Últimas

Terça-Feira, 17 de Março de 2009, 11h:25 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

CÂMARA DE CUIABÁ

Após "detonar" Lutero, Deucimar agora cria 18 cargos DAS

   O presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Deucimar Silva (PP), apresentou nesta terça (17) um projeto que pretende recriar 18 cargos DAS, extintos no final de 2008 pelo ex-gestor Lutero Ponce (PMDB), que alegou serem desnecessários. Já Deucimar argumenta que sem esses DAS o trabalho a Mesa Diretora fica comprometido. Afirma ainda que faltam servidores técnicos. "Quase não temos assessores técnicos. Temos apenas um contador e a situação ficou complicada".

   A proposta prevê a contratação de 6 assessores técnicos, 1 contador, 1 assessor de recursos humanos, 3 assessores assistentes especiais e 2 repórteres fotográficos. "Do jeito que está não há como fazermos sequer a prestação de contas. Quero aprovar o projeto ainda hoje", diz o presidente da Câmara, durante a sessão ordinária. O Legislativo cuiabano conta hoje com cerca de 500 servidores. Dos R$ 1,8 milhão do duodécimo mensal, 90% são gastos com a folha de pagamento. Cada um dos 19 vereadores recebe R$ 9,2 mil de subsídio e tem direito a uma série de vantagens, como R$ 9 mil de verba indenizatória e R$ 12,2 mil de verba de gabinete.

   PAC 

  A polêmica em torno das obras do PAC  foi um dos temas mais debatidos pelos parlamentares. Os vereadores Francisco Vuolo (PR), Domingos Sávio (PMDB) e Deucimar ocuparam a tribuna para pedir uma reunião com o prefeito Wilson Santos (PSDB). "Precisamos saber mais informações sobre a realidade do PAC. Queremos fazer uma visita in loco para termos uma real situação das obras", afirmou Deucimar.

   O Programa de Aceleração do Crescimento, que prevê R$ 238 milhões para obras de saneamento em geral na Capital, voltou à pauta depois que Controladoria Geral da União apontou uma série de irregularidades nos cinco lotes que estão em execução, entre eles superfaturamento - saiba mais aqui .

    Domingos Sávio apresentou na sessão um novo requerimento com pedido de informações sobre as obras do PAC. Ele já tinha feito esse mesmo procedimento há 20 dias. Quer saber detalhes sobre o andamento da Eta Tijucal. O parlamentar disse que, se confirmada as irregularidades, deve pedir a instauração de uma CPI ou oferecer denúncia ao Ministério Público - confira aqui. Quanto à CPI, dificilmente a oposição conseguirá êxito. Dos 19 parlamentares, 14 são governistas. 

(12h) Paulo Borges culpa Maggi por atraso nas obras do PAC

   O líder do prefeito na Câmara, Paulo Borges (PSDB), disse nesta terça (17) que o governador Blairo Maggi (PR) é o principal responsável pelos atrasos nas obras do PAC. Para o parlamentar, a briga entre o republicano e o tucano está atingindo a população. "O governo tem má vontade com a prefeitura. Não libera as verbas e isso acaba atrasando as obras", afirma Borges. Domingos Sávio reagiu ao argumento do tucano. Subiu a tribuna e em discurso inflamado disse que o relatório da Controladoria Geral da União não tem nenhuma relação com as "rusgas" entre o governador e o prefeito. "Estamos falando de irregularidades apontadas por um orgão federal, a CGU não ia fazer tantas acusações por causa de brigas entre governos estadual e municipal. Precisamos ir a fundo nesta situação e saber o que realmente está acontecendo", dispara.

   As obras do PAC  são divididas em duas etapas. O PAC Pantanal refere-se às obras de ampliação de rede de esgoto e custará aos governo federal R$ 105,5 milhões, além de R$ 18,6 milhões do governo estadual. O município figura apenas como executor das obras. Já as obras do PAC que ampliarão a rede de abastecimento de água, terão R$ 87 milhões do governo federal e R$ 17 milhões de contrapartida da prefeitura. Neste caso o governo estadual não participa de nenhuma etapa.

(13h) - Vereadores aprovam criação de 18 cargos

  O projeto que cria 18 novos cargos foi aprovado por 15 votos. Apenas o vereador Francisco Vuolo (PR) foi contrário à proposta. "Eu até acredito que os cargos são necessários, mas quero saber mais informações sobre a movimentação financeira da Mesa Diretora. Acho injusto os funcionários efetivos serem obrigados a entrar na justiça para conseguir a implantação do PCCS", disse Vuolo antes de votar.

  Em meio as discussões, Deucimar voltou a criticar o ex-presidente da Casa, vereador Lutero Ponce (PMDB), que teria beneficiado duas táquigrafas por meio do PCCS em detrimento de outros servidores. O peemedebista se defendeu. segundo ele o aumento salarial concedido se deve ao fato da funcionária ter mestrado. "Se for assim nobre vereador, teremos que conceder o mesmo aumento para mais 30 servidores", reagiu Deucimar. Lutero, por sua vez se contra-argumentou: "é muito difícil contratar funcionários capacitados para esta função.Eles merecem ser bem remunerados". (Patrícia Sanches e Andrea Haddad)

Postar um novo comentário

Comentários (9)

  • valmir molina | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse espaço é tão democrático,que as pessoas mesmo sem identificarem-se,emitem opiniões como fez esse tal Dicão.Ninguém é dono da verdade,muito menos ele,porém todos tem o direito de opinar.No caso do PAC, o que o líder do prefeito disse e eu repito,é que todas as medidas licitatórias foram cumpridas rigorasamente como manda a lei,por isso,é no mínimo esquisito que tais irregularidades apereçam neste momento.O prefeito Wilson Santos está num cenário de forte candidatura a governador,isso incomoda.Tudo que puder ser feito para prejudicá-lo será feito.O líder do prefeito tem que ser o interlocutor do executivo com os vereadores,e isso vem acontecendo de maneira saudável na atuação do vereador Paulo Borges.

  • Carlos Eugenio | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Vereador Paulo Borges demonstra baixo nivel de inteligência ou de informação ao culpar o Governador pelo atraso nas obras do PAC. Se existem culpados podemos dizer que de um lado é a população que elegeu um prefeito incompetente e de outro são as ONGs ambientais, o INCRA e o Ministério de Meio Ambiente pois tudo esbarra nas licenças ambientais.

  • Joab Telles | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    gente, pensa num caboclim mála, pensa ai vai, pensa mais, vai pensando, esse caboclim ai, escriturou, uma área verde, no morada do ouro, em nome da sua empresa lupa, junto com outro caboclim mais mala ainda, um tá de luzito pilantra da silva, olha bem, esse ai tem que vigiá do dia e noite, vigia bem a mão dele viu. é um the flash ligerim ligerim. tô de olho viu. tchá por Deus. puch

  • botelho pinto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESSES CARGOS NA VERDADE SÃO PARA

    NOMEAR OS PUXA- SACOS DO DEUCIMAR.

    SÃO AQUELES QUE NÃO FAZEM NADA NA

    CÂMARA FICAM O DIA INTEIRO ANDANDO

    PELOS CORREDORES DA CÂMARA, TOMANDO

    CAFÉ E LENDO JORNAL.

  • julio augusto de oliveira soares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Enquanto os vereadores se preocupam em colocar seus apaniguados em cargos comissionados o PAC de cuiaba continua emPACado,por falta de fiscalização.Na parte administrativa o que precisa é o Deucimar tratar com justiça os servidores da casa com salário digno e abrir mais concurso público para as vagas em aberto ao invés de fazer dessas vagas cabidão de emprego para cabo eleitoral é o que vemos de quatro em quatro anos,começara com 18 DAS e só Deus sabe onde vai parar enquanto os efetivos continuam recebendo salário de fome.

  • MARCOS | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    - FICO FELIZ DE VER QUE DINHEIRO PUBLICO DÁ EM ARVORES, GOSTARIA DE PLANTAR UM PÉ DESSA ARVORE TAMBEM.

  • Dicão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Caro Vereador Paulo Borges, esperamos que você juntamente com outros novos vereadores, não caiam nessa do blá, blá, blá... Como disse o Josué Secretário do Infraestrutura alguns Vereadores estão mal informados sobre o PAC e parece-me que V.Sª está nesta lista.

    É inadimissível que tente defender o indefensável. Técnicos qualificados da Controladoria Geral da União identificam sérias irregularidades no PAC de Cuiabá e diga-se de passagem cujo trabalho de fiscalização também é de responsabilidade de V.Sª e agora alguns desinformados vem com essa informação enganosa que a culpa é do Governo é do Lula é do CGU.

    Seja responsável. Você como cidadão, como vereador sabe que a responsabilidade pela lambança no PAC de Cuiabá é EXCLUSIVA do Wilson Santos e seus secretários.

    A população de Cuiabá espera uma Câmara de Vereadores imparcial, porém com esse argumento, diga-se de passagem muito fraco, você está prestando um desserviço aos Cuiabanos. Já estamos cheio de blá, blá, blá... precisamos que mostre serviço e serviço não é discurso.

    Se for para ficar defendendo o Wilson Santos, peça para sair da Câmara e vá para uma secretária. Deixe o local dos representantes do povo ser ocupados por quem de fato está preocupado com o povo.

  • Candido Firmindo Macedo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    UM amigo meu disse que o Deucimar não era gente boa,era do mesmo nivel do Lutéro e chica Nunes,não acreditei,mas já da para pensar,se a Camara Municipal tem mais de 500 fúncionarios por que tem que contratar mais, não seria mais inteligente aproveitar servidor da casa( ou pensar em capacitar esses servidores),tem que valorizar dinheiro dos contribuintes,afinal de contas os Vereadores foram eleitos para ser fiscal do povo.

  • reginaldo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    PRA QUEM EMITE OPINIOõES SEM TER O REAL CONHECIMENTOS DOS FATOS O VER. DEUCIMAR FIRMOU UM ACORDO COM A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA EXATAMENTE PARA QUE OS FUNCIONARIOS DA CASA FAÇAM ESTES CURSOS PARA MELHORAR OS SEUS CONHECIMENTOS TECNICO. SÃO NO TOTAL SEIS CURSOS.O VER.DEUCIMAR ESTA FAZENDO ,SÓ NÃO FAZ PROPAGANDA.

PTB perdeu uns, mas ganhou outros

emanuelzinho 400   Em Várzea Grande, enquanto alguns militantes do PTB, puxados pelo secretário jaymista Silvio Fidelis foram para os braços do candidato a prefeito Kalil Baracat (MDB), que tem Hazama (DEM) de vice, militantes de outras legendas decidiram abraçar a candidatura do petebista Emanuelzinho (foto). São...

PT de Cuiabá passivo; ROO, autêntico

kleber amorim 400 curtinha   O PT de Rondonópolis se organizou melhor, mobilizou a militância, se tornando mais autêntico do que o núcleo petista de Cuiabá. Para se ter ideia, o partido, numa posição de coragem e levando preocupação ao prefeito Zé do Pátio, que tinha...

DEM é "suprapartidário" em Cuiabá

wilson santos, 400 curtinha   Para uns, o DEM de Cuiabá se tornou "suprapartidário". Para outros, um partido de aluguel. Além de não ter cabeça de chapa para prefeito, o partido do governador Mauro e dos irmãos Júlio e Jayme Campos enfrenta uma situação inusitada de concorrentes...

Diretório do Podemos-VG dissolvido

mara podemos curtinha 400   A direção estadual do Podemos, sob o deputado José Medeiros, destituiu o diretório municipal de Várzea Grande e anulou o encaminhamento para apoio a Kalil Baracat a prefeito. Agora sob comando provisório da professora Wilcimara Carnelós, a Mara (foto), que está na...

Silvio provoca debandada no PTB-VG

silvio fidelis 400 curtinha   Silvio Fidélis (foto), afilhado político de Chico Galindo e que se tornou fiel escudeiro da prefeita várzea-grande Lucimar Campos, de cuja gestão é secretário de Educação, provocou debandada geral no PTB local. Inconformado com a decisão de Emanuelzinho de...

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.