Últimas

Quinta-Feira, 23 de Julho de 2009, 11h:15 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

SEGURANÇA PÚBLICA

Apesar de prisão, site da PM destaca fotos com Adaildon

   Vinte dias após ser preso sob a acusação de cometer crimes relacionados à grilagem de terras no Vale do Araguaia e desvio de recursos da corporação, a foto do ex-comandante-geral da Polícia Militar, coronel da reserva Adaildon Evaristo de Moares Costa, ainda aparece em destaque no site da PM - veja aqui. Há militares reclamando que as imagens causam constrangimento devido à repercussão dos supostos crimes atribuídos a Adaildon - saiba mais aqui.

   Nas fotos, o coronel aparece ao lado do comandante-geral da PM, coronel Campos Filho, do secretário estadual de Justiça e Segurança Pública, Diógenes Curado, e da comandante-geral-adjunta da PM, Lilian Tereza Vieira Lima. Na ocasião, Adaildon compôs a mesa de autoridades durante o lançamento da 1ª Conferência Estadual de Segurança Pública, no Comando Geral da PM, em Cuiabá, em maio deste ano. 

   O coronel foi preso no último dia 3, junto com mais cinco militares, durante a Operação Pluma - leia mais aqui. Segundo informações da Polícia Federal, os militares "embolsaram" ao menos R$ 5 milhões em propinas para facilitar o esquema de grilagem de terras da União no Vale do Araguaia. No pedido de prisão oferecido pelo Ministério Público Federal e acatado pelo juiz da 1ª Vara Julier Sebastião da Silva, Adailton é apontado como suspeito de ter recebido 400 cabeças de gado de um traficante para facilitar o tráfico de drogas. Também teria desviado verbas de alimentação e combustíveis da PM. 

   Segundo o relatório do Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco), o coronel teria cobrado até R$ 150 mil para retirar  grileiros, mediante uso de força física e ameaças, de fazendas na região do Vale do Araguaia quando  era comandante na região de Barra do Garças. Para desocupar a fazenda Uirapuru, em Porto Alegre do Norte, teria cobrado R$ 30 mil. Em maio de 2007, o coronel foi demitido do Comando da PM após o governador Blairo Maggi (PR) receber denúncia de tortura contra sem-terra praticada por subordinados de Adaildon. (Andréa Haddad)

(14h08) - Sejusp diz que fotos são da Conferência Livre da PM, realizada em maio

   A Sejusp informa, por meio de nota, que as fotos que ilustram a matéria acima são referentes a Conferência Livre da Polícia Militar, realizada em maior deste ano, quando o coronel Adaildon Evaristo de Moraes Costa ainda estava na ativa.

   Eis, abaixo, a íntegra da Nota de Esclarecimento enviada pela Sejusp

   A Secretaria de Justiça e Segurança Pública esclarece que o coronel da PM, Adaildon Evaristo de Moraes Costa não participou da solenidade de abertura da 1ª Conferência Estadual de Segurança Pública (CONSEG) de Mato Grosso, como o referido site transcreveu em matéria postada à 11:15 desta quinta-feira, 23 de julho. 
   A foto que ilustra a matéria é da Conferência Livre da Polícia Militar, realizada em 12 de maio deste ano, evento que integrou os debates preparatórios para a Conferência Estadual de Segurança Pública, e não o lançamento da etapa estadual conforme consta no texto. À época, o coronel Adaildon Costa, ainda na ativa, ocupava a função de diretor do Centro de Capacitação, Desenvolvimento e Pesquisa da Polícia Militar.
  
Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública

Postar um novo comentário

Comentários (16)

  • mario | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    nesta foto o unico que esta respondendo é o coronel adaildon, mas a foto nao é recente, os outros coroneis sao todos dignos honesto e competente, ainda bem que nao saiu o chefe da quadrilha da grilagem elierson metelo o sem moral

  • PM Reformado | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    1
    0

    Voce tá bem na foto né, e década de 99 em cáceres, e as aprovações de alunos Sd.

    AVE MARIA.............................

  • PM da Ativa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que justificativa indecente essa da SEJUSP, o correto seria a não prgressão de carreira militar, aos PMs envolvidos nos processos que atingem a MORAL.

    Se isso ocorresse a PM não passaria por essa vergonha que está passando. Ora, o metello já tinha esse processo há séculos, e mesmo assim foi promovido por indicação de um GRUPO de CORONÉIS.

    Adaildon por onde passou deixou rastros de crimes praticados, desde tenente, E MESMO ASSIM CHEGOU AO TOPO DA PM, e por indicação de outros GRUPOS DE CORONEIS.

    Será que inverteram a valorização dos PMs, acreditávamos que se fosse antigo, não tivesse processo de natureza grave, seguia sua carreira normal.

    Hoje muitos CORONEIS não tem moral para cobrar da tropa: Corrupção, Peculato, Formação de quadrilha, desvio de combustíveis.

    Um internauta acima comenta Cáceres 99, aprovação de alunos a soldado, O QUE IMPORTA SOBRE ISSO, TODOS JÁ SABIAM DISSO A MUITO TEMPO. O QUE A PM FEZ, INDICOU ELE PARA SER PROMOVIDO POR MERECEMENTO, MERECIMENTO GENTE.

    FECHO A PORTA E VOU EMBORA FUI.........

  • José de Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Isso é uma vergonha, parece que essas coisas só acontece aqui em Cuiabá, chame todos os presos para dar palestra de segurança.

  • Marcos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Romilson. Presta atenção. Essa foto foi tirada no auditorio do Comando Geral da PM no mês de junho. Vcs estão equivocados. Tem que retratar essa matéria que está errada.

  • Carol Pedroso | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    VAI DAR EM NADA.... ACABARÁ EM PIZZA.. É ASSIM MESMO. PIRATAS DA MODERNIDADE, EXPERTS EM FALSIDADE, MAS COMO NINGUÉM PODE PROVAR SÓ QUEM ESTÁ COM REVOLVER NA MÃO É BANDIDO É DESGRAÇADO, TEM QUE SER TRACANFIADO E MESMO SEM TER PENA DE MORTE É PRECISO FUZILAR.

  • Diego Marques | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Muito vergonhoso, pelo que parece o Corporativismo esta prevalecendo. A cúpula deve ter rabo preso.

    Acorda Governador, ta na hora de trocar esse comando da PM, esse Campos Filho é fraquinho demais, um comandante deve ter um discurso e uma postura firme, coisa que o Campos nao tem.

    Daqui uns dias o Arcanjo vai dar palestra ao lado do Pedro Taques e do Julier.

    Só no MT mesmo acontece essas coisas!

  • Ivan Deluqui | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Este e o governo que iria mudar a cara de Mato Grosso, isso e só mais uma dos desmando deste governo elitista, não TEM compromisso com a segurança dos cidadões de bem deste estado, agora pra ele tem segurança ate pra respirar o ar primeiro que ele pra ve se não ta contaminado, nunca vi Blairo Maggi sem seguranças, ja falei colocar PATRÃO no poder e só pra nós ferar, o pior e que tem muitos cativos ao seu redor uma pena que exista gente com essa atitude.

  • Gustavo Kunert | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    QUE BAIXARIA!

    So em Mato Grosso um cara desses participa da composição da mesa de autoridades.

  • serra | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    tambem meus amigos ai nessa mesa se for apuarar mesmo todos comeram um pedaço do bolo por isso fica essa babação nele e todos defendem ele nessa classe de oficiais é uma sujeirada e nois praça que pagamos o pato pra esse homens erriquecerem em nossas costas dizendo que são policiais

Colíder com 2 candidatos desgastados

jaiminho 400 curtinha   Em Colíder, duas figuras bastante desgastadas politicamente estão na disputa pelo Executivo, sendo o prefeito Noboru Tomiyoshi, que fechou aliança com apenas três partidos (DEM, PSD e SD), e o ex-prefeito Jaime Marques (foto), que concorre pelo PSC numa coligação que agrega DEM e...

PP com 25 a vereador projeta 3 vagas

orivaldo da farmacia 400 curtinha   O PP, da base aliada do prefeito Emanuel, conta com 25 candidatos a vereador pela Capital. Deve conquistar entre duas e três vagas. Os principais concorrentes são os já vereadores Orivaldo da Farmácia (foto), Marcrean Santos e Luis Cláudio, além do ex-vereador...

MPE vê prefeita de Torixoréu inelegível

ines 400 curtinha torixoreu   Para o Ministério Público Eleitoral, a prefeita de Torixoréu, Inês Mesquita Moraes Coelho (foto), que se lançou à reeleição pelo DEM, está inelegível. Numa ação de impugnação de registro de candidatura, o promotor...

Candidato amarga derrota na Justiça

adilson gon�alves 400 curtinha   O candidato a prefeito de Barra do Garças, delegado Adilson Gonçalves (foto), tentou, sem êxito na Justiça, censurar o Rdnews na publicação de matérias sobre o pleito eleitoral no município. Numa ação impetrada junto à...

Com certidão pra disputar 1ª suplência

dito lucas 400 curtinha   Filiado ao Podemos, Dito Lucas (foto), que entrou de última hora como primeiro-suplente da chapa ao Senado encabeçada por José Medeiros, assegura que vai apresentar novamente sua certidão junto à Justiça Eleitoral, de modo a provar que sua candidatura é legítima....

Um novo embate entre Diane x Adair

diane alves 400 curtinha   Adair José Alves Moreira, que vinha atuando na assessoria do vice-governador Otaviano Pivetta, decidiu mesmo concorrer de novo à Prefeitura de Alto Paraguai. Ele já foi prefeito por duas vezes. Adair será o principal nome da oposição à prefeita democrata Diane Alves (foto),...