Últimas

Terça-Feira, 20 de Janeiro de 2009, 13h:01 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

PAC

Após pedido de Maggi, União destrava R$ 98 mi


O prefeito Wilson Santos, após coletiva nesta 3ª, quando anunciou integrantes do primeiro escalão para o novo mandato
Foto: Lisânia Ghisi

 Após troca de farpas e muitas polêmicas, o prefeito de Cuiabá Wilson Santos (PSDB) e o governador Blairo Maggi (PR) fumaram o cachimbo da paz e, numa ação conjunta, conseguiram a liberação de R$ 98 milhões para execução de obras inseridas no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do governo federal. Sob intervenção de Maggi, que virou amigo pessoal do presidente Lula, a Prefeitura da Capital conseguiu a liberação dos recursos, após aprovação das medições das obras junto à Caixa Econômica Federal.

  O prefeito disse nesta terça (20), durante o anúncio dos membros de sua nova equipe do primeiro escalão, que o governador conversou com o ministro das Cidades Márcio Fortes e com a direção da CEF e, assim, "destravou" a aprovação dos relatórios de medição. Isso levou a instituição financeira a autorizar a liberação dos R$ 98 milhões. "Esse dinheiro será utilizado no contrato do Projeto Pantanal, que contempla os lotes 2,3 e 4. Criamos a secretária do PAC para dar mais celeridade às obras e para fiscalizar as empreiteiras. Este será o ano do PAC", enfatiza o prefeito tucano.

   Ele explica que a secretaria extraordinária do PAC, a ser conduzida pelo petebista João Vieira, será a responsável por acompanhar de perto a execução das obras e avisa que as empresas que descumprirem os prazos aditivos assinados serão dispensadas para realizar novas licitações. "Tudo isso fará com que Cuiabá se torne a capital onde as obras estarão mais adiantadas. Tenho certeza de que agora não enfrentaremos mais atrasos".

Presidente da Sanecap, Eliana Rondon A engenheira ambiental-sanitarista  e presidente da Companhia de Saneamento da Capital (Sanecap), Eliana Rondon, disse que as chamadas SPF, que autorizam a liberação dos recursos do PAC, devem ser assinadas nos próximos dias e que agora a única reclamação da população será da poeira provocada pelas obras. Na avaliação de Eliana, foram vários os motivos pelo atraso na execução, como no fornecimento de material, falhas nos projetos e, para piorar, as obras iniciaram durante o período eleitoral. "Foi tudo muito complicado. Agora o PAC ganhou estrutura e está pronto para fluir de maneira acelerada.

    Estrutura

    Eliana Rondon critica o que classifica de falta de estrutura do govenro federal na fiscalização. Lembra que só existiam três fiscais para acompanhar todas as obras do PAC no país. "Você acha que era o suficiente?, pergunta para, em seguida, concluir: "tudo já foi solucionado".

  Eliana Rondon explica que já foram concuidos 95% das obras da Eta Tijucal. Segundo a engenheira, há problemas apenas na execução do lote 5. A empreiteira foi contatada por não respeitar o "acordão de preços". "Foi estabelecido um prazo para que ela (empresa) regularize a situação, caso contrário uma nova licitação será realizada".

  A presidente da Sanecap disse ainda que os R$ 98 milhões serão utilizados na execução da rede de esgoto e que por isso as obras devem terminar em setembro de 2010. "Esta é a etapa mais demorada e cara. Nosso cronograma prevê término das obras no próximo ano". (Patrícia Sanches)

------------------------------------------------------

Clique no play e confira o que diz o prefeito Wilson Santos sobre as obras do PAC

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • MAURICIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    realmente : esta eta...parada é a parte mais demorada, eta falta d´àgua sô, isso que a êta seria inaugurada em final de novembro, tamos frito e sem agua.

  • Wilson de Mello | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Meu Xará você tá ficando meio malinha heim? não entra nesta por que se não....na eleição pra governo vai levar o maior chumbo da história de Mato Grosso, aí suas fotos vai aparecer no Resgate Histórico de MT, que você resolveu ser mala como os outros políticos e se ferrou de vez rsrsrs.....

Colíder com 2 candidatos desgastados

jaiminho 400 curtinha   Em Colíder, duas figuras bastante desgastadas politicamente estão na disputa pelo Executivo, sendo o prefeito Noboru Tomiyoshi, que fechou aliança com apenas três partidos (DEM, PSD e SD), e o ex-prefeito Jaime Marques (foto), que concorre pelo PSC numa coligação que agrega DEM e...

PP com 25 a vereador projeta 3 vagas

orivaldo da farmacia 400 curtinha   O PP, da base aliada do prefeito Emanuel, conta com 25 candidatos a vereador pela Capital. Deve conquistar entre duas e três vagas. Os principais concorrentes são os já vereadores Orivaldo da Farmácia (foto), Marcrean Santos e Luis Cláudio, além do ex-vereador...

MPE vê prefeita de Torixoréu inelegível

ines 400 curtinha torixoreu   Para o Ministério Público Eleitoral, a prefeita de Torixoréu, Inês Mesquita Moraes Coelho (foto), que se lançou à reeleição pelo DEM, está inelegível. Numa ação de impugnação de registro de candidatura, o promotor...

Candidato amarga derrota na Justiça

adilson gon�alves 400 curtinha   O candidato a prefeito de Barra do Garças, delegado Adilson Gonçalves (foto), tentou, sem êxito na Justiça, censurar o Rdnews na publicação de matérias sobre o pleito eleitoral no município. Numa ação impetrada junto à...

Com certidão pra disputar 1ª suplência

dito lucas 400 curtinha   Filiado ao Podemos, Dito Lucas (foto), que entrou de última hora como primeiro-suplente da chapa ao Senado encabeçada por José Medeiros, assegura que vai apresentar novamente sua certidão junto à Justiça Eleitoral, de modo a provar que sua candidatura é legítima....

Um novo embate entre Diane x Adair

diane alves 400 curtinha   Adair José Alves Moreira, que vinha atuando na assessoria do vice-governador Otaviano Pivetta, decidiu mesmo concorrer de novo à Prefeitura de Alto Paraguai. Ele já foi prefeito por duas vezes. Adair será o principal nome da oposição à prefeita democrata Diane Alves (foto),...