Últimas

Terça-Feira, 10 de Novembro de 2009, 17h:57 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

ECONOMIA

Amaggi compra 80% da Plantações Michelin em Itiquira

   O grupo de empresas do governador Blairo Maggi (PR), a Amaggi, comprou 80% da área da Plantações Michelin em Mato Grosso, empresa controlada pela multinacional francesa de pneus. Com 10 mil hectares plantados com seringueiras, a Michelin está localizada há 30 anos no distrito de Ouro Branco do Sul, em Itiquira (a 325 km de Cuiabá).

   Diretor de comunicação da Michelin para a América do Sul, Carlos Eduardo Pinho informou que a multinacional decidiu abandonar a exploração agrícola extensiva da seringueira na região por razões climáticas. “Concluímos que não valia a pena manter a produção em escala industrial porque as árvores não davam uma produtividade que justificasse a atividade agrícola em função das condições agroclimáticas”.

   Conforme informações, a produtividade nos seringais de Itiquira ficaram em menos de uma tonelada de borracha seca por hectare ao ano, em média, a partir de 2003. “Em São Paulo, o maior produtor do país, a média fica em torno de 1,5 tonelada por hectare. Na África e na Ásia, a produtividade é de cerca de 2 toneladas por hectare”.

   Segundo Pinho, há 30 anos o francês Michelin decidiu instalar a empresa em Mato Grosso para fazer uma experiência de plantio de seringueira onde não houvesse o fungo Microcyclus-ulei, o chamado mal das folhas. A praga é encontrada nas regiões úmidas da América do Sul. “O fungo faz as árvores mais antigas perderem até 50% de produtividade e as mais novas ficarem mirradas e até morrerem”. 

   À época, foram adquiridos pela empresa 10 mil hectares em Itiquira para a plantação industrial, que envolve trabalho de correção de solos, formação de viveiros e adaptação das seringueiras à região. “Também montou uma fábrica para beneficiamento da borracha. A partir do início desta década, constatou-se que as árvores não tinham a mesma produtividade de outras regiões”. 

   O diretor disse que a Michelin vai manter a fábrica de beneficiamento, com capacidade de sete mil toneladas por ano. O empreendimento será abastecido com matéria-prima comprada de terceiros. "Também vamos manter a assistência técnica aos produtores da região e a pesquisa sobre resistência ao fungo (que não atacou as árvores em Itiquira". A Michelin conta com 580 funcionários em Itiquira. Desses, apenas 70 continuarão empregados.

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • Ana Gabriela | Sábado, 12 de Maio de 2012, 08h27
    0
    0

    Bom dia! Gostaria de saber qual o nome da empresa Plantações e Michelin LTDA agora e o endereço... Será que vc pode me informar? Obrigada Um abraço

  • Jacyara | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    1

    Quero parabenizar a ROMILSON, pela presteza em noticiar um fato de muita importancia, a compra pela A.Maggi da única e ultima (a outra estava na Bahia) plantação de E.Michelin é fato histórico, tendo em vista a legalização das terras, sua qualidade, sua posição em relação as outras fazendas em seu derredor.
    Acredito que a área possa ser preservada como SERINGAL, principalmente em função de ja estar toda plantada, com as vilas de funcionários construidas e seria um investimento da A.Maggi.
    Parabens ao grupo.

  • Beto Vilela | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    3

    Não entendo...agora a culpa da Michellin não ser autosuficiente em produção de borracha é culpa do governador tb?? Se não fosse a AMAGGI a comprar as terras, certamente seria uma outra empresa, quem sabe até uma estrangeira. A Amaggi com certeza irá criar novos postos de trabalhos e de desenvolvimento para a região além de gerar divisas para o Estado e para o município de Itiquira.

  • Gilberto Assis Pinto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • jualice santana | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Uma pouca vergonha essa venda.. tá todo mundo desesperado lá.. um monte de famílias demitidas. AFF!! O Maggi ajuda um monte de industria a não falir e ajuda a demitir tanta gente.. é BRasil!!

  • CAÇADOR | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    1

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • pantaneiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Jonathan da Costa Marino | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    1
    0

    Oh!!! que ambição, o louco.
    Desse jeito o homen da Soja, o moto serra de ouro, vai comprar tudo e vai ser o dono do MT, e se deixar ele parte pra cima o Brasil e do Mundo.O saco do cara não enche meu.
    Vhoti!!!!!

  • eduardo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Para mim não importa se a seringueira não seja tão produtiva econômicamente em relação a são paulo e a outros países, o que importa é que com a venda para grupo amaggi, não venha prevalecer a sanha desenfreada de grupos do agronegócio em desmatar e plantar soja, sugiro ao governador que isso não venha acontecer nesta plantação de seringueira, por questão técnica, climática, como por razões de cunho social e qualidade de vida. Devo frisar a importância das árvores na captação de co2 da atmosfera, como também pela sua caracteristica de oferecer uma paisagem agradável, que proporciona conforto emocional e espiritual, considerando também os diversos benefícios ambientais que podem ser oferecidos uma área reflorestada em comparação com um horizonte de cultura agrícola, monótono, sem árvores, e pior, quando agregado o uso intensivo de agrotóxicos, que é fundamental no plantio de grãos, provocando inclusive a contaminação do solo e percolação do liquido químico até o lençol freático, poluindo as águas subterrâneas. Faço aqui, no RDNEWS, um apelo ao governador para que nesta questão flua a sua sensibilidade para com a questão ambiental, e que assim desminta os comentários sistemáticos de algumas pessoas e setores que comumente o descreve como desmatador, motosserra de ouro, etc. e tal, outros ainda que dizem que ele sofre de crises repentinas de paixão ambiental, ou mesmo de febre de ambientalista. Em detrimento desses comentários, o que espero é que neste caso acabe falando mais alto o seu senso crítico de pessoa realmente preocupada com o meio ambiente, com as mudanças climáticas, e que esta área adquirida pela Michelan possa efetivamente ser preservada, transformada quem sabe em reserva de patrimônio particular da natureza (RPPN). desta forma o governador estará dando um exemplo concreto, prático de pessoa que deu sua contribuição para com o meio ambiente e todos, inclusive eu, aplaudiria por esta sábia decisão. Por outro lado, dizem alguns, seria até uma forma de compensar o dano ambiental provocado por algumas de suas propriedades rurais na região sul do estado, com instalações de erosões gigantescas.

  • pedro paulo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    1
    0

    O MAGGI está despejando 800 familias de suas casas de uma só vez sem aviso prévio , quer cortar mais de 1000000 de seringueiras que sequestra carbono, pior de tudo usou 300 policiais para intimidar os trabalhadores, é uma vergonha!
    Pior que pior a imprensa se calou só este site
    que informou alguma coisa!
    Se o ZÉ CARLOS do PÁTIO não tivesse ganhado aqui mudaria o nome da cidade para
    cidade MAGGI.

Gamba e efeito-vice em Alta Floresta

chico gamba 400 curtinha   O agricultor Chico Gamba (foto), que concorre a prefeito de Alta Floresta pelo PSDB, estaria disposto a substituir a vice da chapa, a empresária Roseli Gomes, a Rose da Tradição (PSC), por esta enfrentar forte desgaste político, rejeição popular e até denúncia. Mas,...

PT, candidata vetada e novo ajuste

bob pt 400 curtinha   O PT em Cuiabá, comandado pelo assessor do deputado Lúdio, Elisvaldo Almeida, o Bob (foto), terá de ajustar de novo a chapa proporcional, especialmente sobre candidaturas femininas em Cuiabá. Depois que foi intimado pela Justiça a completar a cota de mulheres, sob pena de indeferimento da...

TCE vê superfaturamento em Juara

carlos sirena 400 curtinha   Em plena campanha eleitoral o prefeito de Juara, Carlos Sirena (foto), candidato à reeleição pelo DEM, está tendo que buscar explicações sobre irregularidades apontadas pelo TCE-MT em alguns casos de dispensa de licitação, especialmente nas compras de produtos para...

Doação à campanha a pedido de Jayme

jayme campos 400 curtinha   O senador Jayme Campos (foto) não tirou um centavo do bolso para colocar na campanha de Kalil Baracat, mas é o responsável pela entrada de praticamente a metade dos R$ 1,4 milhão doados ao candidato do MDB à Prefeitura de Várzea Grande. Graças à...

Ex-senadora ajuda a afundar Reinaldo

selma arruda 400   Mesmo entregue ao ostracismo político, após ser cassada neste ano da cadeira de senadora por crimes eleitorais, como caixa 2, Selma Arruda (foto) ainda acha que consegue "arrebanhar" eleitores. E foi pensando nisso que ela apareceu no curto tempo do horário eleitoral de Reinaldo Morais para pedir voto ao...

Taques agora na lista de ficha-suja

pedro taques 400 curtinha   O ex-senador e ex-governador Pedro Taques (foto) entra na lista dos fichas-sujas. Ele se inscreveu para concorrer ao Senado pelo SD, mas teve registro indeferido pelo TRE devido a uma condenação aplicada pelo próprio Tribunal pelo uso eleitoreiro da Caravana da Transformação...

MAIS LIDAS