Últimas

Terça-Feira, 27 de Março de 2007, 02h:17 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

ARTICULAÇÃO

Após ataques, Jaime tenta reaproximar de Maggi

  Depois do "comício" a bordo, em que esculhambou e ameaçou denunciar o governador Blairo Maggi, o senador Jaime Campos tenta reaproximação. No domingo, depois de várias tentativas, o parlamentar conseguiu falar por telefone com Maggi, que estava em Curitiba. Procurou amenizar a crise. Jaime está em Brasília e espera conversar pessoalmente com o governador nesta quarta (28).

    As denúncias de Jaime, feitas em voz alta dentro do avião da TAM na viagem para Brasília, na terça de madrugada, caíram como uma bomba. O estrago se tornou maior porque ganhou repercussão nas páginas de A Gazeta, com detalhes das declarações do senador.

    Descontente pelo fato do PR, novo partido do governador, ter cooptado vários prefeitos, inclusive cinco do PFL, Jaime Campos soltou o verbo, diante de aliados de Maggi, como o deputado federal Homero Pereira e o secretário de Estado de Fazenda, Waldir Teis. Entre tantas acusações, o senador disse que o governo está podre, que há indícios de corrupção, insinuando esquema de propina e existência de dossiês. Jaime chegou a dizer que o governo só não cai porque 'segura' a Assembléia.

    Na última sexta, quando as acusações vieram a público, o senador, que já está em pré-campanha para governador em 2010, tentou descaraceterizá-las. A nova versão não desmereceu a original. A nota oficial que divulgou à imprensa alimentou ainda mais a tese de que, de fato, havia feito acusações. Maggi ficou irritado. Pefelistas e republicados, que estiveram unidos no palanque do ano passado, se calaram.

   Jaime Campos passou a colocar correligionários para atuarem como bombeiros. Tenta apagar o incêndio. Pefelistas consideram que cedo ou mais tarde a tendência natural é romper com a administração Maggi. Consideram, porém, precipitado decretar distanciamento agora. Outros entendem que, para construir uma candidatura de oposição, Jaime deve liderar o bloco, sem trégua para reaproximação.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Cezar Batista Pedroso | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Na politica os valores são as mentiras...o Sr, Jaime Campos está jogando a comida fora do prato onde sempre o mesmo comeu junto ao Sr. Blairo...sou eleitor do Senador e Governador, mas, é bom pararem com o teatro, por que temos vários políticos, que só foram eleitos por que o eleitor tem a memória muito esquecida, exemplo: Carlos Bezerra teve uma eleição uns tempos que o mesmo se aliou ao Julio Campos e levaram uma tremenda surra nas urnas...agora fica o teatro Jaime/Blairo...

  • antonio valêncio souza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O "furo" da Gazeta mostra que o processo eleitoral de 2010 já começou. Agora não adianta mais o Jaime querer voltar a fazer as pazes com Maggi. Daqui pra frente, nada será mais como era...

  • Anônimo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    observe os movimentos de wilson santos com relaçaõ a sms que vai entender a raiva de jc.




  • alencar farina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    observe os movimentos de wilson santos com relaçaõ a sms que vai entender a raiva de jc.




  • ROBERTO DE OLIVEIRA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O SENADOR JAIME CAMPOS SÓ PODIA ESTAR BEBADO A BORDO DAQUELE AVIÃO, POIS QUE EU SEI UISQUE É POR CONTA,E COMO NAQUELE AVIÃO SÓ TINHA AVIÃO............

  • Paulo Roberto Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É por estes motivos que sempre irei anular meu voto, eleger politicos e depois ficar assistindo teatrinho, chega acorda eleitores.............

Pode recebe 2 já derrotados em BG

sandro saggin curtinha 400   O Podemos conseguiu juntar em Barra do Garças o grupo de dois já derrotados à prefeitura, Daltinho, que também foi deputado e em 2018 teve votação pífia na tentativa de reeleição, e Sandro Saggin (foto), um "eterno" candidato. Entregue ao ostracismo,...

Câmara de Barra devolve R$ 100 mil

joao rodrigues 400 presidente c�mara barra do gar�as   A Câmara Municipal de Barra do Garças devolveu à prefeitura R$ 100 mil para serem investidos em medidas de combate ao novo coronavírus. O presidente do Legislativo, vereador João Rodrigues de Souza, o doutor...

Auditor assume Secretaria de Controle

demilson nogueira 400   O auditor Newton Gomes Evangelista, servidor de carreira, é o novo secretário de Controle Interno da Assembleia. Ele já respondeu também pela Auditoria-Geral da Casa. Newton assumiu a Controladoria Interna no lugar do ex-prefeito de Ponte Branca, Demilson Nogueira (foto), que deixou o posto...

Cuiabá é a unica com tudo fechado

emanuel pinheiro curtinha   A pressão sobre o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) fica agora mais forte para flexibilizar logo o decreto restrito por causa do coronavírus. Ele é o único dos gestores das maiores cidades mato-grossenses que ainda mantém decisão de fechar praticamente tudo na Capital, com...

Deputado põe aliado no lugar do irmão

ronaldo taveira 400 curtinha   Coube ao próprio deputado Wilson Santos indicar um nome para o lugar do irmão Elias Santos, que na última sexta (3) deixou a secretaria de Gestão de Pessoas da Assembleia para concorrer a vereador em Cuiabá. E o ex-prefeito emplacou no cargo que rende R$ 19,9 mil mensais o velho...

Sem alarde, vereador muda de partido

viniciys clovito curtinha   De última hora e sem alarde, o vereador pela Capital Vinicyus Hugueney (foto) resolveu deixar o PP e se filiou ao Solidariedade. Com isso, o PP não se torna o único com a maior bancada. Está com três vereadores, assim como o PV e o PSDB. No SD, Vinicyus vai concorrer internamente com...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.