Últimas

Quinta-Feira, 07 de Janeiro de 2010, 10h:47 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

INVESTIGAÇÃO

Armando diz ser mentira "dinheiro na Suíça"

Armando Oliveira diz que afirmações de jornalista são falsas

  O empresário Armando de Oliveira, sócio da Amper Construções Elétricas Ltda, classifica de "ilações falsas" e "fantasiosas" as afirmações contidas na obra Honoráveis Bandidos, lançada há dois meses pelo jornalista Palmério Dória. No livro, são citados em seis páginas Armando, chamado de Armandinho Nova República, e seu irmão Dante (já falecido), que foi prefeito de Cuiabá, deputado federal, ministro da Reforma Agrária do governo José Sarney e governador de dois mandatos. Segundo a publicação, Dante teria deixado US$ 42 milhões numa conta na Suíça, insinuando dinheiro em paraíso fiscal. Faz referências a Armando, como um funcionário de terceiro escalão da Cemat, que foi privatizada no governo tucano, e que construiu grande patrimônio como sócio da Amper. O assunto ganhou repercussão em todo o Estado a partir da publicação pelo RDNews na última terça (5) - confira aqui.

   A nota do proprietário da Amper é assinada pelo seu advogado Eduardo Mahon. Assegura que a empresa "não surgiu, não sobreviveu e nem muito menos alcançou o sucesso que tem às custas do governo ou de quaisquer acordos com autoridades públicas". Diz ainda que seu foco não é o setor privado e que trabalha há 20 anos em todo o país. Entende que a publicação do livro, que "detona" a família Sarney, mostrando a história do surgimento, enriquecimento e tomada do poder regional no Maranhão pelo clã, é um instrumento eleitoreiro. A empresa destaca que tomou as medidas judiciais, a fim de recompor a imagem empresarial conquistada, segundo a nota, "por décadas de esforço pessoal dos sócios-proprietários e dos colaboradores".
 

        Eis, abaixo, a íntegra da nota da Amper, assinada pelo seu advogado Mahon

       "A Amper Construções Elétricas Ltda rechaça ilações falsas e fantasiosas de uma publicação recentemente divulgada na opinião pública de Mato Grosso. Tem a informar que não surgiu, não sobreviveu e nem muito menos alcançou o sucesso que tem às custas do governo ou de quaisquer acordos com autoridades públicas. Ao contrário, o foco da empresa é o serviço privado, trabalhando ininterruptamente por cerca de vinte anos em todo o Brasil. Do serviço público, a empresa guarda lembranças de profundas dificuldades e não de facilidades, como sugeriu erroneamente o jornalista. Gostaríamos de informar que nada temos com polêmicas estaduais locais no Estado do Maranhão, parecendo-nos a publicação uma encomenda para atingir determinadas pessoas às vésperas das eleições. É um princípio básico do jornalismo consultar o outro lado e, tendo sido ignorado, mostra a qualidade inferior e tendenciosa da obra, mormente no que toca à empresa, alvo de premissas equivocadas e conclusões absurdas. Pedimos, portanto, que haja moderação e cautela para reproduzir irresponsabilidades que geram prejuízos. Por derradeiros, informamos que tomaremos as medidas judiciais cabíveis a fim de recompor a imagem empresarial conquistada por décadas de esforço pessoal dos sócios-proprietários e dos colaboradores que nunca se valeram de relações públicas para alavancar uma das maiores empresas brasileiros do setor que acredita ainda valer a pena investir no Brasil. Seguimos trabalhando e confiando no orgulho de ser mato-grossense".
     Amper Construções Elétricas Ltda
     Eduardo Mahon
     Advogado

Postar um novo comentário

Comentários (13)

  • Junior | Sexta-Feira, 15 de Janeiro de 2010, 11h32
    0
    0

    Falando em confundir alhos com bulgalhos, lembrei-me de uma "extinSão", isso mesmo, extinção grafada com "S", naquela matéria sobre os salários dos defensores públicos. Gosto muito de me informar aqui, mas ultimamente anda um tanto quanto complicado ler aqui, muita frase sem qualquer coerência, palavras grafadas erradas, dentre outros equivocos. Vamos dar uma pensada nisso porque semrpe teve qualidade por aqui. No caso da matéria aí sobrou um "não", teve sentido, mas contrário à nota divulgada.

  • Paulo Raposo | Sábado, 09 de Janeiro de 2010, 17h00
    0
    0

    ARMANDO. Bota esse cara, que se passa por escritor, na cadeia. Lá ele vai aprender a tirar seu mestrao de bandido. Solidarizo-me com vc. Conheço as histórias suas, do GRANDE DANTE e de suas irmãs. Todas de grande trabalho. Faça-o dizer onde esta esta grana.

  • jj | Sábado, 09 de Janeiro de 2010, 13h55
    0
    0

    estou em mt a mais de 20 anos e qdo cheguei vi o sr. Armando de oliveira como uma pequena emprasa de eletricidade. É bem verdade que este pais é de oportunidades, mas nao entendo mto bem como só os politicos e parentes proximos dos politicos amealhao grandes fortunas em tao pouco tempo como é o caso do sr. Armando de Oliveira...Ja imaginaram tdo dinheiro desviado dos cofres publicos serem empregados em educaçao e saude? seriamo PAÌS de primeiro mundo em pouco tempo.....MUDA BRASIL...MUDA MT!!!

  • Franco Querendo | Sábado, 09 de Janeiro de 2010, 11h47
    0
    0

    Caro Romilson, Não por desão à premissa mas por amor ao debate, e, enfeitando pé de pavão, lhe informo que comprei e li o livro, porém, as citações que encontrei foram: Para Armando Martins de Oliveira, páginas 48 e 104; para Dante de Oliveira, páginas 48, 77 e 104. Portanto, contaram errado. Abraço, Franco Querendo Advogado e professor

  • Edson de Oliveira | Sábado, 09 de Janeiro de 2010, 11h16
    0
    0

    A Melhor Defesa é o ATAQUE, Mas nesse Caso!!! se Balançar a CASA CAI. BALANÇA MT, BALANÇA MARANHÃO.

  • Benedito Dias | Sexta-Feira, 08 de Janeiro de 2010, 11h32
    0
    0

    Só para corrigir. Na nota do advogado de Armando de Oliveira diz que "o foco da empresa é o serviço privado", enquanto que a matéria "diz ainda que seu foco não é o setor privado". Presta atenção, para não confundir alhos com bugalhos.

  • FAUZE GATTAS | Sexta-Feira, 08 de Janeiro de 2010, 10h48
    0
    0

    TRES AFIRMAÇÕES DO LIVRO HONORAVEIS BANDIDOS SÃO VERDADEIRAS,ARMANDO OLIVEIRA ERA UM FUNCIONARIOZINHO MEDIOCRE DA CEMAT,POBRETÃO,POIS DR.PARANÁ VIVIA DO SEU TRABALHO,ESSE SIM ERA HONESTO,NÃO DEIXOU HERANÇA POR ISSO,E QUE ARMANDINHO NOVA REPUBLICA SÓ MELHOROU DE VIDA COM O IRMÃO DANTE ELEITO GOVERNADOR. MONTOU A AMPER E ERA O PRINCIPAL EMPREITEIRO DA CEMAT E CONSTRUTOR DE PONTES(DE UMA EMPRESA ITALIANA) EM TODO O ESTADO DE MATO GROSSO E MARANHÃO,ALIÁS ONDE ILUMINOU PRAIAS E MANDAVA NA CEMAR-CENTRAIS ELETRICA DO MARANHÃO,QUE ERA FEUDO DO FERNANDO SARNEY. QUANTO O DINHEIRO PARA O EXTERIOR TENHO MINHAS DUVIDAS,POIS O PATRIMONIO LOCAL É TÃO GRANDE,QUE TENHO DUVIDAS SE SOBROU PARA MANDAR PARA FORA.

  • ARNALDO DIAS ASSUMPÇÃO | Quinta-Feira, 07 de Janeiro de 2010, 21h00
    0
    0

    Amigos, alguém sabe se houve desvio de dinheiro, falta de entrega de algum serviço ou recebeu e não fez por parte do sr. Armando ou da Amper ? Acham que a empresa está passando por dificuldades com tudo isso de dinheiro no exterior ?? Hipócritas, todos falam, mas todos adorariam ter uma maozinha nos bastidores do governo.. eita gente estúpida... vms trabalhar meu povo... ser rico só é pecado no Brasil, uma pena!!

  • Maria Joana Alves Lima | Quinta-Feira, 07 de Janeiro de 2010, 15h53
    0
    0

    Olha, antes do Governo Dante o Sr. Armando fazia serviço de limpeza embaixo dos postes de luz da antiga cemat, seu patrimonio maior era uma Toyota Bandeirante de cor verde. Na estrada que vai para a região do Aterrado, Livramento e etc, meu marido um dia perguntou para os seus colaboradores como fazia para conseguir fazer isso, pois tambem tinha uma Toyota Bandeirante´só que de cor Bege que aliás continua com ela até hoje (ano 81) e o colaborador respondeu-lhe sorrindo da ingenuidade do meu marido. Isso aqui só se o senhor tiver gente grande na política. Tipo Governador, ministro...

  • Julio Cezar | Quinta-Feira, 07 de Janeiro de 2010, 13h28
    0
    0

    Sr Armando, o Sr. já armou demais, melhor ficar quieto pois seu telhado é de vidro bem frágil. Não passe perto desta fogueira pois seu rabo é comprido e é de sapé. Deixe os Sarney, se envolver com o autor do livro, que é real, pois Sarney tem domínios que se estendem do Maranhão até Mato grosso passando por Brasília e outros rincões. Cala boca ofélia

Caminho bem consolidado à reeleição

leonardo 400 curtinha   Dos prefeitos que podem ir à reeleição de cidades pólos, o que encontra situação mais confortável é Leonardo Bortolini, o Léo (foto), de Primavera do Leste. Bem articulado e habilidoso politicamente e com uma relação extensa de obras e...

PSDB e balão de ensaio para prefeito

paulo borges 400 curtinha   Bastante enfraquecido e fragilizado, após perda do comando do Executivo estadual e de quadro de filiados, o PSDB anuncia que terá candidato a prefeito de Cuiabá. E até lista três "prefeitáveis", sendo eles os empresários Luiz Carlos Nigro e Dorileo Leal, além do...

Grupo de Fabinho ávido pelo poder

fabio tardin 400 vereador   Uma ala do DEM de Várzea Grande, que se sente excluída do Paço Couto Magalhães, está torcendo pela cassação da prefeita Lucimar e do vice Hazama. O placar do julgamento no TSE está em 2 a 1 pela manutenção do mandato. Esse bloco anti-Lucimar é...

Vereadores oficializam 2 férias por ano

emerson 400 alta floresta curtinha   Os vereadores de Alta Floresta, no Nortão, aproveitaram este período de pandemia, com as atividades presenciais suspensas, para garantir dois períodos de "férias" por ano. Em decisão desta segunda, a Câmara Municipal, presidida por Emerson Sais Machado (foto), alterou o...

Comissão da Câmara sob efeito-Covid

renivaldo 400 curtinha   Em meio às discussões sobre transparência e compras emergenciais de medicamento, insumos e equipamentos às unidades de saúde, na luta contra a pandemia da Covid-19, a Câmara de Cuiabá criou uma Comissão Especial, composta por três vereadores. Tem a...

Ex-secretária Martha Maia com Covid

martha maia 400   A ex-secretária de Saúde e de Promoção Social de Alto Araguaia, Martha Maia (foto), anunciou nesta terça à noite que foi diagnosticada com Covid-19. Apesar disso, não está tendo sintomas da doença e já segue as recomendações padrões de ficar...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Até dezembro, o IFMT terá eleição para Reitoria. Quem você acha que será eleito dos candidatos abaixos?

Deiver Alessandro

Julio Santos

Nenhum deles

Não tenho ideia

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.