Últimas

Quarta-Feira, 12 de Novembro de 2008, 10h:45 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

CONFRONTO

Após vandalismo, índios questionam governador


Em "ato terrorista", índios destrõem complexo de hidrelétrica

   Repercute em todo país o ato de vandalismo cometido por alguns índios da tribo Enawenê Nawê, que, há um mês, destruíram obras de uma Pequena Central Hidrelétrica (PCH) do complexo Juruena. Após o ato "terrorista", os índios se reuniram com o governador Blairo Maggi (PR), mas evitaram se posicionar quanto ao convite para visitar as obras de 8 centrais hidrelétricas. Maggi teria os convidado para que eles possam verificar de perto quais serão os verdadeiros impactos das obras na natureza. Os índios, por sua vez, pediram um prazo de duas semanas para avaliarem se vão ou não atender ao convite do governador.

   O quebra-quebra ocorreu porque os Enawenê são contrários à implantação de 8 PCHs no rio Juruena, já que, segundo eles, as obras são responsáveis por transformações no rio e pela diminuição dos peixes. Em um posicionamento radical, os índios alegam que essas transformações interferem nos rituais da aldeia em relação ao rio e aos peixes, base de sua sustentação.

   No mês passado, cerca de 100 índios saquearam e incendiaram a PCH na região entre Sapezal e Campos de Júlio. Os Enawenê Nawê afirmaram que iriam reagir de maneira ainda mais enérgica caso o governador decidisse prosseguir com as obras. (Flávia Borges)

Postar um novo comentário

Comentários (19)

  • Mariana Pereira Soares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Que peninha da galinha, ksksksks, em pensar que as 8 hidrelétricas eram do Dep. Carlos Avalone em sociedade com o Sr. Brairo ksksksks, agora quero ver só qto dim dim jogado fora, com os indios ninguem se brinca meus caros, vão lá os enfrentem e verão com qtos paus se fazem uma canoa, aliás uma hidrelétrica. B em feito vai mexer com quem tá quieto.Seu Avalone tava acostumado no governo Dante que ele fazia e acontecia, mandava e desmandava, toma o tempo não pára como dizia o poeta Cazuza.Agora é juntar os cacos e ir cantar em outra freguesia pois com os índios babau meu jovem, que nesta vc já dançou.

  • Maria de Jesus Santos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Algumas indagações:
    O que é ser civilizado?
    A que título estas terrras foram ocupadas por fazendeiros?
    Desde quando os índios estão na região?
    A cada ação corresponde uma reação! É preciso detalhar mais uma reportagem como esta, que tem lado e dá voz a esse lado. Seria oportuno que a jornalista mostrasse os fatos, mas também ouvisse as partes envolvidas. sei que no caso de sítio eletrônico esté não é o método utilizado, mas seria importante cuidar mais deste tipo de notícia, relatando historicamente os fatos anteriores à ação dos índios daquela região. Por sinal na UFMT tem várias monografias sobre esses povos indigenas e a situação que eles vivenciam há muitos anos na região.

  • RITA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    QUANTO VANDALISMO!!! ATÉ QDO VAMOS SER REFÉNS DA INJUSTIÇA DAS LEIS DESSE PAIS?? É O FIM DA PICADA, ONDE JÁ SE VIU? INDIOS QUE TEM TANTAS REGALIAS DO GOVERNO, ALIAS TRABALHAMOS MUITO PARA SUSTENTAR ESSE POVO, TALVES SEJA POR ISSO MESMO, ELES NÃO TEM O QUE FAZER E AI FICAM ARTICULANDO MALDADES PARA FAZER, PODEM TUDO E SEM PUNIÇÃO. PAGAMOS CARO POR ISSO.
    DEIXO AQUI O MEU LAMENTO E A MINHA INDIGNAÇÃO...

  • inaldo almeida | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    bém feito,quero ver se assim vâo vão dar fim a essa tal de INPUTAÇÂOE BOTAM ESSA TURMA PARA TRAVALHAR E VER A CONSTITUIÇÂO DO MESMO JEITO QUE TODOS BRASILEIROS QUE PRODUZEM RIQUEZAS NESTE PAIS.PARABENS INDIOS, E VOCES AINDA PODEM CONTAR,QUE TEM ADVOGADOS CEDIDOS PELOS TAL DE DIREITOS HUMANOS.
    ETA BRASIL SEM ORDEM.

  • admil | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    TEM ONGS POR TRAZ DISSO, AFINAL JÁ TEMOS INDIGINAS FALANDO INGLÊS EM NOSSA FRONTEIRA, E AINDA ALERTA OBAMA EM UM DE SEUS DISCURSOS, A AMAZONIO NÃO PERTENCE AOS BRASILEIROS, MAS, AO MUNDO ADVINHA QUEM MANTEM A ERGEMONIA.

  • Gisele | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É um verdadeiro absurdo o que esses indios fizeram nessa PCH, imagino o tamanho do prejuízo da empresa e dos prestadores de serviços que estavam lá. a legislação precisa ser mudada, os indios tem que pagar pelos seus atos de vandalismo! é uma indignação uma coisa dessas!

  • Falcão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Gostaria de manifestar aqui meu repúdio a esses indios e as ONGs que ora os reprentam-os.
    Pois os mesmos já tiveram reunidos juntos com representantes do ministério do meio ambiente ,Funai e ONGs. No momento em que foram feitos os estudos de impactos ambientais todos os acordos e exigencias se cumpriram , até mesmo uma indenização de 4.000,000,00 foi paga para aldeia. E vejo q os indios nao estão satisfeitos. O local onde estão sendo construido essas PCHs ficam fora de reserva indiginas, Nos fazendeiros aqui dessa região sabemos dos beneficios que esses emprendimentos trouxeram e trará para todos. Veio para a região obras de infra-estrutura que jamais chegariam aqui tão cedo, tipo: estradas , energia , emprego para o povo de Sapezal e Campo Novo do Parecis, etc..
    Portanto fica claro que por traz de tudo tem interresses financeiros dos Indios e Das ONGs.

  • Miranda Muniz - PCdoB | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Tenho convicção que a reação extremada dos indios é o resultado de erros cometidos pelo Governo em jogar guela abaixo uma obra que, inevitavelmente, trará transtornos às populações daquela região. O governo precisa entender que o povo da região (indios e brancos) merecem respeito e qualquer decisão dessa monta não pode ser implementada a toque de caixa, sem uma profunda e responsável discusão com a gente do local. Pagaram um alto preço pela arrogância.
    VIVA O POVO ENAWENÊ NAWÊ!

  • Rodrigo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É lamentável uma jornalista assinar que os índios cometeram um ato terrorista! Exatamente por não reagirem as pressões, etnias foram dizimadas pois aqueles que dizem não ser terroristas deram açucar com veneno e mataram milhares de índios em Juína... sem contar as operações bancadas por gente que se diz do setor produtivo tem caçado índios como se caça animais no norte do estado!!! Quem é terrorista Srª Flávia Borges??? Por que não põe aí as fotos da exterminação de diversas etnias do estado. Porque ao se projetar um PCH não fazem como manda a lei, incluindo um laudo antropológico que atesta que não se trata de área de uso histórico indígena. Precisamos de energia, mas antes de discriminar ações indígenas (para mim terrorismo é dizer que foi um ato terrorista), pq não cumprimos o que a lei manda.... O que a senhora faria se alguém de fora impedisse que pudesse se sustentar??? Ficaria esperando morrer de fome??!!!! Seria um bom começo.... Espero que este blog não esteja a serviço de picaretas do agronegócio (digo picaretas pq também tem gente séria entre eles)....

  • Carla Torres | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Se uma mãe de família furta uma simplers margarina pra passar no pão amanhecido,duro doado por terceiros, pra alimentar os filhos ela vai presa, os índios podem tudo, e ainda temos que respeitá-los...por isso eles deitam e rolam....pq a lei os protege...imputável deveriam ser os pais que teem que ver seus filhos morrerem de fome!

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

Prefeito cria comitê pra debater modal

emanuel pinheiro 400 curtinha   Mesmo o governador Mauro Mendes já tendo anunciado que vai implantar o BRT na Região Metropolitana, em detrimento do VLT, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto) criou um comitê de análise técnica para, segundo ele, definir o modal de transporte para a região. Emanuel...

Desembargadores recebem 6 auxílios

maria helena povoas 400   O Tribunal de Justiça de MT, presidido pela desembargadora Maria Helena Póvoas (foto), vai pagar uma série de direitos e vantagens que "engordam" substancialmente o subsídio de seus magistrados e que foram programados pelo ex-presidente Carlos Alberto para liberá-los no orçamento...

Hospital cobra R$ 2,4 mi da prefeitura

luiz carlos pereira 400 tce   O Instituto de Saúde Santa Rosa recorreu ao TCE, na esperança de encontrar respaldo para receber R$ 2,4 milhões da secretaria de Saúde da Capital. Argumenta que a prefeitura, com quem mantém contrato desde 2019, está inadimplente, pois não teria pago integralmente os...

Definido novo presidente do Sanear

hermes avila 400   O prefeito Zé do Pátio nomeou à presidência do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) o engenheiro Hermes Ávila de Castro (foto), que tende a se efetivar no cargo. Hermes ocupa a cadeira que, desde janeiro de 2017, pertencia à Terezinha Silva de Souza,...

Afilhado de Bezerra nomeado adjunto

clovis cardoso 400   O MDB, sob o cacique político Carlos Bezerra, "emplacou" mais um filiado histórico em cargo relevante na gestão Mauro Mendes. O advogado e ex-superintendente regional do Incra-MT, Clovis Figueiredo Cardoso (foto), foi indicado e já nomeado para o cargo de secretário-adjunto de Agricultura...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.