Últimas

Quarta-Feira, 14 de Fevereiro de 2007, 08h:30 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Artigo

Aulas de iniciativa

   O jornalista Kleber Lima considera que o seminário realizado em Sinop na última sexta impressionou pelo número de adesão dos líderes políticos e empresariais, dispostos a encontrar solução rumo ao desenvolvimento da região. Confira artigo abaixo.

   O seminário realizado em Sinop na última sexta-feira pela Assembléia Legislativa, reunindo os 41 municípios do Nortão, praticamente todo o governo estadual e representantes das bancadas federal e estadual de Mato Grosso, representa um marco na união institucional em busca do bem comum.
   Foi impressionante o nível de adesão dos líderes políticos e empresariais da região (ao menos 1.500 pessoas participaram do seminário). E não foi só número. A qualidade da participação precisa ser ressaltada, bem como a atenção depositada por cada assistente. Das 14h às 19h da última sexta-feira, praticamente não se ouvia som no plenário improvisado do Sesi de Sinop, a não ser as vozes dos palestrantes. A platéia permaneceu sentada e atenta a cada palavra, a cada gesto, reagindo com a cabeça em sinal de aprovação ou reprovação.
   Houve poucos aplausos. Isso, no entanto, não significa reprovação. Significa que quem foi ao seminário, e mesmo quem o realizou, não buscava um ato político, pura e simplesmente. A intenção, levada a efeito na prática, era debater problemas, dificuldades, e sinalizar com soluções.
   É uma demonstração clara que a sociedade ainda se dispõe a envolver-se com política, desde que consiga acreditar nas iniciativas de seus líderes.
   A situação no Nortão é realmente muito grave. Um pólo de desenvolvimento econômico de Mato Grosso em tempos recentes, uma ilha de prosperidade, de repente viu seus sonhos se desmoronarem feito castelo de cartas abalado pela brisa mansa da manhã.
   A crise da região, contudo, é estrutural, por isso todos lá têm consciência de que meias medidas ou medidas paliativas não a resolverão. Talvez por isso ninguém tenha ido lá em busca de aplauso ou para aplaudir.
   As soluções para o Nortão passam por mexidas estruturais, macro-econômicas, como um novo modelo de desenvolvimento sustentado na diversificação da economia. O papel do Estado, entendido aqui como a reunião dos poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, nos três níveis, é o de auxiliar e induzir essa missão. Algumas mudanças na legislação, sobretudo na ambiental, se farão necessárias. Algumas ações com base na legislação atual também. E investimentos em infra-estrutura são fundamentais.
    O sentimento de quem participou do seminário de Sinop é de que há saídas. A principal demonstração disso é o próprio seminário. Porque tanta gente pensando ao mesmo tempo sobre os mesmos problemas, injetando sua energia no mesmo sentido e direção, certamente haverá de gerar bons resultados.
   O seminário do Nortão é um exemplo e um modelo para outras regiões de Mato Grosso. Talvez nenhuma delas tenha vivido essa gangorra de desenvolvimento, pelo menos de forma tão abrupta. Mas, as desigualdades regionais de Mato Grosso são bastante acentuadas, provocando contrastes muito fortes internamente, e na relação umas com as outras. Sul, Baixada Cuiabana, Oeste, Araguaia, todas têm também suas dificuldades, que demandam soluções apropriadas e particularizadas.
  Mas, o primeiro passo sem dúvida é a mobilização local e a articulação regional, estadual e nacional. Nesse aspecto, o encontro de Sinop deu uma grande aula de iniciativa para Mato Grosso.


KLEBER LIMA é jornalista, especialista em marketing e consultor de Comunicação e Política (kleberlima@terra.com.br)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

3 deputados sob certa cordialidade

janaina riva 400 curtinha   Max Russi, Eduardo Botelho e Janaina Riva (foto), que mandam na Assembleia, demonstram entre eles um certo clima de cordialidade, mas chegaram a entrar em queda-de-braço até fechar um novo acordo político sobre a Mesa Diretora. Com a decisão do Supremo de veto a Botelho no comando do...

Expediente na AL só a partir do dia 8

max russi 400   Por causa do aumento da taxa de incidência de Covid-19 entre servidores e parlamentares, as atividades presenciais da Assembleia foram suspensas na quinta (25). O expediente só retoma em 8 de março. Neste período, estão sendo mantidas somente as atividades estritamente essenciais para o...

Estado paga os servidores nesta 6ª

mauro mendes 400 curtinha   Servidores do Estado recebem salário de fevereiro hoje, dentro do mês trabalho. É a sexta vez seguida que o governador Mauro Mendes consegue pagar a folha dos ativos, inativos e pensionistas antes da virada do mês, depois de promover reformas, redução da máquina e...

Sistema de saúde sob colapso em ROO

Em Rondonópolis, cidade-polo da região Sul, que abrange 17 municípios, não há mais leitos de UTI para socorrer pacientes em quadro grave de Covid-19. Todos os 30 do hospital Santa Casa estão ocupados, inclusive um leito de UTI reservado para atender outros casos, acabou destinado para paciente com o novo coronavírus. Há 10 leitos de UTI no Hospital Regional e todos também estão lotados. Várias pessoas em...

Deputado, Mesa da AL e incoerência

claudinei 400   Claudinei Lopes (foto), delegado de polícia que, na onda Bolsonaro, se elegeu deputado pelo PSL, em 2018, se mostra cada vez mais incoerente. É daqueles que gostam de levantar polêmicas e críticas, mas sem consistência. Ele se manifestou, por exemplo, contra a reeleição à Mesa...

Dilmar ensaia disputa para federal

dilmar dal bosco 400   Todos os deputados estaduais querem buscar a reeleição, com exceção de Dilmar Dal Bosco (foto), que está no terceiro mandato. Integrante da nova Mesa Diretora da Assembleia, como primeiro-vice-presidente, e líder do Governo Mauro, Dilmar não esconde o desejo de disputar cadeira...