Últimas

Terça-Feira, 17 de Março de 2009, 15h:52 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

CÂMARA MUNICIPAL

Após vaias vereador chama Sávio de deselegante

   Vaiado por estudantes que participaram da audiência pública para debater a tarifa do transporte coletivo na Câmara Municipal de Cuiabá, o vereador Roosivelt Coelho (PSDB) reagiu nesta terça (17) dizendo que o ato foi uma armação do vereador Domingos Sávio (PMDB). "Só pode ser coisa armada. Não sei porque os alunos me vaiaram. Das duas uma: ou não entenderam as minhas proposições ou foi armação política", avaliou. Segundo ele, o vereador peemedebista foi deselegante. "Fui o único a apresentar uma alternativa para baixarmos o valor da tarifa. Achei que o Domingos foi muito deselegante", afinetou.

   O tucano apresentou na sessão desta terça três propostas de redução da tarifa do transporte coletivo que, segundo ele, não foram sequer incluídas nos encaminhamentos da audiência pública. Duas indicações serão enviadas para avaliação do governo estadual e uma à Prefeitura de Cuiabá. A primeira prevê isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias de Bens e Serviços (ICMS) sobre o óleo diesel usado pelas empresas concessionárias do transporte coletivo. "O governo do Estado pode reduzir este imposto em até 100%. Depois dos funcionários, o combustível aparece como o segundo item mais oneroso aos empresários", apontou. Ele acredita que a isenção do ICMS possibilitará a redaução do preço da tarifa.

   O vereador também solicitou ao governador Blairo Maggi (PR) que assuma a gratuidade do passe livre no transporte para policiais militares, civis e bombeiros, e dos alunos da rede pública estadual. "Apenas 6% dos estudantes são da rede municipal, a maioria dos usuários que utilizam o passe livre é proveniente da rede estadual. O restante é das redes particular e federal", apontou. Segundo ele, o governador tem responsabilidade sobre o custo com o transporte dos policiais porque eles prestam serviço ao Estado. "Se recebem pelo governo estadual nada mais justo que o próprio governo assuma este gasto. A transferência de responsabilidade do estado para com o município de Cuiabá tem sido outro fator importante para o encarecimento da tarifa".

   A terceira indicação do tucano prevê a isenção do ISSQN pela Prefeitura de Cuiabá para as empresas concessionárias do transporte coletivo. "Esta isenção vai contribuir para redução do custo da tarifa. Temos que mudar a forma como encaramos o problema do transporte e apresentar mais alternativas em vez de tecer críticas irresponsáveis", afirmou, referindo-se ao vereador Domingos Sávio. Questionado sobre o assunto, o peemedebista disse que Coelho queria apenas tumultuar a audiência pública. "Não tenho culpa se ele foi vaiado", respondeu.

   Durante a audiência pública ocorrida nesta segunda (16), Sávio e representantes de movimentos sociais resolveram anexar um abaixo-assinado ao processo movido pelo Ministério Público Estadual contra a Prefeitura de Cuiabá que, por meio de liminar, foi impedida de efetuar o reajuste de R$ 2,05 para R$ 2,35 logo no início deste ano. Na tentativa de derrubar a liminar, o prefeito Wilson Santos (PSDB) apresentou recurso, na forma de agravo de instrumento, mas não obteve êxito. (Andréa Haddad)

Postar um novo comentário

Comentários (18)

  • Professora Solange | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabéns ao Vereador Rooseveltt Coelho, o qual foi o unico que levou propostas na tentativa de resolver a situação buscando também a responsabilidade do Estado. Novamente, parabéns vereador continue assim.

  • Jacyara | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Romilson, Boa tarde

    Até eu que normalmente sou manso e pacifico, senti vontade de vaiar o nobre vereador.
    Apresentar soluções alternativas sem a minima condição de aprovação é uma falacia e só pode ser respondida com uma vaia em alto e bom som.
    Os aliados de Galinho, quando das primeiras entrevistas, quedan-se em situação lastimavel de oratoria e simplesmente falam o que não estava no scripit.
    TÔ exagerando? Então vamos nos lembrar dos primeiros pronunciamentos de Edivá(defronte ao modelo) de Aurelio Augusto etc.
    O secretário que melhor falou este mes, foi: Carlão Nascimento.

  • ANTONIO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A NOSSA TARIFA ESTA MUITO CARA PELO QUE ELA OFERECE, FERIADOS E FINAIS DE SEMANA POR EXEMPLO, PARECE UMA VILA, POIS NÃO HÁ ONIBUS SUFICIENTE PARA ATENDER AOS QUE PRECISAM DELES.
    A FROTA ESTA MEIO CAPENGA, POIS MUITOS TEM MAIS ANOS DO QUE DEVIA, SEGUNDO, O PREFEITO NÃO CUMPRIU COM O AUMENTO DE FROTA DE ONIBUS NOVOS COM AR CONDICIONADO, COISA QUE DEVERIA SER LEI AQUI EM NOSSA CAPITAL.
    EXTIGUE-SE LINHAS PRA INVENTAR OUTRAS, ISSO NÃO É AUMENTO DE FROTA; É REMANEJAMENTO DE LINHA. TIRA-SE UM ONIBUS VELHO E COLO SE CA UM NOVO, ISSO TAMBEM NÃO É AUMENTO DE FROTA, PODE MENTIR PARA OTARIO, MAS PARA NOS QUE SOMOS OBRIGADOS A USAR ESSES PÉS DE BODE É TRISTE, AH !! COLOCA UM SUJEITO NA PASTA COM A CARTEIRA DE MOTORISTA CASSADA, MAU EXEMPLO, SE NÃO SABE DIRIGIR NO TRANSITO, COMO CUIDAR DELE. ORAS NOS POUPEM, VAMOS ESQUECER ESSE AUMENTO, BAIXEM AS TARIFAS E O POVO AGRADECE, FALOUUUUUUUUUUUUUU. E NÃO CONTE COM VOTOS PARA GOVERNO, NÃO, VIU GALINHO.

  • Amado Amador | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse vereador trabalha para a coletivo ou para o particular? Legisla para o povo ou para um segmento empresarial? Esse senhor não é um vereador e sim um lobista dos donos de ônibus. Essas propostas são um assalto ao dinheiro público.

  • Ivan Deluqui | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    goataria de saber deste conceituado saite como ele pode afirmar que e o prefeito que entra na justiça para aumentar sendo que quem pede o aumento são os empresarios vamos deixar de picuinha e parar de colocar fogo nessas coisa inveridicas, pois isso só esta atrapalhando, e outra, só esta fomentando a discusão para os empresarios realmente almentar a passagem, quanto mais se fomenta o aumento ai e que eles pedem para aumentar, só sego que não ve. Deveriamos sim mobilizar nossa valorosa juventude para estarmos discutindo educação trabalho, lazer e não tomar como massa de manobra e questões eleitoreiras.

  • Joao do Coxipó da Ponte | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse nobre tinha que se chamar Rosivelt Leiteiro.. rsss.. daqui uns dias o governo do estado deixa de investir na eduacação na nossa capital pq o beleza fica falando que os estudantes sao da rede estadual, qual será que e mais barato pagar toda despesa de uma escola ou a passagem de onibus, faça me um favor!!! e pior que tem gente que cai nessa conversa de pinoquio!!! pq a câmara nao faz um repasse de alguns R$ para o passe livre, pq o Prefeito que se diz que resolveu o problema da Educação em Cuiabá nao peita logo o passe livre e larga desse impurra impurra, tenho certeza que o ibope dele so vai subir se ele garantir uma passagem barata ao trabalhador..!! tome uma medida de amor com Cuiabá.. diminua o passe para o povo... outra se para empresa nao da pra trabalhar com preço mais baixo..abra licitação claro com qualidade e ache uma empresa que queira praticar o preço pago!!

  • Junior | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É, infelizmente o povo merece o governo que tem, pois a cada 4 anos temos a oportunidade de mudar esse legisladores que ae estão, a maioria deles tudo da bancada do prefeito, como q esses vão cobrar de um prefeito que defende os empresários de onibus. Com certeza a algo estranho, será que há um tipo de mensalinho por de tráz disto, prq esses vereadores não defendem nd a favor do povo.... Cade o PCCS, os Guardas Municipais, as Creches, as Policlinicas, a tarifa de onibus, e a CPI do Luiz Poção até hj esta no MP, O RELATÓRIO FOI.... Tarifa UM REAL E CINCO CENTAVOS...
    Que pena que o povo só quer os 30 reais no dia do voto e ticket de combustivel, por isso que a camara esta deste jeito....
    Saudades d vc Poção, pelo menos vc defendia a classe menos favorecida....

  • José Carlos Araujo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse Roosivelt é um grande brincalhão. Todas as três propostas que ele apresentou foram no sentido de manter os elevados lucros da empresas do transporte coletivo.
    Assim é melhor, pelo menos a população já fica logo sabendo de que lado está esse moço!
    Quanto ao Ivan Deluque, acho que ele não devia se prestar a esse papel. Deveria respeitar seu passado recente de defesa dos estudantes e da juventude. Mas não! Apagou isso, agora defende os que enriquecem às custas do erário público. Ele, com certeza, nao está comendo nessa mesa.
    Fazer o quê........

  • FAGNER RAIONE SILVA ARRUDA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É uma vergonha escandalosa, por parte deste vereadorzinho de quinta categoria que só se encontra na turma do tênis. Ora ele nem sabe direito de Lei e fica aí cobrando do Estado a gratuidade dos estudantes da rede estadual, mas se esquece que as pessoas residente e são domiciliados nos municípios, pagam impostos e contribuições e os municípios recebem FPM (fundo de participação dos municípios), o que deveriam fazer é descontar todo o seu salário, porque não faz nada que sirva para população.

  • rodolpho | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Essa é para os servidores, tive o prazer de conhecer um ex-candidato a vereador por cuiabá e filiado no PSB, e varias vezes ouvi a suas propostas como candidato e algumas previsão que ele sabia que se não tivesse uma renovação quem ia sofrer seria os servidores e o que está acontecendo hoje é um desgasto com os servidores o prefeito não tem oposição já que os que se diz e se faz de opositores estão todos os dias no 7º andar do Alencastro pedindo cargos e outros querendo que criem secretarias para acomodar seus cabra eleitorais. E quem aparece o Roosivelt Coelho querendo isenção para as empresas do transporte coletivo no minimo ele está tentando garantir a sua reeleição para 2012, isso que se espera de politicos que não tem compromisso com o povo, e vereadores oedindo licença médica para não votar na cassação do vereador Ralf Leite é Deucimar criando 18 cargos para acomodar seus aliados, acho que qualquer Cuiabano que ama sua terra está decepcionado com os politicos que tem que vergonha e ainda tem pessoas que defendem esses tipos de parazitas. Que vergonha!!!!

Prefeitos revoltados com Neurilan

neurilan fraga 400 curtinha   Vários prefeitos, especialmente os recém-eleitos, se mostram revoltados com novas manobras promovidas no estatuto da AMM pelo seu "eterno" presidente Neurilan Fraga (foto), que tenta, de todas as formas, se auto-beneficiar na eleição que deveria ocorrer em janeiro, mas que foi antecipada...

Candidato a reitor e 2 apoios fortes

dimorvan rui 400   O candidato de oposição a reitor do IFMT, Deiver Teixeira, recebeu dois apoios importantes. As manifestações de adesão à candidatura vieram dos professores Ruy Oliveira e Dimorvan Brescancim. Ruy foi candidato a reitor nos últimos dois pleitos e é um pesquisador...

Abílio e Medeiros rejeitam Fernanda

coronel fernanda 400 curtinha   Abílio Júnior e o deputado José Medeiros, presidente do Pode-MT e que foi derrotado para senador, querem distância da coronel Rubia Fernanda (foto) da campanha neste segundo turno em Cuiabá. Nos bastidores, comentam que não precisam da militar filiada ao Patriota e que ficou...

Com maioria na Câmara de Cáceres

eliene liberato 400 curtinha   A prefeita eleita de Cáceres Eliene Liberato (foto), que conquistou 15.881 votos (38,16% dos válidos), terá apoio da maioria dos 15 vereadores. Destes, oito garantiram cadeira pela coligação da própria Eliene, o que representa 53%. As duas maiores bancadas são do PSB de...

Gamba quer Tuti presidindo a Câmara

tuti 400 alta floresta curtinha   O prefeito eleito de Alta Floresta, Chico Gamba (PSDB), tem se articulado para eleger presidente da Câmara o vereador reeleito do seu partido, Oslen Dias dos Santos, o Tuti (foto), que obteve a segunda maior votação, com 814 votos. Na tentativa de convencer os novos integrantes da próxima...

Várzea Grande paga a folha já na 6ª

lucimar campos 400   A prefeita várzea-grandense Lucimar Campos, prestes a concluir o segundo mandato, anunciou que na sexta, a três dias de fechar o mês, conclui o pagamento da folha de novembro. E, nesta quarta (25), já libera a diferença da correção do piso federal para os professores. No total...