Últimas

Quinta-Feira, 06 de Agosto de 2009, 16h:59 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

CÂMARA DE CUIABÁ

Após descumprir ordens de Leite, Néviton pode ser punido


Documento comprova determinação de Edson Leite para que Néviton Fagundes "salvasse" Lutero e Ralf
Patrícia Sanches

   O vereador Néviton Fagundes (PRTB) corre o risco de ser enquadrado na lei de infidelidade partidária e ser expulso do partido. Ele contrariou determinação do presidente municipal da sigla, coronel Edson Leite, e votou pela cassação do colega de partido, Ralf Leite, filho do coronel. Em seu voto, Néviton, justificou que votou com a sua consciência e que, por isso, optou pela perda do mandato de Ralf. “Eu apenas recebi um ofício me comunicando sobre a decisão da executiva municipal. Como não fui chamado para discutir o assunto, decidi votar com a minha consciência”, disse Néviton, com semblante abatido após a sessão desta quinta (6), que durou mais de seis horas.

  O documento encaminhado ontem a Néviton exigia ainda a salvação do ex-presidente da Câmara, Lutero Ponce (PMDB). "A decisão dessa executiva municipal é pela não cassação de Ralf e não abertura do processo contra o vereador Lutero Ponce", diz o ofício. Informações de bastidores dão conta que a chamada "turma" do peemedebista havia fechado um acordão para "salvar" Ralf e Lutero, entretanto, como a maioria dos partidos realizou reuniões e decidiu pela perda do mandato de Ralf e abertura de processo contra o ex-presidente, os dois acabaram "morrendo" juntos sem êxito na manobra. Em verdade a pressão dos cuiabanos que acompanharam de perto toda a sessão, que durou nada menos que seis horas foi fundamental no resultado.

  Esta é a segunda vez que Néviton desrespeita uma orientação do partido. A primeira vez foi durante a eleição da Mesa Diretora, quando apoiou o grupo da vereadora Lueci Ramos (PSDB), em detrimento do progressista Deucimar Silva (PP), que fora apoiado pelo PRTB e pelo próprio Ralf. “Foi uma decisão difícil, mas como na outra vez, não quis desacatar o partido. Apenas fiz o que achei mais correto”, afirma. Como o vereador é reincidente, caberá ao presidente estadual, Samuel Lemos, requisitar ou não abertura de novo processo interno contra ele, que pode culminar na sua expulsão da sigla e, consequentemente, a perda do mandato do vereador do PRTB. Neste caso, Néviton pode colocar Edson Leite sob suspeição já que o presidente é pai de Ralf e tinha interesses pessoais na “salvação” do mandato do filho. (Patrícia Sanches)   

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • Roberto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • terésa | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    o partido deve ser um santo né deixando que fose comandado por tal pessoa vcs sao hipocritas em achar que o presidente geral nao sabia oque estava acontecendo aqui em cuiaba com tal pessoa no poder.... ta parecendo o presidente do pais po nao sei de nda nao vi nda só ve oque lhe convem né o dinhero

  • pedro moura | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    esse coronel tem que sair desse partido pois pai e filho que acabo com o partido de olho gordo mas aque si faz aqui se paga sem mais
    quero parabenizar o ver. NEVITON POR SUA POSTURA CUIAB AGRADEÇE.

  • Carlos Alberto da Silva | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quero dar os parabens para o Sr. Neviton por votar pela sua conciência e não pelo partido e que a sociedade não se esqueça deste partido para as próximas eleições para não votar nos veriadores dos mesmos, Um partido desse não deveria existir.

  • luiz fernando | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse cel Leite não tem um pingo de vergonha na cara e de quebra ainda pede a salavção do lutero ponche, esse leite é doido ou é outra coisa mesmo....

  • Dr. Marcelo Moura | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    PARABÉNS Néviton Fagundes, o senhor e outros 15 vereadores acabaram de demonstrar que é possível ressuscitar a Câmara de Cuiabá e dar a ela o que ela merece, voltar a ser legitima representante do povo cuiabano. Esperamos que da agora em diante, a câmara possa definiivamente fazer o seu papel ¨LEGISLAR¨. Parabéns ao senhor e todos vereadores que honram o voto e pulverizaram com o veneno do povo, àquele que mais parecia O MOSQUITO DA DENGUE.

  • Witer | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabéns Ver.Professor Néviton por ter votado com a sua consciência e não por pressão partidária.Afinal de conta vossa excelência tem que dar satisfação ao povo que o elegeu.

    Parabéns mais uma vez Ver.Prof.Néviton e que Deus o ilumine na sua caminhada, não tema nobre vereador O povo está do seu lado

    Pergunto. Qual pai que não vai defender o filho ?

    Continue trabalhando, fiscalizando e fazendo projetos em prol da comunidade cuiabana com muita garra e determinação.

    Parabéns Prof.Néviton porque o senhor não está no quartel para obedecer ordens de Coronel (principalmente aposentado).

    Um abraço.

    Do amigo Witer

  • Marcio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sr Cel leite, voce poderia ultilizar esse papel, para um outro fim, dobre, amasse e faça o uso que lhe convier.

  • elaine regina oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Imagine só um vereador ser obrigado a obedecer ao pai de uma pessoa totalmente despreparada para exercer a função. O partido é uma instituição e não objeto do Cel. Como mãe, começo a entender o porque das atitudes do rapaz. Com uma educação desse tipo, o ex Vereador Ralf necessita urgente de terapia. Parabens Neviton, vote pela população que o elegeu. E assim, com certeza voce estará colocando o PRTB em lugar de Partido real, e não num partidinho que tem dono. Não esperava outra atitude de sua parte.

  • Ricardo Mello | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Vereador Néviton só esqueceu de mencionar que foi o Márcio que acabou com anarquia que o Cel. Leite estava tentando fazer.
    O PRTB nunca determinou que o Néviton votasse a favor do Ralf.
    Ainda, o Cel Leite, por essas e outras, vai perder a presidência do PRTB de Cuiabá. O proximo presidente vai ser o futuro Vereador Marcrean.
    Parabéns PRTB.

Um novo embate entre Diane x Adair

diane alves 400 curtinha   Adair José Alves Moreira, que vinha atuando na assessoria do vice-governador Otaviano Pivetta, decidiu mesmo concorrer de novo à Prefeitura de Alto Paraguai. Ele já foi prefeito por duas vezes. Adair será o principal nome da oposição à prefeita democrata Diane Alves (foto),...

Taques ofuscado e sob mira do MPE

pedro taques 400 curtinha   Pedro Taques (foto) achou que o recall dos tempos de senador e governador, ajudando-o a se posicionar de forma razoável nas pesquisas, bem antes do início da campanha, o manteria como favorito na corrida ao Senado. Ledo engano. Não levou em consideração o alto índice de...

2 caciques não disputam Alto Garças

roland trentini 400 curtinha   Após décadas de rixas, de campanhas ostentadoras, rachas e brigas eleitorais intermináveis em Alto Garças, os ex-prefeitos Rolando Trentini (foto) e Júnior Pitucha resolveram não mais concorrer ao Executivo. Mas, um deles segue se movimentando nos bastidores. Pela...

Um ex-prefeito inelegível em Poconé

clovis martins 400   Dificilmente o ex-prefeito petebista Clovis Damião Martins (foto) terá registro de candidatura a prefeito de Poconé deferido pela Justiça Eleitoral. O promotor de Justiça, Mário Anthero, já pediu impugnação do registro do petebista por inelegibilidades. Clovis, que...

Briga em Sinop entre Juarez e Dorner

juarez costa 400 curtinha   Em Sinop, a briga eleitoral caminha para tensão e acirramento entre o emedebista Juarez Costa (foto) e Roberto Dorner (Republicanos). Hoje, o ex-prefeito seria eleito, mas Dorner vem crescendo nas adesões, com ajuda do vice de sua chapa, ex-vereador Dalton Martini (Patriota). O apoio da prefeita Rosana...

França elegível; CNJ desatualizado

roberto franca 400 curtinha   O advogado Rodrigo Cirineu, que assumiu a assessoria jurídica da campanha a prefeito de Cuiabá de Roberto França (foto), assegura que o ex-prefeito está elegível. Explica que o cadastro de inelegibilidades do Conselho Nacional de Justiça, constantando ainda o nome de...