Últimas

Quinta-Feira, 11 de Setembro de 2008, 18h:05 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:21

LEGISLATIVO

Assembléia custa R$ 53 a cada mato-grossense


Com um duodécimo de R$ 151 milhões, AL tem 24 deputados

  Cada um dos 24 deputados estaduais de Mato Grosso representa um custo anual de R$ 6 milhões, revela o Projeto Excelência, por meio do site Transparência Brasil. O levantamento foi feito a partir do duodécimo de R$ 151 milhões previsto para o exercício deste ano da Assembléia. De acordo com os dados, que trazem também cruzamento com outros Estados tanto em relação às despesas das câmaras municipais quanto dos legislativos estaduais, a AL-MT detém proporcionalmente um dos orçamentos mais altos do país.

  Os gastos da Assembléia refletem diretamente na vida do cidadão. O Projeto Excelência dividiu o montante do duodécimo entre os mato-grossenses e concluiu que cada pessoa contribui com R$ 53 por ano para manter os deputados - saiba mais aqui  e aqui.

   Em Cuiabá

    A Câmara Municipal de Cuiabá também é classificada como uma das detentoras dos maiores duodécimos do país. Estão previsto no Orçamento-Geral do Município deste ano R$ 20 milhões para manter o legislativo cuiabano. Numa divisão desse bolo financeiro para uma Câmara que tem 19 vereadores, conclui-se que a despesa para manter cada cadeira chega a R$ 1 milhão. O valor do duodécimo, de acordo com o Projeto Excelência, apresenta uma elevação acima da inflação medida em 2007. Na capital mato-grossense, a despesa média por habitante para manter a Câmara é de R$ 38,76.

  O site Excelência ainda lembra que a Câmara de Cuiabá não publica na internet dados detalhados a respeito do destino da verba de gabinete e outras despesas controladas pelos vereadores. Também ressalta que não há informações sobre o uso da verba indenizatória de R$ 4 mil mensais, muito menos sobre registros de viagens dos parlamentares. (Vívian Lessa)

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • ZARAGODE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Falta dinheiro para segurança,educação ,saneamento ,etc... e sobra dinheiro para assembleia... dificil para população entender

  • Juca Bento | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    TÁ BARATO.. VOU PAGAR O DOBRO...

  • Maria Creuza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    E o governo do Estado, custa quanto com esse absurdo de impostos?????

  • Brandão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Blz mais e o KIKO ? Infelizmente nao podemos fazer nada ...

  • paulo roberto de oliveira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ô dinheiro desperdiçado. Podia ir para Saúde que seria
    bem aproveitado......dinheiro jogado no ralo(ou bolso de
    alguém) ou em tenebrosas transações.....

  • Allan Kardec | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Viche Maria, o duodécimo da AL é altíssimo, será que não dá para diminuir um pouco, por exemplo: mandar para AL somente a bagatela de R$ 20.000,00 por cabeça cada deputado, com este valor ele (deputado)pagar agua, luz, e impostos da folha de pagamento dos funcionários e salário do deputado, tudo dos 20mil, não podendo passar deste valor de jeito nenhum, cada gabinete ter seu padrão de energia, seu cavalete de agua, número limitado de funcionários e se sobrar devolver ao governo. Neste caso o governo daria para construir casas para todos matogrossenses.

  • RODOLPHO DA SILVA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É como diz o jornalista Boris Casoi, isso é uma vergonha a maior empresa matogrossense com 24 parazitas que só sabem dar Mossão de Aplauso para policiais, macumbeiros, evangelicos e grilheiros em sem falar que os 24 estão tudo ricos e ainda terão um presentinho ao final dos mandatos virá conselheiro do Tribunal de Contas e o povão ai reclamando dos nossos politicos. E viva a Democracia que os politicos ficam ricos e o pobre de barriga vazia.!!!!!!!!

Valtenir atrai lideranças para o MDB

valtenir pereira 400   Mesmo sem mandato eletivo, o ex-vereador pela Capital e ex-deputado federal Valtenir Pereira (foto) continua se articulando nos bastidores, agora pelo fortalecimento do seu partido, o MDB. Ele está convencendo algumas lideranças a se filiar na legenda emedebista. Dois líderes são prefeitos...

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

Prefeito cria comitê pra debater modal

emanuel pinheiro 400 curtinha   Mesmo o governador Mauro Mendes já tendo anunciado que vai implantar o BRT na Região Metropolitana, em detrimento do VLT, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto) criou um comitê de análise técnica para, segundo ele, definir o modal de transporte para a região. Emanuel...

Desembargadores recebem 6 auxílios

maria helena povoas 400   O Tribunal de Justiça de MT, presidido pela desembargadora Maria Helena Póvoas (foto), vai pagar uma série de direitos e vantagens que "engordam" substancialmente o subsídio de seus magistrados e que foram programados pelo ex-presidente Carlos Alberto para liberá-los no orçamento...

Hospital cobra R$ 2,4 mi da prefeitura

luiz carlos pereira 400 tce   O Instituto de Saúde Santa Rosa recorreu ao TCE, na esperança de encontrar respaldo para receber R$ 2,4 milhões da secretaria de Saúde da Capital. Argumenta que a prefeitura, com quem mantém contrato desde 2019, está inadimplente, pois não teria pago integralmente os...

Definido novo presidente do Sanear

hermes avila 400   O prefeito Zé do Pátio nomeou à presidência do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) o engenheiro Hermes Ávila de Castro (foto), que tende a se efetivar no cargo. Hermes ocupa a cadeira que, desde janeiro de 2017, pertencia à Terezinha Silva de Souza,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.