Últimas

Quinta-Feira, 30 de Julho de 2009, 15h:57 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

ALTO PARAGUAI

Após briga, Diane quer visita de Maggi e culpa cerimonial

   Três dias após a confusão em Alto Paraguai que motivou o cancelamento da visita do governador Blairo Maggi (PR) ao município, a prefeita Diane Vieira de Vasconcelos Alves (PR) disse ao RDNews, nesta quinta (30), que veio a Cuiabá para tentar desfazer o que chama de mal-entendido. Em reunião com o republicano, no Palácio Paiaguás, Diane parece ter conseguido reverter o "constrangimento" causado após ter colocado até carros de som anunciando a visita de Maggi nas ruas e, na última hora, o evento ter sido desmarcado sem muitas explicações.  A prefeita garante que conseguiu convencer o governador a visitar o município, mas dessa vez, sem muito alarde. "Tudo não passou de um mal-entendido. Estou em Cuiabá, já sentei com o governador, ele compreendeu a situação e ficou de agendar uma nova visita para participar da solenidade”, assegura, numa referência à entrega de retroescavadeiras em Alto Paraguai. 

-------------------------------------------------------
Saiba mais aqui sobre a briga política em Alto Paraguai

   A entrega do maquinário estava prevista para esta segunda (27), quando Maggi também lançaria um programa de piscicultura na região. O evento foi cancelado devido à briga do grupo político ligado a Diane, esposa do ex-prefeito Alcenor Alves (PR), e membros de uma cooperativa de piscicultores, situada na zona rural de Alto Paraguai, e controlada pelo Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento do Alto do Rio Paraguai, presidido pelo prefeito de Arenápolis, Farid Tenório (DEM), que, segundo Diane, é ligado ao prefeito cassado de Alto Paraguai, Adair José Alves (PMDB).  Diane chegou a chamar Tenório de "prefeitinho", mas após visitar Maggi no Paiaguás, mudou o discurso. Agora, segundo ela, a culpa pelo cancelamento da visita do governador foi culpa do cerimonial do Estado.

   Em resposta às críticas que lhe atribuem a responsabilidade pela confusão, Diana disse que entrou em contato com o chefe de gabinete do governador, Zé Márcio Guedes (PR), ex-vereador por Rondonópolis, nas semanas que antecederam a visita. “Ele informou que a organização do cerimonial ficaria por conta da prefeitura, incluindo todos os locais que seriam visitados pelo governador. Preparamos tudo e colocamos, até mesmo, carro de som e faixas convocando a população para o evento”. Contudo, segundo ela, a cooperativa de piscicultores agendou com o cerimonial do governador uma visita ao local, sem consultar previamente a prefeita. “Eles simplesmente passaram por cima da prefeitura e marcaram a visita do governador à cooperativa, que fica num local afastado, sem entrar em contato com a gente. Como houve essa confusão, o governador preferiu retornar numa outra oportunidade”, sustentou.

   Diane assumiu a prefeitura após Adair ter o mandato cassado por irregularidades em suas contas de campanha. Desde então, Diane, que ficou em segundo lugar no pleito do ano passado, com 1.354 votos, despacha na prefeitura. (Andréa Haddad)

(Às 20h15) - Confusão entre grupos políticos por causa de uma máquina vira "filme"

   Os grupos políticos da prefeita Daiane Alves e de Adair José Alves, eleito prefeito mas cassado pela Justiça Eleitoral, travaram uma briga em praça pública por causa de uma retroescavadeira. Entraram no meio o deputado Wagner Ramos e o prefeito de Arenápolis Farid Tenório, presidente do Consórcio Intermunicipal. O bloco de Daiane não aceitou que a máquina fosse retirada da região central, onde seria realizado solenidade com a presença do governador Blairo Maggi, e levada para a frente de uma cooperativa de piscultores. Diane bateu-boca com a equipe de cerimonial e com seguranças do Palácio Paiaguás e ainda com Tenório. Receoso, Maggi nem pisou os pés no município.

Clique no play e confira a confusão armada

Postar um novo comentário

Comentários (42)

  • ROBERTO ROBERTÃO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A presidenta do conselho deveria ser a Diane, que não tem medo de se expor em defesa dos munícipes de Alto Paraguai. Parabéns Diane, força, dinamismo e austeridade na condução do executivo em nossa cidade!

  • jose antonio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    bom eleitor indiguinado vc náo mora mesmo na cidade e nem conhece aqui ao citar o nome de alcenor eduardo leivinha faço uma pergunta
    quem fechou o Hospital quem deixou de perde varios convenio foi o grupo de odair junto como cancer chamado Umbelino vulgo bilu biluzinho se quer fazia o carnaval e aniversario da cidade deixado morrer de uma vem nossas tradiçao ele sim com essa corja acabaram com cidade ja eduardo fez estadio mercadao que hj e feira fez uns dos melhors xcarnaval na cidade e festa de comemoraçao tradicionais jogos e tinha na epoca banco bemat caixa economica brasil ja o alcenor que ficou 2 e meio trouxe antena transmiçao da globo que o sinal so pegava por parabolica fez creches conseguiu emprego pessoal da cidade na carrols conseguiu abrir o hospital com 3 medicos fez o carnaval cumpria com as festa religioza diminuiu a mortalidade infantil isso significa melhoria qualidade de vida e etc food vereador leivinha foi só 5 x verador sendo q 3 foi presidente casa legislativa bom ruim ele náo é senão se elegeria agora sai vc poem a cara ai se vai ter pelo menos 12 votos e chamado de dozinho kkkkk moral da historia 12 votos sai pra la DAS vao trabalhar e para de encher o saco Odair e da corja do BIlu

  • Fernando da Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quem pensa que é esse palhaço de camisa vermelha, que diz desce essa máquina eu estou mandando. Quem é ele para mandar alguma coisa. Blairo Maggi sai fora dessa gente, tudo aproveitadores de primeira, bando de urubus!!

  • PAULO FRANCIS II | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Lendo a matéria acima, comecei a pensar que a nossa classe politica nada tem de diferente dos Velhos Coronéis do início do século passado, onde a sua opinião e de seus familiares prevalecem acima de tudo e de todos, não respeitando as classes menos favorecidas ou melhor, que não tiveram talvez oportunidades de ser reconhecidos como Cidadão.

    Cabe, então aos nossos representantes eleitos democraticamente ter a sensibilidade e a sensatez e o equilibrio de que eles próprios, como agentes públicos, são temporários e que o povo estão um pouco acima de seus próprios interesses exclusos.

    Outrossim, como Brasileiros de Coração, ainda acreditamos na esperança e confiamos plenamente, que a Justiça Eleitoral, venha rever seus atos, mesmo que seja depois, em defesa da garantia, em respeito a ordem democrática e a vontade popular expressa no dia 05 de outubro de 2009.

  • jose foles | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    é lamentavel o que fizeram com minha cidade natal.parabens prefeita daiane,você tem que ter pulso firme mesmo,mande o prefeito farid devolver o dinheiro da apdm que sua mulher usou indevidamente,e não deixar arenápolis acabar pelo descaso que ele estar tendo por ela

  • Marques | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Oque é isso, politicagem pura, que bom que noconsórcio do Vale do Rio Cuiabá isso não acontece, porque os prefeitos tem outra visão do que é um consórcio, isso não é patrimônio de prefeito (a) ou de prefeitura, essas ações são para viabilizar alguma ção no município que com recursos próprios eles não conseguiriam, Meraldo vc esta de parabens pela condução do consórcio da Baixada Cuaibana, e prefeitos da Baixada não Baixem o nível por um equipamnto que de todos, parabens Livramento pelo exemplo!!

  • Flávio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Gata essa prefeita em... ave maria.... voto nela

  • pedro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    http://www.youtube.com/watch?v=iPsbem-ZLq4

    olha o video dos despreparado chefe segurança do ceremonial do governador.

    ele preferio receber ordem de ex prefeito do que atual prefeita que é Daine PR unica mulher prefeita do partido esse povo da butina não sabem fazer mesmo politica!!!!

  • Adriano Moraes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Há quase 20 anos conheço Alto Paraguai e a cidade é marcada por brigas polílticas intermináveis. Ao invés de trabalharem para melhorar a cidade (que é uma das mais pobres e abandonadas do estado), os politicos vivem brigando entre eles por disputas de poder.

  • JEDAE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É BLAIRO O SENHOR FOI UM POUCO COVRADE! ISSO É DEMAGOGIA PURA. A PREFEITA ESTA CERTA! UMA PENA! ISSO É INOVAR COM SEU GOVERNO? ENTÃO FICAMOS ASSIM! SEU FIM É IGUAL A DOS OUTROS, NÃO MUDA NADA!

Briga eleitoral de parentes em General

renato vilela 400 general carneiro   A briga política, jurídica e eleitoral na pequena General Carneiro, de 14 mil habitantes, está acirrada e envolve, em palanques diferentes, grupos com vínculos familiares. São dois na disputa pela prefeitura. A ex-prefeita Magali Vilela desistiu de tentar de novo o teste das...

Ataques a EP e o revide dos amigos

fabinho 400 curtinha   O empresário Fábio Martins Defanti, o Fabinho Promoções (foto), que em 2016 disputou para vereador e perdeu, está sendo bombardeado de críticas em grupos de WhatsApp, inclusive pelos próprios amigos, por causa de comentários, gravados em dois vídeos, com um...

Luizão e 10 promessas em cartório

luizao 400   O empresário Luizão (foto), candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Republicanos, registrou em cartório 10 comprimissos de gestão, garantindo, em caso de eleito, executá-los logo no primeiro mês de mandato. O primeiro deles é de zerar a fila de consultas, exames e cirurgias. E...

Ex-secretários de França sem mácula

roberto franca 400 curtinha   A assessoria jurídica da coligação de Roberto França (foto), que concorre à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, classifica de mentirosa e irresponsável a notícia de que ex-secretários de França, da época em que comandou a Capital, de 1997 a...

Líderes de Lucas e apoios ao Senado

otaviano pivetta curtinha 400   As principais lideranças políticas da "República" de Lucas do Rio Verde estão divididas nos apoios sobre candidaturas ao Senado. O vice-governador Otaviano Pivetta (foto), recém-desfiliado do PDT, faz campanha pela coronel Rúbia Fernanda (Patriota), propagada como a candidata...

Reeleição difícil em Barra do Bugres

raimundo nonato 400   Aos 81 anos, o piauiense de Campo Maior, Raimundo Nonato (foto), busca renovar o mandato de prefeito de Barra do Bugres pelo DEM. Embora considerado carismático e populista, pioneiro no município e ajudado pela força da máquina pública, Nonato, que já foi prefeito nos anos 82 e 90,...

MAIS LIDAS