Últimas

Quarta-Feira, 05 de Setembro de 2007, 18h:20 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

INVESTIGAÇÃO

Assessor isenta Juarez; engenheiro se complica

    O assessor de gabinete do deputado estadual Juarez Costa (PMDB), Antonio Góes, acusado de ser um dos interlocutores no suposto crime de tráfico de influência junto à secretaria estadual do Meio Ambiente, defendeu o patrão durante a CPI da Sema nesta quarta (05), como já era de se esperar. Góes disse que jamais recebeu dinheiro para praticar irregularidade. "Não recebi, muito menos do deputado ou de outra pessoa ligada a ele, nem de ninguém".

    Mesmo após João Batista da Silva, o Maguila, desmentir suas próprias acusações contra Juarez e no depoimento seguinte, Góes negar qualquer participação do deputado peemedebista em situações ilegais, a CPI vai solicitar a quebra do sigilo bancário dos dois. "Queremos eximir qualquer dúvida", disse o presidente da Comissão, deputado José Riva (PP).

   Góes não fez restrição sobre a quebra de sigilo bancário. Também aceitou sem delongas que se quebre o sigilo telefônico. O assessor manteve o argumento de que o suposto acordo mencionado por Maguila é resultado de má-interpretação.  

   O segundo depoente, engenheiro florestal Vanderlei Cardoso de Sá, pouco acrescentou à investigação que apura irregularidades na Sema. "Vanderlei deu informações muitos vagas. Ele confirmou ter errado, mas nada. Demostrou pouco conhecimento dos processos", afirma o deputado Dilceu Dal Bosco (DEM), relator da CPI.

    Vanderlei chegou a ser preso no desencadear da Operação Guilhotina, sob acusação de requerer laudos ambientais e, depois, autorizá-los para a fazenda Gislaine I. Ele figura como o responsável técnico pelas informações prestadas. Confirmou que cometeu falha gravíssima ao ter assinado o relatório da vistoria técnica sem comparecer ao local. "O Fábio Galindo esteve lá (na fazenda Gislaine). Eu estava viajando", diz Vanderlei. Com a declaração de irresponsabilidade do engenheiro Vanderlei, novamente a Sema foi bombardeada de criticas. "A Sema tinha todos os instrumentos para suspender o plano de manejo, mas não o fez", diz Riva, criticando a atuação do órgão. (Simone Alves - RDNews)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

Prefeito cria comitê pra debater modal

emanuel pinheiro 400 curtinha   Mesmo o governador Mauro Mendes já tendo anunciado que vai implantar o BRT na Região Metropolitana, em detrimento do VLT, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto) criou um comitê de análise técnica para, segundo ele, definir o modal de transporte para a região. Emanuel...

Desembargadores recebem 6 auxílios

maria helena povoas 400   O Tribunal de Justiça de MT, presidido pela desembargadora Maria Helena Póvoas (foto), vai pagar uma série de direitos e vantagens que "engordam" substancialmente o subsídio de seus magistrados e que foram programados pelo ex-presidente Carlos Alberto para liberá-los no orçamento...

Hospital cobra R$ 2,4 mi da prefeitura

luiz carlos pereira 400 tce   O Instituto de Saúde Santa Rosa recorreu ao TCE, na esperança de encontrar respaldo para receber R$ 2,4 milhões da secretaria de Saúde da Capital. Argumenta que a prefeitura, com quem mantém contrato desde 2019, está inadimplente, pois não teria pago integralmente os...

Definido novo presidente do Sanear

hermes avila 400   O prefeito Zé do Pátio nomeou à presidência do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) o engenheiro Hermes Ávila de Castro (foto), que tende a se efetivar no cargo. Hermes ocupa a cadeira que, desde janeiro de 2017, pertencia à Terezinha Silva de Souza,...

Afilhado de Bezerra nomeado adjunto

clovis cardoso 400   O MDB, sob o cacique político Carlos Bezerra, "emplacou" mais um filiado histórico em cargo relevante na gestão Mauro Mendes. O advogado e ex-superintendente regional do Incra-MT, Clovis Figueiredo Cardoso (foto), foi indicado e já nomeado para o cargo de secretário-adjunto de Agricultura...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.