Últimas

Quarta-Feira, 04 de Abril de 2007, 09h:42 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Artigo

Apagão informativo

Fernando Rodrigues fala sobre o crescimento da economia no Brasil.

     Hoje é dia 4 de abril e os brasileiros já foram informados sobre o crescimento da economia no ano passado duas vezes. Primeiro, anunciou-se um avanço de 2,9% no PIB. Em seguida, o IBGE fixou o percentual em 3,7%. 
     O governo Lula é curioso. Foi rápido ao anunciar um número tão complexo como o do PIB. Mas quando se trata de um cálculo mais prosaico o país continua a conviver com um apagão informativo.
Até hoje não se sabe o valor gasto com publicidade pelo governo federal em 2006. O balanço do ano passado ainda permanece inédito, embora uma nova propaganda já esteja na praça. 
     O plano virtual PAC aparece em comerciais pelo Brasil inteiro nas TVs. Um locutor afirma que os investimentos para as obras estão garantidos "do início ao fim" (sic). O valor total do PAC passa dos R$ 500 bilhões. Essa brincadeira na TV, uma evidente inutilidade pública, custará espetaculares R$ 7,8 milhões -só para veiculação. 
     Não faz muito tempo, as TVs mostraram propaganda do governo federal informando que o passaporte emitido pela Polícia Federal estava reformulado. Mais seguro. E daí? Daí alguma agência de publicidade ficou mais rica e algumas TVs engordaram seu orçamento.
Há algum ganho para sociedade quando o governo gasta dinheiro fazendo propaganda sobre o novo formato do passaporte? E o anúncio de um programa de aceleração (sic) do crescimento cujas obras são todas velhas e algumas mal começaram a andar? Quem fala sobre a lentidão do PAC é a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil), pois admitiu que parte das ações não estão num ritmo "adequado". 
     Há décadas a comunicação do governo é uma mistura de desperdício de verbas com proselitismo rastaqüera. Lula não parece se importar. Segue firme no modelo que um dia ele e o PT tanto criticaram.

Fernando Rodrigues é jornalista

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

6 parlamentares já foram infectados

wilson santos 400 curtinha   Desde o início da pandemia, em março, seis dos 24 deputados estaduais já testaram positivo para Covid-19. O último foi Wilson Santos (foto). Ele disse que recebeu medicação e está em isolamento. Observa que a doença está no início e segue trabalhando...

Pedido para TSE definir data da eleição

sebastiao carlos 400 curtinha   Na última quarta (2), um dia após a Câmara aprovar a PEC que adia as eleições municipais para 15 de novembro, André de Albuquerque Teixeira, advogado de Sebastião Carlos, que concorreu ao Senado e um dos que denunciaram Selma Arruda por crimes eleitorais, já...

Uma das apostas do PP para vereador

alex rodrigues 400 curtinha   O PP já tem no rol de possíveis eleitos a vereador em Cuiabá o jovem Alex Rodrigues (foto), de 31 anos. Filho do empresário Valúcio Rodrigues e sobrinho do secretário de Obras Públicas da Capital, Wanderlúcio Rodrigues, Alex criou uma comunidade com mais de mil...

Prefeito, efeito pandemia e a reeleição

ze do patio 400 curtinha   Mesmo com o poderio da máquina, considerada preponderante para cooptar partidos e aliados por causa da oferta de cargos e do assistencialismo, o prefeito Zé do Pátio (foto), de Rondonópolis, terceira em população e segunda no ranking da economia estadual, terá muitos...

Servidores sem pagar os empréstimos

adevair cabral curtinha 400   A Câmara de Cuiabá rejeitou o veto total do prefeito Emanuel e promulgou a Lei 6.547, que suspende por 90 dias o pagamento de parcelas de contrato de crédito consignados tanto dos servidores públicos ativos e inativos da prefeitura quanto da própria Câmara Municipal. A...

Eleição ao Senado junto com municipal

carlos favaro 400 curtinha   A eleição suplementar para uma vaga ao Senado deve ocorrer em MT junto com o pleito municipal, em 15 de novembro. A definição oficial partirá do TSE até o final deste mês. Em princípio, a suplementar estava marcada para abril, mas, por causa da pandemia, foi...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.