Últimas

Domingo, 05 de Julho de 2009, 13h:48 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

MÚSICA

Ao toque do violão, Chico César canta "Como eu quero"

  O cantor paraibano Chico César começou sua trajetória como integrante do grupo Jaguaribe Carne, que fazia música e poesia experimental. Em 1985 radicou-se em São Paulo, onde trabalhava como jornalista e fazia shows em bares e teatros alternativos.

   Depois, conseguiu uma viagem para a Alemanha, onde se apresentou. Voltou ao Brasil com enfoque exclusivamente à música. Montou a banda Cuscuz Clã e, em 1994, lançou pela gravadora Velas o CD "Aos Vivos". Passou a se apresentar semanalmente no Bambu Brasil, extino bar do bairro Vila Madalena, frequentado por universitários. O seu primeiro sucesso foi "À Primeira Vista" (também gravado por Daniela Mercury), com uma letra que repete "Quando" 28 vezes. Outro sucesso foi "Mama África". Chico César ficou alguns anos sem gravar, dedicando-se a shows pela Europa e pelos EUA.

   Em março de 2000 lançou seu quarto disco, batizado de "Mama Mundi", com produção de Mario Manga. Em “Respeitem Meus Cabelos, Brancos”, de 2002, o cantor paraibano pede respeito a suas origens africanas e nordestinas, em canções como “Céu Negro”, “Templo” e “Flor De Mandacaru”. Apesar de gravado em Londres, o disco mantém as influências regionais que marcam sua música.

-------------------------------------------------------------------------------------------
   Entre as canções gravadas por Chico César está "Como eu quero", uma
composição de Leoni e da vocalista Paulo Troller, do Kid Abelha
Confira a letra aqui e clique no link abaixo para curtir a música

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Mael Jose Raposo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse cara não merece respeito, pois quando alguem dá entrevista, desrespeitando outros colegas, não vale o feijão que come. Dizendo que quando houve música sertaneja, sente nausea, vontade de vomitar.

Deputado ajudou a enterrar Binotti

neri 400 curtinha   O deputado federal Neri Geller (foto), que se acha um grande líder político, ajudou a enterrar nas urnas o projeto de reeleição do prefeito Luiz Binotti (PSD), derrotado à reeleição. Perdeu para o ex-vice-prefeito Miguel Vaz (Cidadania), que contou com apoio do ex-prefeito e atual...

Euclides "torra" R$ 8 mi na campanha

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado milionário Euclides Ribeiro (foto), que tem na carteira de clientes grandes produtores rurais, registra R$ 8,2 milhões de receitas e despesas de campanha ao Senado. Concorrendo pelo Avante, Euclides só chegou a 58.455 votos. Ficou em nono lugar, à frente apenas de Reinaldo...

Fávaro é quem mais gastou ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   O senador reeleito Carlos Fávaro (foto) foi o que mais gastou na campanha. Oficialmente, arrecadou R$ 11,7 milhões. As maiores contribuições financeiras vieram de empresários do agronegócio. Orcival Guimarães, dono de rede de empresas de implementos agrícolas, doou...

Beto deve repensar projeto a federal

beto farias 400 curtinha   A derrota nas urnas do seu afilhado político, vice-prefeito Wellington Marcos (DEM), que tentou o Executivo de Barra do Garças e ficou em segundo lugar, obtendo somente metade dos votos em relação aos atribuídos ao eleito Adilson Gonçalves, pode levar o prefeito Beto Farias (foto)...

Erros estratégicos e fim de mandato

niuan ribeiro 400   Niuan Ribeiro (foto) termina melancolicamente o mandato de vice-prefeito da Capital, marcado pela ambiguidade, erros estratégicos e vacilações. Logo no início da gestão, resolveu romper politicamente com o prefeito Emanuel, a quem passou a criticar, achando que se consolidaria como...

Retorno ao TCE ou cargo no governo

marcelo bussiki 400 curtinha   A partir de 1º de janeiro, com o fim do mandato de vereador pela Capital, Marcelo Bussiki (foto) retorna ao cargo efetivo de auditor do TCE-MT. Mas é possível que ele seja convidado por Mauro Mendes para compor o quadro de principais assessores do chefe do Executivo estadual. Bussiki foi...