Últimas

Sábado, 08 de Agosto de 2009, 08h:03 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

ARTICULAÇÃO

Após derrubar Ralf, Deucimar peita Lutero e ganha força

 Fernando Ordakowski
Clique na imagem para ampliação
O presidente Deucimar Silva contribui para queda de Ralf Leite e luta para cassar também Lutero Ponce

  O presidente da Câmara Municipal de Cuiabá, Deucimar Silva (PP), já começa a capitalizar o bônus eleitoral pela cassação do mandato do colega Ralf Leite (PRTB) por quebra de decoro parlamentar e também por "peitar" o seu antecessor na Mesa Diretora, Lutero Ponce (PMDB), contra o qual foi aberta Comissão Processante para investigar rombo milionário no Legislativo cuiabano. Deucimar é pré-candidato a deputado estadual em 2010. Assim que assumiu o comando da Câmara, que recebe um duodécimo mensal de R$ 1,6 milhão, prometeu combater o que chama de "sujeita debaixo do tapete".

   Em princípio anunciou uma auditoria independente para fazer um raio-X da gestão Lutero, que foi presidente de 2007 a 2008. Descobriu-se que, sob a administração do antecessor, a Câmara registrou irregularidades superior a R$ 3 milhões, dentro de esquema de notas frias e compras superfaturadas. Deucimar começou a receber pressões para não divulgar resultado da auditoria. Resistiu. Ele se mostrou mais aliviado ainda quando a Delegacia Fazendária entrou em ação e, por meio de inquérito policial, descobriu que a situação era mais grave. Levantou-se rombo superior a R$ 7,5 milhões da gestão Lutero, que virou escândalo e vergonha nacional.

  Além do caso Lutero, surge Ralf Leite, vereador de primeiro mandato. Como integrou o grupo de Deucimar na eleição da Mesa, ele buscou apoio do presidente da Câmara. Deucimar, de novo, resistiu. Comprou brigas por isso, se indispôs com outros vereadores e recebeu ameaças, tanto que o Estado designou três PMs à paisana para acompanhá-lo, com vistas a garantir a integridade física do presidente da Câmara.

   Com a cassação de Ralf e com abertura de investigação contra Lutero, aprovados na mesma sessão ordinária de quinta (6), alguns parlamentares passam a explorar o assunto politico-eleitoralmente porque são pré-candidatos à cadeira na Assembleia, como o próprio Deucimar, Toninho de Souza (PDT) e Everton Pop (PP). Os três, aliás, permaneceram unidos e foram decisivos para os processos andarem.

   Trajetória

   Deucimar é um empresário que presta serviços ao poder público na área de alimentação e limpeza e passou a tomar gosto pela política. Disputou várias eleições e quase sempre ficava na condição de suplente de vereador, a exemplo do que ocorreu em 2004. Depois assumiu cadeira na Câmara. Como trocou de partido, do DEM (antigo PFL) para o PP, acabou entrando na lista dos infiéis partidários, o que lhe custou a perda do mandato. Em sua vaga assumiu Márcia Campos, irmã dos ex-governadores Júlio e Jayme Campos.

    No pleito do ano passado, Deucimar voltou a concorrer e só garantiu vaga de vereador por causa da idade. Acontece que ele teve a mesma votação que Marcus Fabrício: 3.524 votos. Como é o mais velho, a Justiça outorgou-lhe o direito. Houve processo na Justiça, com pedido de impugnação e de recontagem de votos, mas Deucimar venceu no embate jurídico. O PP da Baixada Cuiabana passou a ficar sob seu controle. A direção estadual transferiu para Deucimar autonomia para decidir, por exemplo, de a legenda continua ou não aliada à gestão do prefeito Wilson Santos (PSDB), pré-candidato a governador. O PP conduz a Agência de Habitação, com o advogado João Emanuel.

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • PEDRO PAULO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Deveria esse tipo de atitude ser fei na Assembléia Legislativa. Segundo o dep. Percival tem muitos caititus na assembléia.

  • Fraudes Eleitorais | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sr Romilsom.
    Gostaria de relembrar uma matéria editada no dia 06.07.09. Na cidade de Jaciara-mt. A obra orçada em quase R$ 2.000.000,00.
    Mais uma vez foi mascarada as informações passadas pra você.
    Esta obra tem uma placa na qual informa o valor da obra, da qual claro foram passadas as informações. Mas do lado desta mesma placa, tem um outro valor muito maior dos quais estão nas fotos.
    Mais de R$ 13.000.000,00.
    Venha e confira.

  • William | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Interessante as iniciativas e o resultado final das mesmas. Infelizmente comentamos como surpresos, apesar de este ter sido o caminho correto - cassação e a abertura de inquérito, mas os menos otimistas esperaram pela manobra como sempre ocorre - que bom que a coerencia prevaleceu.
    Gostaria que esta se tornasse uma prática na esfera pública, um sonho visionário sim, mas que com certeza poderia garantir amadurecimento da cidadania e um mínimo de chance de que o Estado (Poder Público) se torne eficiente naquilo que se propõe ao cidadão: bem estar social e qualidade de vida.

    William

  • ANDRE DE SOUZA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • Paulo Sérgio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Com essa atitude Deucimar e os outros vereadores que votaram pela cassação crescem no conceito da população cuiabana.
    Julio Pinheiro, ao contrário, será lembrado na próxima eleição pela sua omissão.
    Importante também ressaltar, que diferente do presidente Lula que protege Sarney e Renan, o prefeito Wilson, não interferiu em nada e deixou o parlamento tomar sua decisão. Agora só falta Lutero.
    A Assembléia Legislativa, deveria seguir o exemplo e também cassar Chica e Gilmar Fabris, que aliás, fizeram coisas piores que o Ralf Leite.

  • Rafaela feitosa vicenzo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESSE EPISÓDIO NA CAMARA DE VEREADORES DE CUIABÁ SERVE DE REFLEXÃO PARA TODOS NÓS. PRECISOU UM CONDENADO PELA JUSTIÇA, O VEREADOR DEUCIMAR ASSUMIR A CAMARA PARA QUE FOSSE CASSADO O PRIMEIRO VEREADOR NA HISTÓRIA DE CUIABÁ, 300 ANOS. QUE ISSO SIRVA PARA QUE A JUSTIÇA NÃO CONTINUE DISCRIMINADO OS CONDENADOS PELA JUSTIÇA, QUE MERECEM NOVAS OPORTUNIDADES NA VIDA, POIS É PRECISO ERRAR AS VEZES PARA QUE POSSAMOS NÃO MAIS REPETIR TAIS ERROS. ESTÁ NA HORA DE ACABAR COM ESSA HISTÓRIA DE EXIGIR FICHA LIMPA PARA SAIR CANDIDATO, OU MESMO QUE ACABE COM ESSA EXIGÊNCIA EXDRUXULA DE VIDA PREGRESSA PARA OCUPAR CARGOS PUBLICOS. SE DEUCIMAR DEU CERTO PORQUE PARA OUTROS EX-PRESIDICIÁRIO OU CONDENADOS PELA JUSTIÇA NÃO POSSA TAMBÉM DAR CERTO?

  • julio cesar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    nao tenho nada contra ou a favor, mas povo matogrossense, principalmente os cuiabanos, nao caia nessa onda desse Deucimar, ele esta dando uma de gente boa, honesto, compromitido com a populaçao, por favor nao caia nessa, esse homem ai nao é nada disso ai que ele esta pregando, ele é perigoso, esta dando uma de vitima para ser dar bem la na frente, nao confie nele, um dia vcs vao ver quem é esse cara, tudo nele é faixada, ele quer dar o golpe para se candidatar a deputado, ele la na frente vai fazer coisa pior do que o Ralf, escute o que estou falando...

  • Carmem Lúcia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ô Romilson, boa noite, acabei de a Isto É, porque não publica mais esta pérola do Wilson Santos.
    Obrigado!

    Sinal de alerta
    Preocupado com o superfaturamento no PAC de Cuiabá, de R$ 40 milhões, o presidente Lula convocou o governador de Mato Grosso, Blairo Maggi, para uma reunião nesta semana. Lula quer ouvir a versão de Maggi sobre os atrasos nas obras tocadas pelo prefeito tucano Wilson Santos. Teme-se que o projeto de Cuiabá para a Copa de 2014 seja prejudicado.

  • Deucimar Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Fico triste quando vejo algumas pessoas maldosas em dizer que eu fui condenado pela justiça, ora, desconheço qualquer condenação referente a minha pessoa seja ela fisica ou júridica, pois, pergunto, qual empresário que não tem uma ação na justiça.
    Ademais ainda, prestei meus serviços tanto para o estado como para união e alguns deles estamos discutindo na justiça direito a receber por serviços prestado de minha empresa.
    Aqueles que tentaram me condenar por aquilo que não cometi acabou-se derrotados pela propria justiça.
    Abraços a todos, coloco-me adisposição de todos para que nos façam uma visita na câmara municipal de cuiabá e que nos mostrem a tal condenação.

  • Darcy Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Eu não acredito que MIDIANEWS vai colocar esse tal de Deucimar como o tal, como santo e reserva moral. O cara é mais sujo que...., tem processo e é condenado (segundo ele próprio aceitou na tribuna) e resonde a processos.... Agora a imprensa vai tratá-lo de bonzinho. Definitivamente é o fim do barraco.
    DEUCIMAR HERÓI é piada né
    Ele é igual ao Riva.
    Vote !

Niuan de fora da suplência ao Senado

niuan ribeiro 400 curtinha   O deputado federal José Medeiros não conseguiu segurar o vice-prefeito de Cuiabá, Niuan Ribeiro (foto), como primeiro-suplente de sua chapa ao Senado. Há alguns dias, o filho do ex-vice-governador e ex-deputado Osvaldo Sobrinho vinha demonstrando desejo de pular fora, em meio a...

Jayme incomodado com Flávio em VG

jayme campos 400 curtinha   A candidatura a prefeito de Várzea Grande do empresário Flávio Frical (PSB), principal aposta da oposição, passou a incomodar a família Campos, que apoia o ex-vereador Kalil Baracat, concorrente ao Executivo pelo MDB. Em uma noite que seria de festa, em comemoração...

Acordo com Euclides partiu de Allan

allan kardec 400   Otaviano Pivetta, vice-governador licenciado por 30 dias para cuidar de problemas de saúde, disse que nada tem a ver com o tal acordo "costurado" pelo presidente regional do PDT, deputado Allan Kardec (foto), com Euclides Ribeiro, candidato a senador pelo Avante. Explica que só apresentou Euclides para Allan e...

Família Maia tenta retomar o poder

martha maia 400   O ex-prefeito de Alto Araguaia por quatro vezes, Maia Neto, não entrou na disputa de novo ao Executivo, mas lançou a irmã Martha Maia (foto), cuja filha Sylvia Maia é vereadora. Filiada ao PP, Martha entra como principal candidata da oposição ao prefeito Gustavo Melo, que vai à...

Welinton fará grande ato em Barra

welinton marcos 400 curtinha   Welinton Marcos (foto) lança sua candidatura a prefeito de Barra do Garças, na segunda (28), em um grande ato. Mesmo pelo sistema drive-in, devido à necessidade de adotar medidas sanitárias contra a Covid-19, são esperadas na solenidade cerca de mil pessoas, num espaço amplo,...

Irmão de Riva está na disputa em Juara

priminho riva 400 curtinha   O irmão do ex-deputado José Riva, Priminho Riva (foto), filiado ao PL, será mesmo candidato a prefeito em Juara, posto já ocupado por ele por duas vezes (1997/2004). Priminho pertence a uma famíliade políticos. Além de Riva, que foi prefeito e deputado, é...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.