Últimas

Quarta-Feira, 20 de Maio de 2009, 14h:40 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:23

SEGURANÇA PÚBLICA

Após prestar serviços no carnaval, empresa é investigada

   Após contratar a empresa Ausec Automação e Segurança por R$ 37,2 mil para realizar manutenção em sete câmeras que fazem o monitoramento da Capital, o  secretário de Segurança Pública e Justiça (Sejusp), Diógenes Curado, instaurou processo administrativo para apurar se o acordo foi feito respeitando os princípios constitucionais que regem a contratação de serviços sem processos licitatórios. Há indícios de que isso não ocorreu. Segundo a portaria nº 75/2009, nos autos do procedimento emergencial não foi comprovado a assinatura do contrato, assim como formalização correta da dispensa de licitação.

    Às vésperas do carnaval, o coordenador do sistema de vigilância César Viana Brun comunicou a Sejusp sobre o rompimento de fibras ópticas na área central de Cuiabá, onde existem nove câmeras. Apenas duas estavam funcionando. O equipamento de segurança, que pretende coibir assaltos e proporcionar mais segurança à população, está instalado em ruas como a tradicional 13 de junho, Ricardo Franco, Praça Ipiranga, no cruzamento das avenidas Getúlio Vargas e Tenente-coronel Duarte (Prainha) e na Prainha com o Morro da Luz. Com a iminência das festividades carnavalescas, as secretarias de Segurança e a de Infraestrutura autorizaram a troca das fibras ópticas, assim como a manutenção do equipamento.

   Após pesquisa de mercado, a Ausec foi contratada e executou serviços na ordem de R$ 37,2 mil, sendo R$ 22,7 mil referentes ao material necessário para a manutenção e R$ 14,4 mil pagos pela mão de obra. Segundo a assessoria da Sejusp, a abertura do processo administrativo acontece toda vez que este tipo de contratação é realizada. Neste caso, a empresa Ausec receberá pelos serviços prestados por meio de indenização. Entretanto, antes que o pagamento seja creditado, a Comissão presidida pelo delegado Geraldo Magela de Araújo, tendo ainda como membros Joaldo André da Rocha da Politec e Avani Cardoso de Lara, da Sejusp, terá que avaliar se todos os trâmites legais para a contratação foram seguidos. Todas as informações relativas à investigação deverão ser repassadas à empresa.

   (18h) - Prestei o serviço em 2008 e ainda não recebi, diz proprietário

   O proprietário da empresa Ausec Automação e Segurança, Wagner Figueiredo, explica que a prestação de serviço à Sejusp não está sendo investigada, conforme havia informado a assessoria da secretaria. Segundo ele, a empresa ingressou com pedido oficial na secretaria para que débitos provenientes de 2008 sejam quitados pela Sejusp. "Desde o ano passado estamos tentando receber. Como não conseguimos, ingressamos com um pedido oficial, por isso foi criado um processo administrativo", explica Figueiredo.

    Segundo ele, a Ausec foi responsável pela implantação das nove câmeras na Capital, assegurando por um ano a manutenção gratuita dos equipamentos de segurança. "Nós cumprimos o contrato que previa garantia do produto por uma ano, inclusive prestamos manutenção por quase seis meses a mais que o previsto", garante o proprietário da Ausec. O equipamento de segurança foi implementado em 2006. "No carnaval passado, os índices de violência estavam altos e pediram que nós fizessemos a manutenção das câmeras. Aceitamos, trocamos as fibras ópiticas, mas até agora não recebemos", conta. (Patrícia Sanches)

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • juliana | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse Diógenes, nao temo que fazer, a Segurança Publica esta um Caos, e ele vive de querer achar chifre em cabeça de boi...VAI TRABALHAR HOMEM... ELE SO FICA DANDO TRABALHO PROS OUTROS, MAS NAO VEJO NADA ACONTECENDO NESSA SEGURANÇA PUBLICA, NOVAS POLITICAS, NADAAAA.....

2 da AL em chapas distintas à AMM

nininho 400   Dois deputados estaduais estão divididos em chapas de honra da eleição da AMM, que acontece no próximo dia 15. O curioso é que Ondanir Bortolini, o Nininho (foto), filiado ao PSD e hoje presidente de honra da entidade comandada pelo segundo mandato consecutivo por Neurilan Fraga (PL), caiu fora da...

Trentini perde de novo para Pitucha

roland trentini 400 curtinha   Na queda-de-braço nos bastidores, o ex-prefeito por três mandatos de Alto Garças, Roland Trentini (foto), perdeu de novo para o rival político histórico, o também ex-prefeito Júnior Pitucha. Ambos, que já protagonizaram disputas acirradas, tensas e...

2 maiores líderes sob crise partidária

mauro mendes 400 curtinha   Os dois maiores chefes de Executivos em MT hoje enfrentam problemas partidários internamente. O governador Mauro Mendes (foto), mesmo sendo a principal estrela do DEM no Estado, não está confortável dentro do partido por causa de conflitos com os irmãos Júlio e Jayme Campos....

MM e deputados derrotados do MDB

carlos bezerra 400 curtinha   Por coincidência, deputados do MDB que tiveram seus candidatos derrotados nas urnas estão de afagos com o governador Mauro. E até convidaram-no para deixar o DEM e migrar para o MDB, numa articulação do cacicão do partido, o federal Carlos Bezerra (foto), que puxou a corda da...

Os Maia fincam força no Legislativo

silvio maia 400   O ex-prefeito por quatro vezes de Alto Araguaia, Maia Neto, perdeu nas urnas na majoritária, mas ganhou na proporcional. De um lado, a irmã Martha Maia, seu braço-direito durante todos os mandatos, foi derrotada à prefeita por Gustavo Melo, que se reelegeu. Por outro, Maia Neto viu dois dos seus...

Reeleito, Gustavo derruba o clã Maia

gustavo melo 400   O jovem prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), de 36 anos, manteve mesmo o "apertado" favoritismo, conforme mostrou na reta final a pesquisa do instituto Analisando, e derrotou o clã Maia. Venceu por 962 votos de diferença. Filiado ao PSB, Gustavo chegou a 4.805, enquanto Martha Maia (PP) registrou 3.840...