Últimas

Terça-Feira, 03 de Fevereiro de 2009, 09h:35 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

Artigo

As palavras diante do desafio da história

  Interessa-me aqui apenas comentar dois discursos feitos pelo novo presidente. E precisamente naqueles pontos que, digamos assim, são universais no sentido de que a força de suas palavras interessa aos cidadãos de qualquer parte do mundo. Quando uma mensagem tem a força para atravessar a geografia circunscrita de um país e tocar as mentes e os corações de mulheres e homens de nacionalidades as mais diferentes e distantes ela certamente ganha o poder da inspiração.

  As palavras de Obama nos interessam, importando pouco a incógnita de seu governo, pelo que ela nos pode estimular na crítica de nossa capenga e mísera vida pública. Por elas testemunhamos o abismo que nos separa das discussões políticas (se é que existem), nelas vemos a distância que teremos que vencer para alcançarmos uma compreensão da dimensão histórica que teremos que nos erguer para construirmos um país de grandeza universal.

  Se interromper agora a leitura deste artigo para dar uma olhada nas páginas políticas de nos nossos jornais o meu caro leitor vai entender muito bem sobre o que estou falando. Veja as “discussões” que nossos políticos federais, estaduais, municipais etc. estão fazendo, de que temas estão tratando, que objetivos nacionais estão buscando, qual debate, friso debate, estão travando para o futuro da nação, do estado, do município e bem saberão a que me refiro. Será que estamos todos, e não apenas os denominados “políticos”, a altura da História? História na sua dimensão maior, para a qual até mesmo Barak é, neste momento, uma incógnita.

   Mas vamos às palavras do presidente, no que ela tem de indicativo para todos nós. Seu discurso de vitória pronunciado diante de mais de 100 mil pessoas no Grant Park de Chicago (Illinois), em 5 de novembro, em que anunciava um novo tempo para a sua gente e o mundo, teve o complemento no discurso da posse. No primeiro disse: “E a aqueles que se perguntam se o farol dos EUA ainda ilumina tão fortemente: esta noite demonstramos mais uma vez que a força autêntica de nossa nação vem não do poderio de nossas armas nem da magnitude de nossa riqueza, mas do poder duradouro de nossos ideais: democracia, liberdade, oportunidade e firme esperança.” Agora, no discurso de posse a expressão foi igualmente de firmeza e de esperança: “O que os cínicos não entendem é que o chão se moveu sob eles -- que as discussões políticas mofadas que nos consumiram por tanto tempo não servem mais.

   A pergunta que fazemos hoje não é se nosso governo é grande demais ou pequeno demais, mas se ele funciona -- se ele ajuda as famílias a encontrar empregos com salários decentes, tratamentos que possam pagar, uma aposentadoria digna. Quando a resposta for sim, pretendemos seguir adiante. Quando a resposta for não, os programas terminarão. E aqueles de nós que administram os dólares públicos terão de prestar contas -- gastar sabiamente, reformar os maus hábitos e fazer nossos negócios à luz do dia -- porque somente então poderemos restaurar a confiança vital entre uma população e seu governo”.

   Oxalá, estas palavras inspirem a tantos outros governantes. Oxalá, Barak Hussein Obama consiga caminhar na direção desses objetivos.

   Sebastião Carlos Gomes de Carvalho é advogado, escritor e ex-presidente da Academia Mato-Grossense de Letras

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Netão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Parabens Dr. Sebastião Carlos, como bom Barra-garçensse aqui do Araguaia v.exª tem brilhado e nos honrrados com sua magnifica sabedoria.

    Gostaria que me adicionase ai para que possamos trocar ideias.
    netao.leal@hotmail.com
    noticiadosmunicipios@gmail.com


    Abraço !! Netão

França elegível; CNJ desatualizado

roberto franca 400 curtinha   O advogado Rodrigo Cirineu, que assumiu a assessoria jurídica da campanha a prefeito de Cuiabá de Roberto França (foto), assegura que o ex-prefeito está elegível. Explica que o cadastro de inelegibilidades do Conselho Nacional de Justiça, constantando ainda o nome de...

Candidato da família Oliveira à Câmara

luluca 400 curtinha   O jovem advogado Luluca Ribeiro (foto) é uma das apostas do MDB por renovação na Câmara da Capital. Concorre a vereador e tende a "herdar" o espólio político da família Oliveira, dos tios Dante, ex-governador que morreu em 2006, e Thelma, prefeita de Chapada dos Guimarães....

Deputado tenta censura e sem êxito

xuxu 400 curtinha   Em duas tentativas, o deputado estadual Xuxu Dal Molin (foto), candidato a prefeito de Sorriso pelo PSC, tentou, sem êxito, censurar o portal Rdnews. Na 1ª Vara Cível da Comarca de Sorriso, Xuxu ingressou com pedidos de antecipação de tutela, pleiteando retirada do ar de matérias que...

Rei do Gado entra numa difícil disputa

mauricao 400 curtinha   O leiloeiro Maurição Tonhá (foto), chamado por muitos de "Rei do Gado", está de volta à disputa eleitoral. O pecuarista com bens avaliados em R$ 19 milhões é candidato pelo DEM a prefeito de Água Boa, muncípio já administrado por ele por dois mandatos. Em...

Ajudando a enterrar CPI do Paletó

luciana zamproni 400 curtinha   O Palácio Alencastro está convicto de que, assim como na primeira votação, o relatório da CPI do Paletó que propõe punição ao prefeito Emanuel e vai ser votado nesta terça, será arquivado pela maioria dos vereadores cuiabanos. O desfalque do...

8 candidaturas e Thelma com chances

thelma de oliveira 400 curtinha   Mesmo sem apoio de nenhum outro partido, a não ser do seu PSDB, enfrentando forte desgaste político e rejeição popular e ainda problemas de saúde, se recuperando de tratamento de câncer de mama, a prefeita Thelma de Oliveira (foto) ainda tem chances de...