Últimas

Segunda-Feira, 12 de Janeiro de 2009, 19h:38 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

UCEMMAT

Aluízio quer 3º mandato e "cola" em Maggi e Riva


Vereador Aluízio Lima (PR) rebate críticas e assegura contar com aval de vários líderes políticos por um novo mandato
Foto: Flávia Borges

   O presidente da União Mato-Grossense das Câmaras Municipais do Estado (Ucemmat), Aluízio Lima Pereira (PR), afirmou nesta segunda (12), em visita ao RDNews, que está firme na tentativa de conseguir seu terceiro mandato frente à entidade. Ele foi o vereador reeleito por Salto do Céu mais votado nas eleições de 2008. Tem como opositor até agora o vereador de quarto mandato por Água Boa, Marcos Junio Mendonça (PTB), o Marquinhos.  A eleição na Ucemmat acontece em 2 de fevereiro, em Cuiabá, onde está localizada sua sede.

   As câmaras têm até o próximo dia 15 para regularizar pendências, principalmente de ordem financeira para, assim, dar autonomia para seus vereadores exercer o direito ao voto.  O vereador cuiabano Francisco Vuolo (PR) e Octávio Augusto Régis de Oliveira (PTC), de Curvelândia, avaliam a possibilidade de entrar na disputa pela Ucemmat.

   O vereador republicano rebate acusações de que sua gestão não trouxe benefícios à Ucemmat. "Fizemos diversos convênios, como, por exemplo, com a Unic e com o MT Saúde. Quem usa destes argumentos não conhece a história da entidade", reage Aluízio, em resposta às críticas feitas pelo adversário Marquinhos - veja aqui. Sobre sua relação com o governador Blairo Maggi (PR), Aluízio se "desmancha" em elogios. "Defendo o governo estadual porque sempre esteve de portas abertas para os vereadores. A Assembléia Legislativa também. Sempre nos recebeu".

   O presidente da Ucemmat diz ainda que tem o apoio de diversas lideranças políticas, como os senadores Jayme Campos (DEM) e Serys Marli (PT) e os deputados federais Wellington Fagundes e Homero Pereira, ambos do PR. Ele cita ainda o deputado estadual José Riva (PP) como forte aliado.

  Aluízio explica que a Ucemmat sobrevive da filiação das Câmaras Municipais. Para este ano ainda não sabe quantas vão permanecer associadas. "O contrato termina em 31 de dezembro. Cada filiação custa em torno de R$ 400 e R$ 500". Sobre a arrecadação da entidade, Aluízio diz que após um convênio firmado com a Associação Mato-Grossenses dos Municípios (AMM), a receita da Ucemmat chega a R$ 40 mil mensais. (Flávia Borges)

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • ADRIANA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Aloísio, estamos torcendo pela sua vitória, pode ter certeza q vai ganhar porq vc está sendo um ótimo presidente, quando vc tomou posse vc fez uma mudança muito grande está de parabens, ai nada funcionava e agora as coisas mudaram.....Não dê atenção a esses maldosos e traidores de plantão.Levante a cabeça e tudo vai dar certo....FORÇA E MUITA PAZ, TENHA MUITA FÉ.

    ABRAÇOS;ADRIANA

  • roberto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    octávio e o melhor nome para a ganhar essa batalha força otavio

  • Clodoeste Pereira da Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabéns pelas reportagens da corrida a presidência da Ucmmat.

    O vereador Marquinhos é conhecido em todo Mato Grosso, quando secretário de esportes do município levou Água Boa na época uma cidade muito nova e pequena a ser uma das principais na área de esportes de todo estado. Isso tudo graças a sua desenvoltura e articulação. Marquinhos é homem desafio.Com seu insentivo sua filha Arielle Mendonça hoje com 18 anos e iniciando o curso de direito em Cuiabá, além de miss Água Boa, foi eleita porta voz dos jovens mato grossenses na política do estado de Mato Grosso.

    Guarde bem esse nome: Arielle Mendonça, será grande expressão da política em um futuro bem próximo.

    Quanto ao vereador Presidente Aluisio, nada tenho contra sua administração. Mais o 3º mandato consecutivo eu acho muito para uma entidade de classe.E por que o vereador Marquinhos para abrir a caixa prêta da Ucmmat teve que contratar advogados. E porque que o encaminhamento da eleição com prazos ridicularmente pequenos só favorece o atual presidente a reeleger-se.

    As Câmaras não tem dinheiro no orçamento, só entra dinheiro a partir do dia 20; para concorrer tem que filiar até o dia 15; tem que estar em dia com a entidade; se alguma Câmara era filiada na gestão passada e não pagou todos os meses, o atual Prsidente que talvez nem era vereador anterior terá que pagar a conta do outro. Do bolso é claro. Se não tiver filiado o vereador nõ vota.

    Fica transparecendo que é proibido até ter candidato para concorrer ao cargo.Pois no passado é até um vício da entidade ter só um candidato e ser eleito por aclamação.

    È uma obrigação os nobres parlamentares de MT exercer a democracia, deveria ter mais candidatos quatro é muito pouco.

    Vamos abrir a caixa prêta: Se como disse o presidente que com a ajuda do convênio com AMM o recurso arrecadado é de R$40.000,00 temos 141 Câmaras vezes 400,00 é igual a R$56.400,00 é sinal que muitas não estão filiando. Por que?

    Cadê a assessoria Jurídica aos infiéis?

    De Água Boa, Clodoeste Pereira Kassu da Silva (PPS)
    Para o RDNews.

PT na oposição independente do eleito

edna sampaio 400   Independente de quem ocupar o Palácio Alencastro, a partir de janeiro, a professora Edna Sampaio (foto), única eleita pelo PT à Câmara de Cuiabá, fará oposição ao prefeito. E dá sinais de que será uma parlamentar bastante atuante. Neste segundo turno, como o seu...

Secretário não consegue eleger Fred

fred gahyva 400 curtinha   O vereador licenciado e secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, foi um cabo eleitoral incansável pela candidatura de Fred Gahyva (foto) a vereador pela Capital. Ele liderou reuniões nas unidades de saúde, reforçando pedido de voto para o aliado e amigo de...

Deputado agora pula de palanque

elizeu nascimento 400 curtinha   O ex-vereador e hoje deputado estadual Elizeu Nascimento (foto), que amargou a oitava colocação na disputa ao Senado na eleição suplementar do último dia 15, mudou de lado, como se troca de camisa. Em princípio, era apoiador do projeto de reeleição do prefeito...

Ex-aliado, Sales lembra quem é Abílio

coronel sales 400   Em mensagem enviada aos amigos, reforçando pedido de voto para Emanuel Pinheiro, o coronel PM da reserva e secretário de Ordem Pública da Capital, Leovaldo Sales (foto), diz conhecer bem os dois candidatos que disputam, neste segundo turno, o Palácio Alencastro. Sobre Emanuel, lembra que este tem...

Uma perna no muro e dicas indiretas

eduardo botelho 400 curtinha   O presidente da Assembleia, Eduardo Botelho (foto), chega ao final deste 2º turno das eleicões em Cuiabá com uma perna no muro. Ele liberou toda sua equipe para votar em quem quiser e todos pedem voto para Emanuel. Já Botelho, particulamente, preferiu não assumir publicamente o seu...

Nezinho, nova derrota e aposentadoria

nezinho 400   Aos 69 anos, o petebista Carlos Roberto da Costa, o Nezinho (foto), considerado da velha guarda política, tentou, mas foi reprovado nas urnas em Nossa Senhora do Livramento. Ele concorreu a prefeito em quatro pleitos. E já exerceu dois mandatos. Nezinho já foi secretário-adjunto de Fazenda do Estado,...

MAIS LIDAS