Últimas

Sábado, 24 de Maio de 2008, 22h:21 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

VÁRZEA GRANDE

Assessor diz que Maksuês não recua da disputa

   O jornalista Cláudio Moraes negou neste sábado à noite que o deputado Maksuês Leite (PP), de quem é amigo e assessor parlamentar, já tivesse "jogado a toalha" da pré-candidatura a prefeito de Várzea Grande. Durante todo o dia a boataria sobre a susposta desistência tomou conta da cidade. Maksuês não foi localizado para comentar o assunto e nem deu retornou às ligações.

   "Neste sábado pelo manhã o Maksuês participou normalmente do Ação Geral no bairro São Simão, inclusive com a presença de 2 mil pessoas. Ele não desistiu. Continua firme", diz Cláudio, ao assegurar que será um dos coordenadores da campanha do seu chefe. Para ele, Várzea Grande vive um caos administrativo é precisa ser reconstruída "a várias mãos". Enfatiza que cerca de 45 mil moradores se vêem excluídos. "Temos uma receita anual de R$ 200 milhões. É preciso que aconteça resgate da dívida social".

   A pré-campanha de Maksuês sofreu um "baque" há cerca de 15 dias, quando foi demitido da TV Rondon (afiliada da Rede TV!), de propriedade de Roberto Dorner (PDT), pré-candidato a prefeito de Sinop. Nos bastidores, o comentário é que a "queda" de Maksuês estaria relacionada à articulação do ex-governador Júlio Campos (DEM) junto ao empresário. Júlio vem patrolando quem o ameaça eleitoralmente na corrida à Prefeitura de Várzea Grande. Internamente, "derrubou" Wallace Guimarães.

    Maksuês havia transformado o programa Comando Geral, da TV Rondon, numa "vitrine" de sua pré-candidatura. Agora perdeu o palanque eletrônico e se prende ao trabalho corpo-a-corpo. Ele tem afirmado que só a morte o tira da disputa à cadeira de prefeito nas eleições de 5 de outubro.

    A pré-campanha em Várzea Grande, segundo maior colégio eleitoral do Estado, já se polariza entre Júlio, irmão do senador Jaime Campos, e de Maksuês, que tem como padrinho político o deputado estadual José Riva. O prefeito Murilo Domingos (PR) corre por fora.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Luciana | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É isso aí Claudio Morais, o Maksuês não vai desistir, ele pode não ter o dinheiro que o adversário tem, mas tem algo que ninguém compra: a amizade e lealdade de seus parceiros. A prova que ele vive muito bem sem o Comando Geral foi o sucesso do Ação Geral sábado, talvez tenha sido o melhor dos ultimos 5, e ele não precisou da TV.
    Ganhar a eleição por WO não tem graça, pelo menos pessoas da nossa idade ama mesmo é o desafio.
    Maksuês não quer nem adversário dele desista!
    MAKSUÊS vem sim, pra ganhar ou perder, vem porque tem um compromisso, vem porque sabe que tem ao lado dele, pessoas que estarão com ele sempre... e sem pagar por isso!

  • Beneditoto Kleber dos Santos Figueiredo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É engraçado, como os velhos oportunistas de Varzea Grande não mudam de tática, nem mesmo conseguem ficar de fóra das sombras Campistas, casos como da Companheira ZENITE NASSARDEN, como de Mateus Magalhães, Edemar de Souza , e outros, nada contra os companheiros , mas vamos esperar o jogo começar, não é digno de nenhum Varzeagrandensse jogar a toalha antes do primeiro round, mas Mateus e Edemar deu a eleição para murilo, agora estaão com Maksuês, Zenite, pedindo agua, não é assim companheiros , vamos a luta, lembremos dos tempos da Zilda Pereira Leite, (1996), perdemos com respeito , mas dessa vêz a HISTORIA ESTA A NOSSO FAVOR (POSITIVIMENTE)

  • Julio Lobo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    absurdo o Antero dizer em seu blog que o Maksuês desistiu de sua candidatura em favor de Julio Campos. Isso nunca aconteceria, pois dias atrás o próprio Maksuês acusou Julio de comprar por 2 mi o programa dele do Roberto Dorner.
    Macsuês pode ate desistir de disputar, mas nunca para apoiar Julio, pois sempre atacou o democrata, dizendo que é retrocesso a familia Campos. Seria incoerente essa informação.

  • Ricardo dos Santos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Anotem ai:
    Maksuês não será candidato à prefeito em V.G..
    A proposta lhe foi feita e que deverá aceitar é:
    vice-prefeito de Julio Campos, 3 Secretarias para seu grupo e apoio para retornar à assembléia em 2010.
    Aguardem....o acordo será fechado, provavelmente, ainda nesta semana.

  • Luiz Lacerda de Moura | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Por favor Romilson Dourados, seja mais justo e deixe de falar que o Dep.Wallace foi patrolado pelo Dr.Julio Campos, a escolha foi tão dmocratica, que houve pesquisas pelo IBOPE, havendo empate,a escolha foi feita pelos 41 membros do Diretorio Municipal dos Democratas, e o Julio ganhou de 25 a l6 votos,tanto é que até o Dr.Wallace e seu grupo ja esta apoiando a eleição do Julio,.Oque os politicos de Varzea Grande precisam fazer é um pacto pelo desenvolvimento da nossa cidade,sendo que tanto faz ser o Julio,Macksuês,ou outro qualquer candidato a Prefeito,para tirarem da Prefeitura esse dorminhoco e inconpetente do Murilo Domingos, que não conseguiu em 4 anos siquer conservar as obras do Jaime e de outros Prefeitos que por aqui passaram, ACORDA VARZEA GRANDE, CHEGA de gente dorminhoca no seu comando.

  • z.nassardem | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    sou uma propavel eleitora do Macksuês,mais sinto que a sua candidatura esta esvasiando dia a dia, após a entrada na disputa eleitoral do Julio Campos, pessoa competente e preparada para ocupar o cargo de Prefeito. Além de ser pessoa simples e carismatico, o Julio tem o apoio de seu irmão Jaime Campos,que é o maior lider politico de V.Grande.Por isso, acho que seria bom para nossa cidade uma composição politica entre os dois candidatos, pois para nós que somos parente e amigos de ambos,ficaria mais facil escolher em quem votar, pois estamos enojados da atual adminstração do Murilo Domingos que nada fez,a não ser dar um bom emprego para o meu parente Izaque .

Sob efeito-cavalo paraguaio em ROO

thiago muniz 400 curtinha   Em Rondonópolis, o candidato a prefeito, vereador e empresário Thiago Muniz (foto), se transformou num cavalo paraguaio, expressão muito usual no futebol quando se refere a um time que dispara no início do campeonato mas, lá pela metade, começa a cair pelas tabelas. Acreditava-se...

Lula na TV deve afundar mais Julier

lula 400   O advogado Julier Sebastião da Silva, que disputa pela segunda vez a Prefeitura de Cuiabá - na primeira, em 2016, pelo PDT, ficou em terceiro lugar e, agora, pelo PT -, levou para o seu horário eleitoral o ex-presidente Lula (foto). A participação, com pedido de voto para Julier, da maior...

Na contramão dos investimentos

jose wenceslau 400 curtinha   Ao invés de reconhecer e aplaudir a iniciativa do governo estadual, que anunciou investimentos de R$ 9,5 bilhões em obras e ações, sendo R$ 6 bilhões (63%) de recursos próprios, a Fecomércio-MT, sob José Wenceslau Júnior (foto), reagiu com críticas....

Filho de ex-deputado rumo a vereador

willy taborelli 400   O coronel PM da reserva e ex-deputado estadual Perry Taborelli, que concorreu e perdeu para prefeito de Várzea Grande em 2016, lançou de novo o filho à cadeira de vereador. Trata-se do jovem advogado Willy Jacyntho Taborelli (foto), de 32 anos. Desta vez, ele concorre pelo PV. Na eleição...

Beto vê aliado como mais preparado

wellington marcos 400   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (MDB), tem sido um cabo eleitoral fundamental para o candidato à sucessão municipal, advogado e atual vice-prefeito Wellington Marcos (foto), do DEM. Beto, que está concluindo o segundo mandato consecutivo com 80% de aprovação popular,...

Produtores e a unificação de eleições

antonio galvan 400 curtinha   Mato Grosso pode ter três eleições no mesmo dia, 15 de novembro. Isso porque, além das municipais e a suplementar ao Senado, alguns produtores rurais se movimentam para que a escolha do novo presidente da Aprosoja também seja na mesma data das eleitorais. Inicialmente, o pleito da...