Últimas

Quarta-Feira, 12 de Setembro de 2007, 08h:45 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

Artigo

Alma lavada 1

     Estou de alma lavada e feliz. O STF decidiu que  o licenciamento do Porto de Morrinhos, em Cáceres, um componente da Hidrovia Paraguai-Paraná, deve ser licenciado pelo IBAMA. Questão Jurisdicional. Disso eu já sabia, mas não confiava muito na Justiça, porque tenho visto muitas inserções políticas que prejudicam as decisões judiciais.
     Não adianta: o Pantanal é de competência do Poder Público Federal.
     A representação política da região é praticamente, ou totalmente, inexistente. Deputados, Senadores, Governadores, já foram eleitos à custa do homem pantaneiro e nada fizeram por ele.
      Estou de alma lavada, porque a Lei que tentavam nos impingir, de iniciativa do Executivo e plenamente apoiado pelo Legislativo até a reação dos pantaneiros, foi por água abaixo, desembocando nos limites do absurdo jurídico e político. Vencemos. Poderemos vencer, sempre que um desses homens públicos ineficientes e ineficazes, que só fazem discursos, tentar nos “embromar”.
      Estou de alma lavada, porque, sem apoio político, mas com retaguarda do quarto poder que é a imprensa e da opinião pública, conseguimos mostrar que mais de 300 anos de história, não podem ser “esmagados” pela arrogância dos Políticos.
      O Deputado Sérgio Ricardo, que se projetou pela defesa do meio ambiente, neste caso do Pantanal, foi omisso e subserviente. É uma pena que o jornalista que conheci há mais de 20 anos tenha esquecido de seus ideais  e entrado no jogo do poder. Se pretende,  ser prefeito da MINHA CIDADE, mude de posição ou, serei sua principal opositora. Isso não é bom.
     Com ele, muitos outros, que como não fazem parte da sustentação do Governo, tentaram pegar carona e criticar o Projeto de Lei, sem, porém, combate-lo frontalmente. Por medo ou conveniência. Não importa,  todos são iguais.
    Estou de alma lavada, porque agora sei que, unidos, jamais seremos vencidos por interesses escusos.
    Em Encontro do Governador com a Ministra do Meio Ambiente, falou-se em Pacto Federativo e outras coisas mais. Tudo balela, embromação, subterfúgio... 
    O 1º Pacto Federativo foi firmado em 1993, entre o IBAMA e o Governo do Estado, com delegação de competência para a então FEMA. Sempre fui contrária a ele.
    Ocorre que, existem  competências que SÃO PRIVATIVAS DA UNIÃO e não podem e nem devem ser delegadas. O Pantanal e a Amazônia são duas delas. É a Lei e não a minha vontade.
    Embora de alma lavada, não concordo com esse Pacto ou  Re-pactuação, porque entendo que a questão ambiental está e deve estar sempre, acima dos interesses Políticos. Não é o Governador Blairo Maggi ou a Ministra do Meio Ambiente, ou o Presidente Lula (que só defendeu a Amazônia enquanto oposição), nem nenhum mandatário deste País, que irá resolver os nossos problemas ambientais. A falta de patriotismo deles é que confirma isso. São os interesses pessoais deles que comprometem a seriedade de suas propostas.
    Estou de alma lavada, mas ainda respinga sobre este Nação, a escuridão e a obscuridade sobre a “boa vontade” de nossos governantes, em preservar nossos recursos naturais. Em perdendo estes, seremos um povo errante, sem dignidade.
     Não me interessa quanto custa o apartamento comprado (dizem)  pelo nosso Presidente no Guarujá, mas me interessa e muito, como pagaremos a inoperância, incompetência, subserviência, corrupção e outros tantos elementos que formam o componente podre deste Brasil, originado por situações como essa.
     Estou de alma lavada, porque posso, de cabeça erguida, com uma vida pública limpa,  dizer a essa gente: vocês estão roubando à mão armada as pessoas decentes deste País e pagarão muito, mas muito caro por isso. Se não aqui, em algum lugar, onde nós todos prestaremos contas de “nossos feitos”.


Oriana Paes de Barros é procuradora federal aposentada e pecuarista

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Adin contra nomeação em Cáceres

angelo audicom 400 curtinha   Presidida por Ângelo Silva de Oliveira (foto), a Audicom-MT, entidade que congrega auditores e controladores internos dos municípios do Estado, ingressou com Adin no Tribunal de Justiça, pleiteando liminar para, assim como ocorreu em Rondonópolis, também derrubar uma lei em vigor...

Viúva de Adriano disputa em Cáceres

anelise silva 400 curtinha   Anelise Silva (foto), viúva do ex-reitor da Unemat e ex-deputado Adriano Silva, lançou pré-candidatura à prefeita de Cáceres pelo DEM do governador Mauro. Ela enfatiza que sofre a dor da perda e que decidiu entrar no páreo para dar continuidade ao projeto de Adriano de...

Vereador tenta barra compra de cestas

diego guimaraes 400 curtinha   O vereador pela Capital, Diego Guimarães (foto), denunciou junto à Ouvidoria do TCE o que definiu como irregular a aquisição, com dispensa de licitação, de cinco mil cestas básicas de alimentos pela secretaria municipal de Assistência Social e Desenvolvimento...

Apresentador de TV luta contra Covid

alexandre mota 400 curtinha   Alexandre Mota (foto), apresentador desde abril do programa de variedades Balanço Geral, da TV Vila Real de Cuiabá (Record), está internado na UTI do hospital São Mateus. É mais uma vítima diagnosticada com Covid-19. O seu quadro clínico se agravou. O pulmão...

Campanha une as primeiras-damas

virginia mendes 400 curtinha   As primeiras-damas Virginia Mendes (foto) e Michelle Bolsonaro, de MT e do país, respectivamente, têm mantido um relacionamento bem estreito no desenvolvimento de projetos e ações sociais. No final de abril, Michelle postou um elogio e divulgou, na sua conta do Instagram, a campanha de...

Se EP recuar, PV lança Stopa a prefeito

justino malheiros 400 curtinha   O ex-presidente da Câmara de Cuiabá e membro do diretório municipal do PV, vereador Justino Malheiros (foto), disse nesta segunda que o partido estará com o prefeito Emanuel Pinheiro até o último momento, apostando no projeto de reeleição do emedebista. Mas,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.