Últimas

Sábado, 20 de Janeiro de 2007, 04h:29 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Após férias, prefeito Santos tenta conter crises

     Depois de 15 dias de férias com a família nas praias do Rio, o prefeito Wilson Santos retorna neste sábado (20) ao Palácio Alencastro com série de 'pepinos' para resolver. Terá que contornar crises, brecar o avanço do desgaste devido a medidas antipáticas, como o aumento da tarifa do transporte coletivo e o projeto de concessão da água e esgoto, e ainda definir alguns nomes de sua equipe de secretários, entre eles de Comunicação.

    Na tentativa de ganhar apoio popular à proposta de concessão da Sanecap, Santos pretende retomar às reuniões com segmentos organizados. Tem agenda até com o tal de Senadinho - grupo de formadores de opinião inativos que passam o dia sentados em enfrente a uma residência, próxima ao Palácio Alencastro. Vai procurar também a OAB/MT e MPE. Para o prefeito, a concessão é um caminho sem volta. Entende que somente a iniciativa privada tem condições de fazer os investimentos necessários para melhorar a qualidade dos serviços de água e esgoto.

    O aumento da tarifa do transporte urbano de R$ 1,85 para R$ 2,05, bloqueado por força de liminar da Justiça, é outro assunto desgastante que o prefeito volta a enfrentar. A Procuradoria-Geral do Município, que teve pedido de liminar indeferido pelo Tribunal de Justiça, ingressou com recursos individuais, tudo para garantir o reajuste de 11% da passagem. Estuda-se, por outro lado, alguma medida compensatória para amenizar o impacto e conter os protestos, muitos eleitoreiros.

    O prefeito pretende definir também neste final de semana a situação do secretário de Comunicação, Pedro Pinto, que pediu exoneração. Tudo indica que o jornalista deixará mesmo o staff. Pastas como Procuradoria-Geral e Meio Ambiente devem ter novos titulares cujos nomes não estão oficialmente fechados.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Francis sem os vereadores do partido

cesare 400 curtinha vereador caceres   A administração Francis Maris em Cáceres se tornou tão emblemática que perdeu apoio dos dois únicos vereadores do seu partido, o PSDB, na Câmara Municipal. Os tucanos Valdeniria Dutra e Claudio Henrique integram hoje o bloco de oposição ao prefeito,...

Gilberto prestigia sobrinho na Câmara

marcelo oliveira 400 curtinha   Depois de 11 meses sem pisar os pés na Câmara Municipal de Cuiabá, o vereador licenciado Gilberto Figueiredo, secretário estadual de Saúde e um dos pré-candidatos a prefeito do grupo do governador Mauro, apareceu neste sábado na sede do Legislativo, no ato que marcou a...

Suplente que terá 2 anos de mandato

adilton da levante 400 curtinha   Derrotado à reeleição em 2016, Adilson da Levante (foto) reassumiu cadeira de vereador pela Capital desde janeiro deste ano e deve prosseguir no cargo até o final do mandato, em dezembro de 2020. É que o titular Gilberto Figueiredo, que se elegeu pelo PSB e vai migrar para o DEM,...

PSDB veta Taques e vai priorizar Leitão

paulo borges 400 curtinha   O comando regional do PSDB não vai dar chance para Pedro Taques, caso este ensaie concorrer ao Senado com a provável suplementar, já no início de 2020 com a iminente cassação do mandato de Selma. Embora tenha dito que hoje se dedica à advocacia e à vida de professor...

Histórico de não que depois vira sim

blairo maggi 400 curtinha   Mesmo Blairo Maggi (PP) falando para todos que não será candidato ao Senado, na eleição suplementar de 2020 com a provável cassação de Selma, ninguém acredita. Nem aqueles que fazem parte dos grupos criados pelo próprio ex-governador e ex-senador. Em outros...

Francis dispara contra Túlio, Adriano...

tulio fontes 400 curtinha   O prefeito de Cáceres, Francis Maris, que chegou dos EUA na última quinta, aproveitou dois eventos para, publicamente, disparar sua metralhadora verbal contra algumas pessoas. Na sexta, inaugurou uma unidade do Centro de Testagem e Aconselhamento e fez abertura do Natal de Luzes, no centro. Nas duas...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.