diretório do Podemos-VG dissolvido

mara podemos curtinha 400   A direção estadual do Podemos, sob o deputado José Medeiros, destituiu o diretório municipal de Várzea Grande e anulou o encaminhamento para apoio a Kalil Baracat a prefeito. Agora sob comando provisório da professora Wilcimara Carnelós, a Mara (foto), que está na...

Silvio provoca debandada no PTB-VG

silvio fidelis 400 curtinha   Silvio Fidélis (foto), afilhado político de Chico Galindo e que se tornou fiel escudeiro da prefeita várzea-grande Lucimar Campos, de cuja gestão é secretário de Educação, provocou debandada geral no PTB local. Inconformado com a decisão de Emanuelzinho de...

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.