Últimas

Sexta-Feira, 23 de Outubro de 2009, 08h:39 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:24

SAÚDE PÚBLICA

Após aprovar CPI na AL, Muniz recebe Santos e Soares na 2ª

 Fernando Ordakowski


Percival Muniz, autor do pedido aprovado de CPI na AL para apurar caos na saúde na gestão Santos

  Uma declaração polêmica do pré-candidato a governador e prefeito Wilson Santos, durante encontro regional do PSDB em Rondonópolis no último dia 17, acabou gerando mal-estar, racha político e resultou até em aprovação de pedido de CPI na Assembleia para investigar as razões do caos na saúde pública em Cuiabá. O deputado Percival Muniz (PPS), ex-prefeito de Rondonópolis, entendeu que as insinuações com teor de denúncia de Santos seriam para atingir sua imagem e, nos bastidores, reagiu atacando uma área complexa e problemática da gestão tucana: a saúde.

   Em discurso na reunião do tucanato e com a presença do aliado peemedebista, o prefeito rondonopolitano Zé do Pátio, Wilson Santos revelou que existia um plano B contra Alberto de Carvalho, então prefeito de Rondonópolis no final dos anos 1990, caso este não viesse a renunciar ao mandato. Segundo o tucano, Alberto, que estava compondo a mesa de convidados, seria eliminado fisicamente. O então peemedebista acabou optando pela renúncia em meio a várias denúncias de irregularidades na gestão. Percival Muniz era vice e, com a renúncia, assumiu a prefeitura, recuperou o prestígio político e veio a ser reeleito em 2000.

   Após as declarações de Santos, Muniz começou a contrapô-lo. Seu pedido de CPI na Assembleia obteve 12 assinaturas, quatro a mais do mínimo exigido para abertura de investigação. Mesmo em meio a um clima tenso, o prefeito cuiabano conversou nesta sexta com Muniz e acertou uma visita ao deputado na próxima segunda (26), acompanhado do vice-prefeito Chico Galindo e do secretário municipal de Saúde, Luiz Soares.

   Santos adianta que vai parabenizar Muniz pela iniciativa de pedir investigação. "Vejo nesse trabalho da Assembleia uma oportunidade única para fazermos um diagnóstico completo na saúde pública de Cuiabá", diz o prefeito, em entrevista ao RDNews. Para o tucano, a CPI será oportuna para se analisar todos os aspectos, inclusive a participação dos entes federativos, os termos de cooperação técnica e convênios e quantidade de atendimento. Adianta que a prefeitura vai abrir as portas de todas as unidades de saúde para a CPI. Defende que se apure o número de pacientes que chegam a Cuiabá sem qualquer regulação e que a futura Comissão Parlamentar de Inquérito visite as casas de amparo, algumas mantidas pelos próprios deputados. Santos diz que é importante também levantar a gestão fiscal para descobrir o rigor com que o seu secretário Soares atua. Chega a dizer que esse controle financeiro serve de exemplo para o país.

   Wilson Santos entende que a CPI será boa e oportuna para esclarecimento de aspectos positivos e negativos e diz torcer para que Assembleia venha apresentar rumos para o setor e que levante respostas, como, por exemplo, da previsão de como e quando vão funcionar os hospitais Central, de Cuiabá, e Metropolitano, de Várzea Grande. "Espero também que a prefeitura tenha oportunidade para apresentar solução".

  Em meio à crise na saúde, agravada com embate com os médicos, alguns em greve e outros com pedidos de demissão formalizados, o prefeito declarou que ficou estabelecido no Palácio Alencastro que, a partir de agora, quem vai falar sobre o assunto em nome do município será ele próprio e não mais membros do staff, como o procurador-geral Ussiel Tavares, o vice Galindo e o também secretário Soares.

Postar um novo comentário

Comentários (31)

  • ALVARO JOSÉ ORMOND | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esperamos que esse bando de caetetus da AL estalem uma CPI para resolver de vez o problema na saúde, que é um problema crônico e antigo, que não crie CPI apenas para fins eleitoreiros, com a finalidade de desistabilizar uma candidatura em benefício de outra, que tenham integridade ética e moral para tanto. As investigações da cx. preta do DANTE ñ chegou ao fim pq enquento investigavam esta, cupicha do governo criaram criavam outra e os caetetus nunca instalaram CPI para investigar a saúde do Est. Sem contar as obras do Est. estão paralizadas por motivo irresponsabilidade do governo.

  • Sebastião José de Souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não vou entra na seara politica que esta contaminando o debate sobre a criação desta CPI, mas entendo que a Câmara Municipal de Cuiabá levou puxão de orelha publicamente, porque a sua função constitucional e legislar e fiscalizar então porque não fez ou faz, precisou a Assembleia fazer esta CPI, obviamente ela vai fiscalizar os repasse do estado para a Prefeitura, mas e o restante dos investimento que em tese tem desvio porque se nas obras do PAC tinha conforme a Justiça Federal detectou, e a Câmara Municipal esta Fazendo o que? esta CPI pode acontece o que acontece, pode terminar em pizza, mas para a sociedade e um sinal de que os poderes que tem as prerrogativas constitucional basta quere as coisas acontece, outro fato importante e caso de pessoas que vem de outros municipio para fazer tratamento aqui na hoje estão sendo descriminados estes mesmo cidadão vota como pode o prefeito ser governador tomando essa atitude, veja bem na hora de votar porque seu voto vale 04 anos.

  • Carlos Bereza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Cuidado Deputado Percival Muniz e Deputados que aprovaram o requerimento, senão esse Prefeito vai fazer igual fez na Operação Pacenas. Simplemente TEATRO.

  • Germano Souza Cruz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vá lá Wilson Santos(45) e Luizinho Soares(45) e mostrem que o Sr. Brairo Magi não contribui para com a saúde nem com 1/3 do que a Constituição Federal manda, e quem é o grande facínora é justamente ele. E que o municipio de Cuiabá faz muito mais que sua obrigação, pois trata de doentes do ESTADO DE MATO GROSSO TODO, e também dos doentes de Rôndonia, Roraima e do Amazonas.
    E se Wilson Santos já faz isso tudo enquanto prefeito da Capital, o que fará quando for governador???? Muito, mas muito mais.... e que se esperneiem os contrários, mas esta é a realidade.

  • Patricia Gomes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    deputado muniz, parabens pra voce pela atitude e parabens pelos deputados que assinaram o requerimento. estava faltando isso para mostrar a verdadeira cara de saude de cuiaba. fico muito feliz por essa iniciativa que deveria ser DOS VEREADORES. esse prefeito eh um conversador.

  • JEDAE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    MUNIZ É UMA PIADA!

  • JEDAE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    OS NOMES DA COMISSÃO. ROBERTÃO, CHIQUITITA, MAKSUES, WALACE, CARLOS BRITO, PIVETA, ALEXANDRE CESAR E MUNIZ! SÓ GENTE BOA!

  • Onofre | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabens deputado Percival Muniz!!!
    Espero que o senhor não negocie o esfriamento da CPI com o prefeito e sua comitiva, pois descerás ao nivel dos vereadores pizzaiolos que abandoram a defesa do interesse dos cuiabanos que os elegeram. Quero ver agora o povo pagar consulta médica com os 50,00 que receberam pelo seu voto.

  • Manoel Bastos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sugiro aos investigadores que observem as empresas que prestam serviços ao Pronto Socorrro.
    A lavanderia, o serviço de limpeza...por aí vai.

  • douglas | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    WS, o senhor está no SAL, rsrsrsrs
    agora vai vim a tona seu trabalho na frente da prefeitura, assim sendo meu caro vc vai sentir oq é falar mal de muniz, pq ele foi seu articulista político nessa eleição municipal seu traira e agora fala mal dele?
    vc merece WS é se lascar com o povo, mas aqui não sei pq tem usn bestas que votam em vc, E na eleição a governo não pergunte a ninguem de seus concorrentes qual adiferença de cururu e siriri pq isso foi a coisa mais babaca que vc poderia ter perguntado mais o pov achou graça e te deu mais votos, isso é p/ o senhor ver que a educação municipal é fraca assim como a estadual que não mostar a cultura regional como deve.

    traira, vc ainda vai sentir o SAL............

Beco do Candeeiro só abrirá em abril

Carlina 400   A secretária municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Carlina Jacob (foto), em visita ao Grupo Rdnews, revelou que a revitalização do Beco do  Candeeiro, que foi concluída em janeiro, será entregue à população em abril, nas comemorações dos 302 anos de...

Águas, expansão e investimentos

william figueiredo 400 aguas cuiaba curtinha   O diretor-geral da Águas Cuiabá, executivo William Figuereido (foto), disse, em visita à sede do Rdnews, quando aproveitou para conceder entrevista à tv web Rdtv, que a concessionária já distribui água para toda Cuiabá e que, em quase quatro anos...

Creci combate empresas irregulares

benedito odario 400 curtinha   O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado, Benedito Odário (foto), aproveitou a operação desenvolvida na quinta, com apoio da Polícia Civil e da Decon, para enfatizar que não dará trégua àquelas empresas que, irregularmente,...

Cuiabá paga fevereiro aos servidores

emanuel pinheiro 400   A Prefeitura de Cuiabá quitou nesta sexta (26), último dia útil do mês, a folha de fevereiro. Desde quando assumiu o Palácio Alencastro, em janeiro de 2017, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) tem conseguido pagar o funcionalismo dentro do mês trabalhado. Aliás, essa prioridade,...

3 deputados sob certa cordialidade

janaina riva 400 curtinha   Max Russi, Eduardo Botelho e Janaina Riva (foto), que mandam na Assembleia, demonstram entre eles um certo clima de cordialidade, mas chegaram a entrar em queda-de-braço até fechar um novo acordo político sobre a Mesa Diretora. Com a decisão do Supremo de veto a Botelho no comando do...

Expediente na AL só a partir do dia 8

max russi 400   Por causa do aumento da taxa de incidência de Covid-19 entre servidores e parlamentares, as atividades presenciais da Assembleia foram suspensas na quinta (25). O expediente só retoma em 8 de março. Neste período, estão sendo mantidas somente as atividades estritamente essenciais para o...