Últimas

Quarta-Feira, 19 de Setembro de 2007, 08h:40 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

MEIO AMBIENTE

Ameaças em Juína motivam ação de segurança

      A ministra do Meio Ambiente, Marina Silva, vai assinar convênio com o Ministério da Justiça para garantir segurança de ambientalistas que trabalham no interior do Estado. A decisão foi tomada em decorrência das recentes ameaças de morte feitas por fazendeiros e políticos de Juína (a 735 km ano Norte de Cuiabá). Segundo ela, o ministro Tarso Genro, da Justiça, assegurará um contingente da Força Nacional de Segurança para questões ambientais.  “Assinaremos em breve esse convênio. Ele (Tarso) me disse que, dos 500 policiais que ficaram no efetivo da Força Nacional, haverá um destacamento para o setor ambiental”, adiantou a ministra.

     A questão veio à tona depois que o procurador da República em Mato Grosso, Mário Lúcio Avelar, determinou que a Polícia Federal investigasse denúncias de que nove ambientalistas do Greenpeace e da organização Operação Amazônia Nativa (OPAN), além de jornalistas estrangeiros, teriam sofrido ameaças de morte de fazendeiros e políticos de Juína. O grupo de pesquisadores foi expulso do município no último dia 20. A postura autoritária foi filmada e as imagens ganharam o mundo.

     Clique aqui, leia mais e assista ao vídeo.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Daniela | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ainda bem que, ao contrário do prefeito de Juína, Hiltons Campos (PR), a ministra cumpre seu papel como poder constituído, de zelar pela liberdade e segurança da população. Já passou da hora de tirarmos de circulação esses "coronéis" que se apoderam de cargos públicos para defedenderem interesses pessoais que, quase sempre, são escusos. Também está na hora do Brasil acordar para a realidade brutal que é a luta pela terra na amazônia, onde se fazem vítimas fatais rotineiramente, como se isso fosse normal. Cadeia para devastadores da natureza e bandidos difarçados de produtores rurais; o país não precisa de gente como vocês! O que nós precisamos é de pessoas conscientes e comprometidas com o desenvolvimento da nação e respeito ao seu povo. É inaceitável que um grupo de pessoas ricas se comporte como inatingíveis e donos da verdade, mas pior do que isso, é um prefeito incitar a violência e a desordem pública. Chega de ovos podres mancharem a imagem do Brasil!

  • Sisane Vanzella | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O direito de propriedade é um direito garantido pela Constituição Federal do Brasil. Em que pese o acontecido no município de Juina, frisa-se que os fazendeiros agiram no direito de propriedade que lhes é garantido, pois ambientalistas jamais pediram autorização alguma para fazerem estudos ambientais em suas propriedades, na Gleba Rio Preto. Isso se chama invasão de propriedade alheia. Frisa-se, ainda, que a região é de propriedade particular, composta de grandes e pequenos produtores que lá estão há mais de 50 anos, que vive, da sua propriedade é não é justo que pessoas estranhas se instalem na região, com o falso intuito preservação embiental, pois na verdades eles querem é retirar nossas riquezas, e se assim permitirmos acontecerá em nosso Estado o que está acontecendo no Pará, um estado tomado pelos estrangeiros e Ongs estrangeiras, onde brasileiros tem que pedir permissão para passar. Isso é real, queria deixar claro que os fazendeiros de Juína, não são criminosos, bandidos, são pessoas sérias, trabalhadoras e honestas que estão simplesmente defendendo seu patrimônio, construído com muito trabalho e suor, em defesa da sua terra que garante o sustendo de suas famílias.

Três derrotas do marqueteiro Antero

antero de barros curtinha 400   O ex-senador, jornalista e marqueteiro Antero de Barros (foto) não levou sorte nas campanhas eleitorais as quais coordenou nestas eleições. Em Lucas do Rio Verde, empurrou à reeleição o prefeito Luiz Binotti que, mesmo com o poder da máquina, perdeu para o...

Lideranças jogaram duro contra EP

carlos favaro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro teve uma reeleição sofrida em Cuiabá. Lutou contra os principais líderes políticos, que se juntaram em torno da candidatura de Abílio, uns publicamente, outros nos bastidores. O governador Mauro Mendes, por exemplo, jogou pesado para tentar derrotá-lo....

Bezerra ignora filiado do seu filiado

carlos bezerra 400   Carlos Bezerra (foto), o "cacicão" do MDB, abandonou antes da hora o palanque de Emanuel Pinheiro, mesmo se tratando do filiado mais importante em representatividade partidária no Estado. Bastou a pesquisa Ibope mostrar que o prefeito da Capital estava atrás de Abílio nas intenções de...

Sob ataques e humilhação e vitorioso

emanuel pinheiro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro (foto) se emocionou ao falar com a imprensa neste domingo, pela primeira vez como prefeito reeleito. Lembrou que foi atacado não só neste período eleitoral, mas desde o início do mandato. Destacou a aprovação popular, com 86% de avaliação...

PT na oposição independente do eleito

edna sampaio 400   Independente de quem ocupar o Palácio Alencastro, a partir de janeiro, a professora Edna Sampaio (foto), única eleita pelo PT à Câmara de Cuiabá, fará oposição ao prefeito. E dá sinais de que será uma parlamentar bastante atuante. Neste segundo turno, como o seu...

Secretário não consegue eleger Fred

fred gahyva 400 curtinha   O vereador licenciado e secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, foi um cabo eleitoral incansável pela candidatura de Fred Gahyva (foto) a vereador pela Capital. Ele liderou reuniões nas unidades de saúde, reforçando pedido de voto para o aliado e amigo de...

MAIS LIDAS