Últimas

Terça-Feira, 02 de Outubro de 2007, 17h:10 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

INFRAESTRUTURA

Após 6 meses de espera, Senado aprova Pagot

Termina novela Pagot-Dnit"Aprovação    Depois de seis meses de espera, o nome do executivo Luiz Antonio Pagot é aprovado no Senado com 42 votos favoráveis, 24 contrários e duas abstenções.  A votação foi concluída nesta terça. O ex-secretário do governo Blairo Maggi vai comandar uma autarquia de R$ 12 bilhões. Foram 52 dias de expectativa entre a aprovação do nome pela Comissão de Serviços de Infra-Estrutura do Senado (17 a 6) para a votação desta quarta. Agora, o nome de Pagot vai à sanção do presidente Lula.

   Para chegar a um dos cargos mais cobiçados da máquina pública federal, Pagot enfrentou uma série de obstáculos, mesmo com o respaldo do presidente Lula. Foi denunciado por supostos atos de improbidade administrativa, por crime de responsabilidade e por omissão. Por fim, saiu vitorioso. Chega "sangrando" no Dnit.

    Considerado o trator do governo Blairo Maggi no período em que atuou como secretário de Infra-Estrutura, da Casa Civil e de Educação, Luiz Pagot agora ganha visibilidade no cenário nacional. Sua primeira briga será com as grandes empreiteiras, que não deverão aceitar que os preços para execução das obras caíam em mais de 30%, como chegou a prometer.

    Também enfrentará a ameaça do senador Mário Couto (PSDB-PA) que garantiu não dar descanso ao novo gestor do Dnit. Couto, opositor ferrenho de Pagot, pediu a instalação de uma comissão parlamentar de inquérito para investigar o Dnit. o tucano justificou sua solicitação pelo fato de o departamento comandar 21 das 77 obras com irregularidades graves, constatadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU), conforme relatório encaminhado ao Congresso, referente à investigação de 231 obras federais.

   Promessas

   Pagot diz que atuará em três linhas que considera imprescindíveis para a resolutividade do Dnit. 1ª) Modernização administrativa, com um modelo de gestão que contemplem uma nova postura jurídica e fisco contábil e planejamento estratégico. 2ª) Integração institucional com a visão do compartilhar tarefas, dividir responsabilidades e criar frente de relacionamento com órgãos, autarquias, setores do governo e da sociedade. 3ª) Eficiência operacional, envolvendo planejamento, projetos, descentralização, pesquisa, ousadia, responsabilidade assumida, formação continua de quadros e planos logísticos que possam contribuir com a redução das desigualdades regionais.

    Segundo Pagot, o conjunto de obras previstas até 2010 é muito importantes à nação. Ele destaca que a modernização administrativa, a integração institucional e a eficiência operacional são determinantes para execução das metas do PAC.

Postar um novo comentário

Comentários (16)

  • Antonio Fernandes do Amaral | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Se eu fosse este Pagot não tomaria posse, pois sua liderança, honestidade e moral foi questionada e não ficou explicado se deve ou não, este moço não terá condições moral e política para dirigir aquele órgão, toda e qualquer ação dele será questionada pelé Senado, mas como é no Governo Lula tudo é possivel!!

  • SAMUEL LEMES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    FINALMENTE MATO GROSSO TERÁ EM BRASILIA UM PROFISSIONAL COMPETENTE E SÉRIO.
    QUE ESTARÁ A SERVIÇO DA PATRIA,E NÃO DE CURRUTELAS.
    MATO GROSSO TERÁ DESTAQUE NACIONAL PELA SERIEDADE DO GESTOR QUE PERDEMOS PARA SERVIR A SOCIEDADE BRASILEIRA.

    PARABENS DR.PAGOT , ESTAREMOS TORCENDO POR VOSSA EXCELENCIA.

    SUCESSOS É O QUE LHE DESEJA OS MATOGROSSENSES LUCIDOS E COMPROMETIDOS COM A EFICIÊNCIA E SERIEDADE.

  • SAMUEL LEMES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    FINALMENTE MATO GROSSO TERÁ EM BRASILIA UM PROFISSIONAL COMPETENTE E SÉRIO.
    QUE ESTARÁ A SERVIÇO DA PATRIA,E NÃO DE CURRUTELAS.
    MATO GROSSO TERÁ DESTAQUE NACIONAL PELA SERIEDADE DO GESTOR QUE PERDEMOS PARA SERVIR A SOCIEDADE BRASILEIRA.

    PARABENS DR.PAGOT , ESTAREMOS TORCENDO POR VOSSA EXCELENCIA.

    SUCESSOS É O QUE LHE DESEJA OS MATOGROSSENSES LUCIDOS E COMPROMETIDOS COM A EFICIÊNCIA E SERIEDADE.

  • Thaisa Lolis | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Mais uma prova que o senado federal num vale um piqui ruido.. O Blairo foi lá pra Brasília na mesma época que o Pagot foi aceito, e só agora ele emplacou, estranho não? O Blairo também entrou no jogo.. e o senado se mostrou a altura do senhor Pagot, cheio de irregularidades.. Como diz o povo: é tudo farinha do mesmo saco!

  • Ivan Deluqui | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Osvaldo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Estou aqui mandando minha PÁ DE CAL para ajudar o ex politico de Mato Grosso antero paes de barros, a se desecar; fora coisana.

  • RODRIGO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    PARABENS PAGOT E TODA A BOTINADA, ESPERAMOS RESULTADOS POSITIVOS PARA MATO GROSSO E QUE DAQUI A 3 ANOS SE ESSE SITE ANIDA EXISTIR VOLTAREMOS AQUI PARA COMENTAR QUE O SENHOR MERECEU MESMO ESSE CARGO E MATO GROSSO TE AGRADECERÁ E MUITO.

  • ELIFAS JOSE RIBEIRO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    À quantas não vai custar esta aprovação hein?
    Mensalinho das minas gerais?
    Senador Azeredo?
    Walfrido? e outras cositas más!

  • lindomar c rodrigues | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Valeu apena esperar agora mato grosso tem um representante serio honesto e trabalhador em Brasilia. parabens Pagot pela sua conquista. e um bom trabalho o senhor merece pois é digno do cargo.

  • Slvio Gonçalves Rodrigues | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    MUITO IMPORTANTE PARA MATO GROSSO, FOI ESSA APROVAÇÃO.
    LUIZ ANTONIO PAGOT É UMA PESSOA HONESTA E COMPETENTE
    NA MINHA OPINIÃO - A MAIORIA DOS MATOGROSSENSES DEVEM COMEMORAR
    ESPERAMOS MUITO TRABALHO

Erros estratégicos e fim de mandato

niuan ribeiro 400   Niuan Ribeiro (foto) termina melancolicamente o mandato de vice-prefeito da Capital, marcado pela ambiguidade, erros estratégicos e vacilações. Logo no início da gestão, resolveu romper politicamente com o prefeito Emanuel, a quem passou a criticar, achando que se consolidaria como...

Retorno ao TCE ou cargo no governo

marcelo bussiki 400 curtinha   A partir de 1º de janeiro, com o fim do mandato de vereador pela Capital, Marcelo Bussiki (foto) retorna ao cargo efetivo de auditor do TCE-MT. Mas é possível que ele seja convidado por Mauro Mendes para compor o quadro de principais assessores do chefe do Executivo estadual. Bussiki foi...

DEM, bate-cabeça e plano B frustrado

fabinho garcia 400 curtinha   O ex-deputado federal e empresário Fábio Garcia (foto) acabou deixando o DEM órfão de candidatura a prefeito da Capital. Numa conversa com o governador Mauro, seu padrinho político, Fabinho o assegurou que iria sim disputar o Palácio Alencastro, mesmo pedindo trégua por...

Mauro sofre 2 derrotas para Emanuel

mauro mendes 400 curtinha   Mauro Mendes (foto), principal estrela do DEM em MT, acabou amargando duas derrotas em Cuiabá para o prefeito Emanuel, neste ano, embora não tenha sido candidato nas urnas. Em princípio, buscou candidatura própria com o seu partido, mas todos os nomes possíveis, como de Gilberto, Gallo,...

Três derrotas do marqueteiro Antero

antero de barros curtinha 400   O ex-senador, jornalista e marqueteiro Antero de Barros (foto) não levou sorte nas campanhas eleitorais as quais coordenou nestas eleições. Em Lucas do Rio Verde, empurrou à reeleição o prefeito Luiz Binotti que, mesmo com o poder da máquina, perdeu para o...

Lideranças jogaram duro contra EP

carlos favaro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro teve uma reeleição sofrida em Cuiabá. Lutou contra os principais líderes políticos, que se juntaram em torno da candidatura de Abílio, uns publicamente, outros nos bastidores. O governador Mauro Mendes, por exemplo, jogou pesado para tentar derrotá-lo....

MAIS LIDAS