Últimas

Quinta-Feira, 05 de Junho de 2008, 14h:41 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

EXECUTIVO

Arrecadação do quadrimestre já aumenta 17,5%

Éder de Moraes, secretário de Fazenda O Estado registrou aumento nominal de 17,52% na arrecadação de ICMS no primeiro quadrimestre deste ano se comparado a igual período de 2007, informa o secretário de Estado de Fazenda, Éder de Moraes. Segundo ele, entre os fatores que elevaram as receitas estão a defesa da ordem tributária e a recuperação da economia. A arrecadação do ICMS, a principal fonte de receita do Estado, cresceu de R$ 1,058 bilhão para R$ 1,244 bilhão de janeiro a abril de 2008 na comparação com os primeiros quatro meses de 2007.

   Para Éder, o desempenho é atípico, visto que a arrecadação costuma ter melhor performance a partir de maio, quando se intensifica mais a comercialização da safra de grãos. Apesar disso, em 2007, Mato Grosso começou a se recuperar da crise econômica iniciada em 2005, impulsionada pelo descompasso entre preços e custos de produção das commodities internacionais. E, para os demais meses de 2008, a expectativa é que, com cenário econômico mais favorável, o desempenho da arrecadação do ICMS se incremente ainda mais.

   O secretário observa que o aprimoramento da sistemática de controle do cumprimento das obrigações tributárias, a intensificação do investimento em tecnologia e a ampliação da percepção do risco fiscal junto aos contribuintes contribuíram substancialmente para o incremento da arrecadação no primeiro quadrimestre de 2008. "Estamos implementando um esforço fiscal nunca antes visto em Mato Grosso. Preparamos um pacote com 36 medidas para aumentar a arrecadação, sem majorar os impostos, como investimento em automação dos procedimentos, sobretudo nos postos fiscais, e na qualificação dos servidores e ações pontuais de fiscalização, junto a segmentos específicos”.

  Ele atribui também o desempenho bem-sucedido da arrecadação ao empenho dos servidores da Receita Pública, do Tesouro Estadual e da Secretaria Executiva do Núcleo Jurídico e Fazendário, em especial dos fiscais e agentes de tributos estaduais, na busca por resultados, principalmente nas forças-tarefas implementadas junto a vários segmentos econômicos, para identificar se as obrigações tributárias estão sendo cumpridas corretamente. (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Campos Neto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    DIGNO DE RECONHECIMENTO O TRABALHO DO SECRETÁRIO ÉDER DE MORAES, QUE EM POUCO TEMPO JÁ MOSTROU SEU PULSO FIRME E SUA TOTAL DISPOSIÇÃO EM APERFEIÇOAR OS MECANISMOS DE ARRECADAÇÃO DO SETOR. ESPERO QUE OS BONS FRUTOS DO TRABALHO DE ÉDER SE TRADUZAM EM BENEFÍCIOS SOCIAIS, TAIS COMO GERAÇÃO DE EMPREGO E RENDA.

    CAMPOS NETO, DEPUTADO ESTADUAL

  • agno.solon@terra.com.br | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O único fato triste na atual gestão do Sec. Éder Moraes foi o concurso realizado em 01/06/2008 para o cargo de ATE (agente de tributos estaduais). A estrutura estava boa, com segurança reforçada e até detector de metais. Mas, infelizmente a organizadora do concurso pecou em um detalhe, quem sabe o mais importante, a prova. Muito mal elaborada, com questões mal formuladas, dúbias, faltando alternativas válidas para algumas perguntas e até com várias alternativas válidas para uma única pergunta. Tal fato nos mostra a incapacidade de nossa Universidade Estadual em ser a elaboradora de provas desse nível, ou seja, não está no mesmo quilate de CESPE, ESAF e FCC, organizadoras de concursos de renome nacional. Por que entregar esta prova para a UNEMAT? A quem interessa? Perguntas ao Secretário de Fazenda, que vem demonstrando eficiência e respeito com a coisa pública.

  • giovanni holtreng | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É parece que esse secretário está mesmo a fim de mostrar trabalho que sirva de exemplo para os demais secretários com excessão de dois outros das pastas planejamento e casa civil.

  • João Vergío bittencourt | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Boa éder...não faça como o secretario da casa civil que gasta o dinheiro do povo inventando fantasias, realizando sonhos de infancia ou melhor tá sobrando dinheiro? aplica na saude da população no ensino e não joga fora gastando com luxo para os que apenas passam pelas secretarias. isso é uma vergonha

  • giorgina avarela | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Da proxima vez continue valorizando a unemat, apenas exija que ela seja a univercidade de mato grosso e não tentar copiar unb ou esaf, porque assim ela não será nem uma coisa nem outra, apenas o que ela demonstrou nesta prova incompetencia. é muito triste, tinha esperança que a unemat se destacasse nesta grande oportunidade.

Luta pra isentar parte dos aposentados

eduardo botelho 400 curtinha   Primeiro-secretário da Assembleia, Eduardo Botelho (foto) disse que foi criada espécie de força-tarefa dos deputados para fechar um acordo com o governo, de modo a ajudar aposentados e pensionistas e portadores de doenças raras para isenção do pagamento da alíquota da...

Investimentos em segurança pública

alexandre bustamante 400   Alexandre Bustamante (foto), secretário estadual de Segurança Pública, é enfático ao afirmar que o Estado tem investido em equipamentos e infraestrutura para combater a criminalidade. Segundo ele, a maior prova disso são os projetos que integram o programa MT Mais. Ao todo, devem...

Folha antecipada em Várzea Grande

kalil baracat 400 curtinha   Com o privilégio de ter assumido a prefeitura em janeiro com superávit de R$ 74 milhões da antecessora Lucimar Campos, o prefeito várzea-grandense Kalil Baracat (foto) quitou a folha de fevereiro na última quinta (25), três dias antes da virada do mês. São cerca de...

Grupo de risco em casa até 31 de maio

Em novo decreto, dentro das medidas emergenciais e temporárias de prevenção ao Covid-19, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro determinou que servidores municipais que integram o chamado grupo de risco não devem trabalhar presencialmente nas secretarias e/ou órgãos da administração. São considerados desse grupo servidores acima de 60 anos, imunodeprimidos e/ou portadores de doenças crônicas e servidoras grávidas e...

Beco do Candeeiro só abrirá em abril

Carlina 400   A secretária municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Carlina Jacob (foto), em visita ao Grupo Rdnews, revelou que a revitalização do Beco do  Candeeiro, que foi concluída em janeiro, será entregue à população em abril, nas comemorações dos 302 anos de...

Águas, expansão e investimentos

william figueiredo 400 aguas cuiaba curtinha   O diretor-geral da Águas Cuiabá, executivo William Figuereido (foto), disse, em visita à sede do Rdnews, quando aproveitou para conceder entrevista à tv web Rdtv, que a concessionária já distribui água para toda Cuiabá e que, em quase quatro anos...