Últimas

Sexta-Feira, 06 de Junho de 2008, 13h:38 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

VÁRZEA GRANDE

Ato pró-Nico é marcado por repúdio a Maksuês


Nico Baracat, em discurso, ao lado do vice-governador Silval Barbosa e de sua mãe, Sarita Baracat
Foto: Delcio JB

  O lançamento da pré-candidatura de Nico Baracat a prefeito de Várzea Grande nesta sexta (6) foi uma espécie de repúdio ao acórdão firmado pelo PP e DEM, que resultou na desistência do deputado Maksuês Leite (PP) da disputa. O ato também serviu para oficializar a aliança entre PMDB e PT, que apoiavam Maksuês e, se sentiram indignados com a falta de compromisso do progressista em não prestar nenhum esclarecimento aos partidos que estavam dispostos a apoiá-lo. O deputado federal Carlos Abicalil (PT), por exemplo, criticou os Campos, para quem não fez nada por Várzea Grande.

   "Essa cidade (Várzea Grande) gerou uma família que chegou a governar o Estado e não trouxe nenhuma universidade para cá. Xô para esses camaradas", disse o dirigente petista ao declarar que o encontro era composto por insatisfeitos. Num discurso tão enfático quanto o de Abicalil, a vereadora Sarita Baracat (PMDB), mãe de Nico, disparou críticas a Maksuês, que, segundo ela, foi traidor ao se juntar a Júlio Campos (DEM). "Várzea Grande não merecia ser traída da forma que foi e, agora, apresentando essa candidatura (Júlio) que não é um desejo do povo".

   Sarita disse que previa que Maksuês não fosse capaz de derrotar os Campos. Lembrou ainda que foi procurada pelo progressista, antes da aliança, porém, ele (Maksuês) não lhe passou segurança. "Eu estava convicta de que ele desistiria dessa candidatura". Já o presidente municipal do PT, Lázaro Donizete, cotado para ser vice de Nico, classificou os Campos de tubarões. "Não adianta os tubarões acharem que vão  comprar tudo e todos". Diz ainda que ficou perplexo com a adesão do PP ao DEM, para quem não teve nenhuma justificativa plausível. "Eles não tiveram o mínimo de atenção com os partidos. Esse tipo de prática política tem que acabar".

    Por sua vez, o cacique da sigla peemedebista Carlos Bezerra, presidente regional da sigla, disse que se sente atraído por disputas desse naipe. Relembrou quando disputou a Prefeitura de Rondonópolis pela primeira vez. Para ele, Nico se viu na mesma situação em que ele nessa época: "encarou a disputa só para não dizer que foi comprado". O parlamentar enfatizou ainda que com essa composição (PT-PMDB) vai aumentar o tempo do horário eleitoral na TV. "Como teremos mais tempo na TV, vamos detonar".

   Traição

   Já Nico Baracat criticou a "falta de hombridade" de Maksuês. "Os partidos acreditavam numa pessoa e de uma hora para outra sem ter o mínimo de hombridade com as pessoas se aliou ao seu maior adversário e virou as costas para as outras pessoas". Ele foi um dos defensores de Maksuês, quando o progressista perdeu o programa de TV e culpou Júlio Campos por boicotá-lo. Disse que, caso seja eleito, sua prioridade será aumentar o PIB, para que Várzea Grande volte a ser a segunda economia do Estado, bem como melhorar o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do município. (Pollyana Araújo)

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • Marcelo Arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Nico Baracat não transmite credibilidade para a população porque apesar de dizer que rompeu com Murilo Domingos ainda tem muita gente sua em cargo de confiança e não tem o desapego para entregá-los. Portanto é uma candidatura sem postura ética e além disso ganha salários sem trabalhar e só sabe criticar. Nunca aprensentou nenhuma sugestão para melhorar a administração atual da qual faz parte.
    Mas como tudo em VG é possível está aí mais uma candidatua para o povo rufar o pau.

  • Rosinha araujo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Senhor Nico Baracate, assim como os campos, varzea grande também já te deu varias oportunidades de poder.. critica-los agora? deveria refletir que como filho de vg, como tu és, nada contribuiu para a melhoria desta cidade. Vc foi eleito vice prefeito, fugiu da raia e agora ainda quer voltar por cima?

  • ernani monteiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esses pronunciamentos dos peemedebistas de V.Grande,Nico Aposentadorias Baracat de Arruda, e sua mamãe Sarita, com reforço e apoio do velhaco Carlos Bezerra, por ocsião do lançamento dessa fracassada candidatura,significa desespero de causa,e algum acerto financeiro feito nas caladas da noite.Pois Carlos Bezerra,Nico Aposentadorias,acabaram de demostrar oque querem da politica, ao TRAIR o Wilson Santos e o PSDB Cuiabano, indo apoiar o empresário Mauro Mendes,do PR , porque o valoroso Wilson Santos, não deixou o PMDB gatunar a Sanecap. Voces tem limpar a boca para vir falar da familia Campos ,aqui em V.Grande, xô vendilhões do PMDB de Cuiabá, quanto custou a Bimetal e ao Governo do Estado esse apoio ao Mauro, vá cagar regra em Rondonopolis ,não aqui.

  • João Victor - Jd dos Estados | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Marcelo o despeitado, sempre fazendo acusações mentirosas, para puxar saco do seu chefe Murilo Dormindo, acorda macelo.

    Com a união das forças democraticas de Várzeagrande, PT e PMDB, que nunca se curvaram perante aos Campos, sempre lutando contra essa oligarguia, e que no Governo Federal junto com LULA trouxeram a esperança e dignidade ao povo brasileiro, com certeza o povo Várzeagrandense saberá no dia 05 de outubro mudar o caminho do seu futuro, com dias melhores para seus filhos, com educação, saude, saneamento, segurança, tanto carente em nossa cidade.

    Parabens PT e PMDB. Eu e minha familia estavamos preocupados em ter que votar em branco, (o que nunca fizemos), mas não dava para votar no atraso dos Campos e nem no Murilo Domindo( errar se erra só uma vez, persistir no erro é burrice . Não é Murilo? seu secretariado boa parte e apadrinhado dos Campos.


  • Anderson Baracat | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Os leitores do conceituado RDNews,podem até achar esquisito que alguém da propria familia,venhe expor o seu ponto de vista em pùblico. Mais volto a reiteirar esse Nico Baracat de Arruda, não vale um pequi roido, pois nunca trabalhou na vida, sempre viveu nas costa da sua mãe Sarita Baracat(que é trabalhadora e digna)pois foi vereador e nada fez no referido cargo, foi duas vezes nosso deputado estadual e não deixou nhenhum projeto de utilidade para a população de V.Grande e de Mato Grosso(por favor RDNews..faça um levantamento nos anais da Assembleia Legislativa ,parâ ver se não estou falando verdade),a não ser se aposentar com mais de l0 mil reais mensais aos 40 anos de idade, e agora como Vice Prefeito da cidade,recebe l0.600,00 mensais sem siquer comparecer na Prefeitura,ou visitar os bairros da nossa capital industrial que esta acabado com o execesso de buracos nas nossas ruas, e agora quer ser candidato a Prefeito, essa não...V.Grande não merece este castigo, seria o ultimo dos cidadões a merecer o meu voto. Talvez em Nova Brasilandia ou em Badgá no Iraque ele possa ser eleito, aqui jamais.

  • Sergio P Martins | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Não tenho nada a ver com Várzea Grande e seus candidatos à prefeito; mas esse Anderson Baracat, se é que existe mesmo, deveria se envergonhar de execrar um membro da sua própria família.

    Sinto muito senhor Anderson, mas sua atitude é reprovável do ponto de vista moral; imagino que alguém que tem a indecorosa coragem de se pronunciar publicamente difamando um membro da própria família, não é digno de respeito e confiança.

  • Claudia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É simplesmente lamentável atitude do Dep.Maksuês Leite, que parece muito satisfeito com o ACORDÃO, para quem foi pressionado, ele anda rindo muito, ou seja, muita grana rolou.
    O pior é que os puxa-saco dele afirma que ele dará a volta por cima. Pois acredite, deixo isso aqui por saber da credibilidade do site. Ele nunca mais ganha pra nada, não reelege deputado, o povo, o MT ficou decepcionado, ele deixou se levar por argumentos ultrapassados, o povo tem memória, hoje em dia não se esquece, Maksuês acabou com a carreira politica dele. Volta as origens. Uma pena. E os Campos vai perder o reinado pra sempre, pode apostar. Agora qualquer outro leva, voto de desespero. O povo cansou de palhaçada.

  • maria aparecida | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Realmente VG quer MAS È UMA MUDANÇA.VG QUER DR WALACE SERÁ QUE ESSES CACIQUES NÃO VÃO DEIXAR NUNCA.ENTÃO É NAO PARA JULINHO 2008 E NÃO PARA JAIME 2010.ELES SÓ CONCORREM Á UMA CANDIDATURA SOZINHOS.COMPRANDO TODOS E TUDO.SERÁ QUE MURILO E TONINHO TEM TANTO Á DEVER PARA ELES QUE NAÕ VAI CONCORREr?MAIS UMA VEZ PARECE QUE VÃO COMPRAR MAIS UMA CANDIDATURA. NULO NULO NUL

Beco do Candeeiro só abrirá em abril

Carlina 400   A secretária municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Carlina Jacob (foto), em visita ao Grupo Rdnews, revelou que a revitalização do Beco do  Candeeiro, que foi concluída em janeiro, será entregue à população em abril, nas comemorações dos 302 anos de...

Águas, expansão e investimentos

william figueiredo 400 aguas cuiaba curtinha   O diretor-geral da Águas Cuiabá, executivo William Figuereido (foto), disse, em visita à sede do Rdnews, quando aproveitou para conceder entrevista à tv web Rdtv, que a concessionária já distribui água para toda Cuiabá e que, em quase quatro anos...

Creci combate empresas irregulares

benedito odario 400 curtinha   O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado, Benedito Odário (foto), aproveitou a operação desenvolvida na quinta, com apoio da Polícia Civil e da Decon, para enfatizar que não dará trégua àquelas empresas que, irregularmente,...

Cuiabá paga fevereiro aos servidores

emanuel pinheiro 400   A Prefeitura de Cuiabá quitou nesta sexta (26), último dia útil do mês, a folha de fevereiro. Desde quando assumiu o Palácio Alencastro, em janeiro de 2017, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) tem conseguido pagar o funcionalismo dentro do mês trabalhado. Aliás, essa prioridade,...

3 deputados sob certa cordialidade

janaina riva 400 curtinha   Max Russi, Eduardo Botelho e Janaina Riva (foto), que mandam na Assembleia, demonstram entre eles um certo clima de cordialidade, mas chegaram a entrar em queda-de-braço até fechar um novo acordo político sobre a Mesa Diretora. Com a decisão do Supremo de veto a Botelho no comando do...

Expediente na AL só a partir do dia 8

max russi 400   Por causa do aumento da taxa de incidência de Covid-19 entre servidores e parlamentares, as atividades presenciais da Assembleia foram suspensas na quinta (25). O expediente só retoma em 8 de março. Neste período, estão sendo mantidas somente as atividades estritamente essenciais para o...