Últimas

Sábado, 20 de Janeiro de 2007, 04h:29 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

EXECUTIVO

Após férias, prefeito Santos tenta conter crises

     Depois de 15 dias de férias com a família nas praias do Rio, o prefeito Wilson Santos retorna neste sábado (20) ao Palácio Alencastro com série de 'pepinos' para resolver. Terá que contornar crises, brecar o avanço do desgaste devido a medidas antipáticas, como o aumento da tarifa do transporte coletivo e o projeto de concessão da água e esgoto, e ainda definir alguns nomes de sua equipe de secretários, entre eles de Comunicação.

    Na tentativa de ganhar apoio popular à proposta de concessão da Sanecap, Santos pretende retomar às reuniões com segmentos organizados. Tem agenda até com o tal de Senadinho - grupo de formadores de opinião inativos que passam o dia sentados em enfrente a uma residência, próxima ao Palácio Alencastro. Vai procurar também a OAB/MT e MPE. Para o prefeito, a concessão é um caminho sem volta. Entende que somente a iniciativa privada tem condições de fazer os investimentos necessários para melhorar a qualidade dos serviços de água e esgoto.

    O aumento da tarifa do transporte urbano de R$ 1,85 para R$ 2,05, bloqueado por força de liminar da Justiça, é outro assunto desgastante que o prefeito volta a enfrentar. A Procuradoria-Geral do Município, que teve pedido de liminar indeferido pelo Tribunal de Justiça, ingressou com recursos individuais, tudo para garantir o reajuste de 11% da passagem. Estuda-se, por outro lado, alguma medida compensatória para amenizar o impacto e conter os protestos, muitos eleitoreiros.

    O prefeito pretende definir também neste final de semana a situação do secretário de Comunicação, Pedro Pinto, que pediu exoneração. Tudo indica que o jornalista deixará mesmo o staff. Pastas como Procuradoria-Geral e Meio Ambiente devem ter novos titulares cujos nomes não estão oficialmente fechados.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Contrato para tocar eventos do TCE

O presidente do Tribunal de Contas do Estado, conselheiro Guilherme Maluf, fechou um contrato anual com a Infortouch Agência e Comunicação, Eventos e Produtos Alimentícios, aproveitando ata de registro de preços  do Tribunal de Justiça de MT, com adesão-carona num processo de 2019. A empresa vai faturar R$ 376,9 mil para atender demandas do TCE em toda logística de eventos, envolvendo as etapas de planejamento,...

Ação de promotor e volta de restrições

Adalberto Ferreira   O promotor de Justiça Adalberto Ferreira garante que prefeito de Juscimeira Moisés dos Santos não havia editado nenhum decreto endurecendo as regras de restrições à pandemia do coronavírus antes do MPE propor ação na Justiça. Ao falar sobre nota publicada...

Oséas agora está nas mãos de Abílio

oseas machado 400 curtinha   Oséas Machado (foto) conseguiu derrubar Abílio Júnior, a quem denunciou por quebra de decoro parlamentar, e assumiu a cadeira deste na Câmara da Capital. Agora, o cassado se articula para dar o troco. O problema é que ambos estão no PSC. Oséas quer buscar a...

Decreto "anula" o MPE em Juscimeira

moises 400 juscimeira curtinha   Em Juscimeira, o promotor de Justiça Adalberto Ferreira recorreu à Justiça de forma desnecessária. Pleiteou e conseguiu uma liminar para suspender um decreto do prefeito Moisés dos Santos que, segundo a ação, havia reduzido as medidas de isolamento social, permitindo...

Kero-Kero quer levar Abílio para Pode

wilson kero kero 400 curtinha   Na contagam regressiva do prazo para o troca-troca partidário - vence em 3 de abril para quem pretende ser candidato em outubro deste ano -, o vereador Wilson Kero-Kero (foto), do PSL e um dos opositores à gestão Emanuel Pinheiro em Cuiabá, está fortalecendo o Podemos. E se...

ECSP explica confusão com Marcrean

marcrean 400 curtinha   A Empresa Cuiabana de Saúde Pública (ECSP) emitiu nota sobre a suposta “carteirada” do vereador Marcrean Santos (foto) no HMC. Ele foi pivô de confusão e um vídeo viralizou nas redes sociais. Segundo a ECSP, o parlamentar foi até o local pedir informações...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.