Últimas

Quinta-Feira, 27 de Dezembro de 2007, 08h:42 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

CONFRONTO

Após depurar PSB, Valtenir fica sem candidatos

   O deputado federal Valtenir Luiz Pereira, pré-candidato a prefeito de Cuiabá, conquistou o comando regional do PSB e, ao invés de agregar, acabou "expulsando" os principais líderes do partido que atuam na Capital. A baixa foi tanta que agora Valtenir começa a encontrar dificuldades para formar chapa de candidatos a vereador. Hoje, são 11 virtuais concorrentes, todos sem visibilidade eleitoral, o que pode levar o PSB a continuar sem representatividade no legislativo cuiabano. Em 2004, a legenda elegeu Éden Capistrano, que hoje está no PSDB.

   Defensor público e ex-vereador, Valtenir se elegeu federal nas urnas de 2006 como espécie de zebra da campanha. Teve 52.401 votos, apenas 436 a mais dos obtidos pelo empresário Eduardo Moura (PPS), que ficou na primeira suplência da coligação Unidade Ética na Política, composta por oito partidos (PSB, PPS, PAN, PRTB, PMN, PTC, PSB e PV). Nos bastidores, Valtenir contou com ajuda do governador Blairo Maggi.

    Assim que tomou posse, o deputado começou a se articular junto à cúpula nacional. Conseguiu aval para presidir o PSB em Mato Grosso. Passou, então, a bater duro no trabalho de depuração do partido. Enfrentou uma série de divergências.

  Sob ameaças de expulsão, alguns preferiram sair primeiro. Dessa forma, deixaram o PSB potenciais candidatos a vereador como os professores Neverton e Messias, Antonio Fernandes, Chico do Leblon, Fernando Capilé, o suplente Hélio Pimenta e os vereadores Dilemário Alencar e Éden Capistrano. Foram acolhidos pelo PSDB, PTB, PP e PRTB.

   Valtenir ficou a sós. Ele enfrenta agora uma nova briga política, desta vez com o presidente do Detran, Teodoro Lopes, o Dóia, porque defende que o PSB troque o Detran pelo comando da secretaria de Ciência e Tecnologia. Militante histórico do PSB, Dóia discorda da estratégia do dirigente estadual. Quanto aos pré-candidatos da legenda socialista a vereador pela Capital sobraram para o teste das urnas de 2008, entre os com maiores visibilidades eleitorais, somente o suplente Adjane da Silva Prado e a líder comunitária Neurizete.

Postar um novo comentário

Comentários (11)

  • Andréa Haddad | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Outro candidato "forte" do PSB no pleito ao Legislativo Cuiabano é o advogado e bancário Wilson Haddad Rodrigues. É militante da sigla socialista há seis anos e realiza um trabalho exemplar de assistência aos moradores do Jardim Paiaguás.

  • Nicolas Adam | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Caro Romilson: Ledo engano, o PSB terá uma chapa com bons nomes para candidados a Edilidade Municipal. O PSB terá como candidato de Cadeirante, Feirantes, pessoas ligadas à Saúde, Intelectuais e Professores Universitários. Entendo que é melhor ter uma chapa sem candidatos profissionais. Assim como o Nobre Deputado foi surpresa para maioria, nos teremos belas surpresas na próxima eleição para VEREADORES. O PSB é a força nova nesta eleição. Bom 2008 para TODOS.

  • jorge maciel | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Napoleão, certa feita, respondeu à uma pergunta que aludia ao seu sucesso no plano de conquistas e vitórias campais: "tenho bons generais. Eles são o responsáveis por cada vitória". Ao contrário, Valtenir e tantos outros, quando sentem o sabor do poder, tratam de renegar suas origens, afastam-se dos seus companheiros, acham que o mandato é vitalício e a um certo tempo caem na real: estão só!.
    Valtenir, como um de muitos e centenas (ou milhares???) de exemplos, fez isso: desfez amizades, se esqueceu de companheiros, deixou gente na estrada. Agora, posta-se ante o que fez ruir ou deixou ruir. Ficou sem os principais líderes do seu partido, perdeu argamassa eleitoral e está impotente. Seria uma boa opção para o quadro sucessório, mas, infelizmente, se perdeu no arroubo da vaidade, da soberba e do sentimento estreito da onisciência.

  • Fernando Capilé | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Primeiramente gostaria de agradecer pela citação de "bom nome" para disputa de uma vaga para vereador, ladeado por companheiros de valor como Dilemário, Antônio Fernandes, Éden, dentre outros. Por outro lado, quero expressar públicamente o quanto foi difícil para mim ter que deixar o PSB, partido com ideais tão nobres e altivos. Ocorre, entretanto, que nas poucas reuniões que participei sob o comando de Valtenir, alertei para essa situação. Discordo do comentário do companheiro que disse que hoje há qualidade (como se na nossa época não existisse). Acho que se há "cadeirantes, feirantes" e outros antes mais, só vem a somar, mas não se pode virar as costas para companheiros que ajudaram a construir a história do partido. Admiro o Deputado Valtenir. Minha família votou nele, inclusive. Mas isso não dá a ele a prerrogativa de infalível. Todos devemos meditar em nossas limitações e erros para que possamos evoluir, inclusive na política. Se o nobre deputado não se atentar para isso, fatalmente sucumbirá, sozinho com sua família e "as memórias".

  • Antonio Fernandes do Amaral | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Agradeço o autor da materia pelo reconhecimento do meu nome como Candidato a Candidato a Vereador e quero parabenizar pela brilhante reportagem que diz bem a verdade que vivemos naquele partido, infelizmente a perseguição foi insuportável.
    Eles o chamam de "depuração" eu, porém, classifico de perseguição e exclusão, pois ao chegar acharam o partido organizado e mesmo o que ainda não estava, haviam ações no sentido de organizar, porém, os "paladinos da verdade" queriam do jeito deles, pois tinham compromisso com patrão maior, os "butinudos" do estado, responsáveis pelo aparecimentos dos 52 mil votos.
    Acreditar em vitória em 2008 após excluir 90% dos nomes melhores colocados é acreditar no papai noel e menospresar os eleitortes cuiabano.
    Infelizmente o PSB pagará a conta das ações equivocada de sua cúpula Nacional e Estadual.
    Cada ato trás, consequentemente, consigo as consequencias e que excluiu em 2006/07, terá o troco em 2008!

  • ALBUCASSIS RAMIRES | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É INEGAVEL QUE A ELEIÇÃO DO VALTENIR SE DEVE A AMPLA COLIGAÇÃO COM OS PARTIDOS CHAMADOS FRENTINHA,QUE APÓS A ELEIÇÃO O SR.VALTENIR SIMPLESMENTE PASSOU IGNORAR,COMO SE NÃO TIVESSE PESO ALGUM EM SUA ELEIÇÃO.

    O PLANALTO DEIXOU O "HOMEM DO MUNDO DE JACIARA",EXTASIADO.VALTENIR VOLTE A COLOCAR OS PÉS NO CHÃO,OS PARTIDOS QUE LHE AJUDARAM A ELEGER JAMAIS FORAM LEMBRADO POR VOCÊ E NEM PELO PSB,QUE SOZINHO JAMAIS TERIA VOTO SUFICIENTE PARA LHE MANDAR PARA A CAMARA DOS DEPUTADOS.

    CALCE A SANDALIA DA HUMILDADE,E RESPEITE OS SEUS COMPANHEIROS,POIS CHUMBO GROSSO VEM AI.

  • J. Marcon Neto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Dá nada não, o PSB só perdeu os malas mesmo...
    Pena que o figurão de plantão se mostrou ser o dono do cortiço...

    Vai virar partideto de aluguel, só com preço caro e negociado diretamente com ele, que vai fazer caixa para a próxima eleição com o dinheiro da mala, digo, da composição... limpou a thurma e agora negocia sozinho, ele e sua família... acompanhem de perto a evolução patrimonial da sua patota... muito fácil!

  • Antonio Fernandes do Amaral | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Caro Romilson Dourado,
    Como um Deputado Federal, da envergadura do cargo que ocupa, como o Srº Valtenir Pereira, tem a coragem de declara que " não mandou ninguém sair" se em todas as reuniões, quando não era ele mesmo, era seu paus mandados e irmãos que declaravam em alto e bom som, "quem não estiver contente a porta da rua esta aberta!"
    Como não mandou sair se um ano e meio antes de tomar a decisão de romper com a administração Wilson Santos, já declarava na imprensa que o PSB não fazir parte da mesma, chegando ao ponto de mandar seus capangas a pelidar quem estava na administração (meu caso por exemplo) de guia turistico do Prefeito no PSB!
    Como não mandou sair, se foi em Brasilia e combinou tudo com a Direção Nacional e vinha no estado só "soltar" recadinhos de que o PSB seria "organizado" diferente?
    Como não mandou sair, se até o encontro que fez em Cuiabá em Agosto com a Direção Nacional, só podia entrar seus "convidados" ou seja, nós que não eramos do grupo dele não podia participar do encontro!
    Eleitores cuiabano, por favor, preparem muito "oleo de peroba" para receber o Srº Waltenir Pereira em suas casa em 2008, pois é disso que o moço precisa!
    E da-lhe óleo de peroba!

  • FALA SÉRIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Cleber Ávila | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Estou no PSB a mais de 10 anos e sempre tive uma vida partidária ativa, em todo esse periodo o jogo é o mesmo os "descontentes" grupo que ficam de fora da direção partidaria e por consequência das decisões, se rebelam contra os dirigentes partidário. Más de fato acredito que tanto um quanto o outro estão em defesa de suas convicções, seja ela para o bem ou para o mau. Quanto a questão da chapa de vereadores, é claro que todos partidos precisam de nomes com densidade, claro que todos meus ex companheiros de partido, citados na reportagem seriam valiosos no pleito de 2008. Más se o PSB não tem o o ideal, trabalha-se com o possivel, como num jogo de futebol, a eleição só terminar aos 45 do segundo tempo, isto se não houver "prorrogação".

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

Irmão de Riva está na disputa em Juara

priminho riva 400 curtinha   O irmão do ex-deputado José Riva, Priminho Riva (foto), filiado ao PL, será mesmo candidato a prefeito em Juara, posto já ocupado por ele por duas vezes (1997/2004). Priminho pertence a uma famíliade políticos. Além de Riva, que foi prefeito e deputado, é...

PSB deve ficar fora da aliança de EP

max russi curtinha 400   O PSB, presidido pelo deputado Max Russi (foto), pulou mesmo do barco de Emanuel Pinheiro. Deve formalizar apoio à candidatura de Roberto França ao Alencastro. O PSB não consta na lista oficial de siglas que estão com o prefeito, que busca à reeleição. Os 11 que estão...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.