Últimas

Terça-Feira, 29 de Abril de 2008, 20h:15 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

SAÚDE PÚBLICA

Apenas 4 hospitais da Capital possuem alvarás

    O requisito básico para funcionamento de qualquer instituição está em falta em seis hospitais públicos e privados da Capital. Durante entrevista coletiva nesta terça, o diretor de Vigilância Sanitária e Ambiente da secretaria municipal de Saúde, Wagner Simplício, enumerou quais são os hospitais que possuem esse documento essencial. Apenas o São Matheus, Ortopédico, Otorrino, Jardim Cauibá e o Amecor estão  com o alvará de funcionamento da Vigilância Sanitária atualizado.

   O Hospital Geral e o Pronto Socorro de Cuiabá estão providenciando a renovação do documento. Eles se encontram em fase de adequação às normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, no qual projetos onde constam as melhorias já foram aprovados pelo Ministério da Saúde. Portanto, o alvará está em fase de cumprimento do Termo de Ajustamento de Conduta, para posteriormente ser solicitado a autorização final. 

   Já um dos maiores hospitais privados da Capital, o Santa Rosa, além da Clínica Femina e Jardim Cuiabá devem assinar um termo de ajustamento de conduta (TAC), um compromisso que determina prazo para realização das ações de melhorias. Essas instituições estão sendo inspecionadas. Sem o relatório das inspeções já realizadas em mãos, Simplício não soube citar quais são os pontos de melhorias ou irregulares nas unidades hospitalares, mas explica que a continuidade do funcionamento se dá por conta da "dimensão social". "A sociedade não pode ficar sem atendimento médico por erros que podem ser corrigidos", argumenta Simplício.

   A Santa Casa de Misericórdia também não possui alvará. Por apresentar irregularidades consideradas graves, a instituição teve a lavanderia e o centro de esterilização interditados. Os problemas encontrados são os mais diversos. Ausência de médicos é uma  constante em hospitais e policlínicas da rede pública de Saúde, principalmente nos fins de semana. Outros problemas muitas vezes visíveis ao usuários são a infra-estrutura precária das UTIs e enfermarias, falta de equipamentos, falta de medicamentos, cruzamento de material contaminado com limpo e até ausência de Comissões de Controle de Infecção Hospitalar. (Simone Alves)



Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Prefeito vai homenagear 2 ex-aliados

ze do patio 400 curtinha   O ex-vereador, ex-deputado estadual e hoje prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio (foto), que está no terceiro mandato, vai homenagear dois aliados que faleceram recentemente, sendo eles o ex-vereador de três mandatos Juary Miranda, que foi líder do Executivo na Câmara...

Maluf deve consultar STF sobre Teis

guilherme maluf 400 curtinha   Assim que retornar de férias, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Guilherme Maluf (foto), dará prosseguimento à análise do pedido de aposentadoria de Waldir Teis, que está afastado do Pleno há três anos e cinco meses, assim como outros três conselheiros...

Novo líder de Pátio na Câmara de ROO

reginaldo santos 400 curtinha   Reginaldo dos Santos (foto), que assume vaga na Câmara de Rondonópolis pela quarta vez, é o novo líder do prefeito Zé do Pátio, com a missão de fazer o trabalho de articulação e defesa do Executivo junto aos colegas do Legislativo. Na legislatura passada,...

Agro sugere Daniella de volta no Indea

daniella bueno 400 indea   Representantes do setor produtivo e um grupo de servidores sugeriram ao governador Mauro o nome da médica-veterinária e servidora de carreira Daniella Bueno (foto) para reassumir a presidência do Indea-MT. Aproveitaram a vulnerabilidade no cargo do presidente Marcos Catão Dornelas, denunciado...

Aumento para vereador só em 2022

Alguns vereadores em Cuiabá, tanto novatos quanto aqueles reeleitos, ficaram surpresos quando informados pela Mesa Diretora de que o aumento salarial de R$ 15,1 mil para R$ 18,9 mil, aprovado agora no final de dezembro, só começa a valer a partir de janeiro de 2022. Não entra em vigor de imediato, mesmo se tratando de nova legislatura, por causa da pandemia, que levou o governo federal a estabelecer, em lei, veto a qualquer tipo de reajuste para servidores até...

Novo cargo de 2º escalão em Cuiabá

ricardo lobo 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro criou um novo cargo dentro da estrutura do segundo escalão do Palácio Alencastro. É a figura do secretário-adjunto de Relações Comunitárias, espécie de porta-voz de mais de 300 bairros. E quem estreia no posto é Ricardo Lobo,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.