Últimas

Domingo, 31 de Janeiro de 2010, 19h:19 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

CONCURSO

Aprovados serão chamados no início de março, diz secretário

    O secretário de Administração, Geraldo de Vitto, acredita que os dois mil aprovados para os cargos de nível fundamental do concurso do Estado devam ser convocados no início de março. Neste domingo (31), em coletiva no Palácio Paiaguás, o secretário disse ter garantido ao governador Blairo Maggi (PR) que a convocação dos novos servidores será imediata. Com isso, apesar dos transtornos registrados na primeira tentativa, Maggi obterá parte dos “louros” da realização do do concurso. Ele renunciar ao cargo em 31 de março para disputar uma vaga no Senado.

   Geraldo de Vitto disse que conversou por telefone com o governador, pouco antes da coletiva, e foi cobrado sobre a data da convocação. Maggi está em Rondonópolis. “Vamos chamar o mais rápido possível. Acredito que no começo do mês que vem. Conversei com o governador há pouco e ele me questionava exatamente sobre isso”, revelou o secretário. Segundo ele, o gabarito da prova de nível fundamental será divulgado nesta segunda (1º).

   Pela legislação, não se pode realizar concurso e nem nomear os aprovados dentro dos seis meses que antecedem às eleições gerais, que acontecem em outubro. As próximas etapas do certame só ocorrem em 21 de fevereiro, para o nível médio, e em 21 de março, quando os candidatos de nível superiores farão as provas.

   Diante disso, Maggi calcula que não estará mais no cargo quando os aprovados nas demais etapas forem chamados. O republicano espera ao menos receber os concursados do nível fundamental. Após a saída dele, as demais convocações certamente vão gerar bônus eleitoral para o vice-governador Silval Barbosa (PMDB).

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Taisir coordena campanha de Eliene

taisir karim 400 curtinha   O ex-reitor da Unemat e uma das lideranças do PSD na região Oeste, Taisir Karim (foto), que chegou a se lançar de última hora como pré-candidato a prefeito de Cáceres, mas logo em seguida recuou, será o coordenador-geral da campanha de Eliene Liberato (PSB), atual...

Inaugurados 67 km de asfalto da 020

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes (foto) inaugurou nesta 5ª a pavimentação de 67,5 km da MT-020, entre Paranatinga e Canarana. Essa estrada faz parte do pacote de obras que foi retomado e já concluído nesta gestão. Foram investidos R$ 45 milhões do governo estadual. O...

Saggin critica "ditadura" e apoia Raye

paulo raye 400 curtinha   O empresário e advogado Sandro Saggin, que desistiu da candidatura a prefeito de Barra do Garças e agora apoia Paulo Raye (foto), do Pros, explica que em nenhum momento os diretórios estadual e nacional do Podemos, de cujo partido é filiado, encaminharam qualquer orientação aos...

Pode abandona Raye e pune Saggin

sandro saggin curtinha 400   Sandro Saggin (foto) amargou outra derrota em Barra do Garças. Inicialmente, seria candidato a prefeito pelo Podemos. Mas resolveu, por conta própria, levar o partido para uma coligação com partidos de esquerda que lançaram o ex-prefeito Paulo Raye, apoiado pelo PC do B, PT e Pros. A...

Ex-vereador recua para apoiar primo

divino 400 barra do bugres   Ex-vereador, ex-presidente da Câmara e empresário bem sucedido, Chico Guarnieri (PTB) não será candidato a prefeito de Barra do Bugres nas eleições deste ano. Guarnieri, que disputou a prefeitura em 2016, até ensaiou, mas recuou ao ver que o primo, pedetista Doutor Divino...

3 ex-prefeitos viram cabos eleitorais

percival muniz 400 curtinha   Dois candidatos de oposição em Rondonópolis têm ex-prefeitos como principais cabos eleitorais. O empresário Luiz Fernando, o Luizão (Republicanos), conta com apoio de Adilton Sachetti, que já comandou o município e perdeu na tentativa de reeleição, e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você acha que o efeito-Bolsonaro terá impacto no resultado das eleições de novembro em MT?

sim - onda Bolsonaro continua

não - efeito não influencia mais

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.