Últimas

Segunda-Feira, 30 de Julho de 2007, 16h:30 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:16

VARIEDADES

Aurelino Levi será novo presidente do Corecon

    Os economistas chegaram a um consenso nesta segunda (30) e fecharam chapa única para a presidência do Corecon-MT com vistas ao biênio 2008/2009. O técnico do IBGE, Aurelino Levi, será o novo presidente da entidade, que congrega cerca de 2,5 mil profissionais. A economista Silvina Cruz chegou a ensaiar uma chapa e, diante das dificuldades de aglutinação, recuou. A eleição acontece em 24 de outubro.

    Aurelino Levi vai suceder o atual presidente do Conselho Regional de Economia, Pedro Calmon, o Pepeu, que comanda a Agência de Desenvolvimento da Amazônia (ADA). A futura diretoria apresenta nomes conhecidos na vida pública, entre eles do próprio Pepeu e de Agripino Bonilha, ex-secretários de Estado. Também comporão a equipe Reginaldo Amorim, ex-secretário de Planejamento, Orçamento e Gestão da Prefeitura de Cuiabá, no início da gestão Wilson Santos, e os secretários municipais José Braga, em Várzea Grande, e Fábio Cardoso, em Rondonópolis.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Amado Amador | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Infelizmente, desde os anos 70, em qualquer estado brasileiro, tal conselho sempre passou uma única imagem: pelega. Não é por outro motivo que o Conselho é chamado para resolver questões sociais relevantes, como recentemente aconteceu em Cuiabá, em que o CRC apontava superfaturamento no transporte público e o Corecon apontou justamente o contrário, que as passagens estavam muito baixas. Com esta nota vemos o que o tal Conselho é, um amontoado de agentes políticos. Em tempo, não questiono os nomes dos profissionais.

  • PAULO HENRIQUE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Sempre as mesmas pessoas. De oportunidade as novas liderancas. Mudancas logo.

  • bruno carlos de arruda | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Concordo com Paulo Henrique, essa turma o que tinha que dá, já deu, ou sei lá, não vão dar nunca. Coincidentemente a maior parte ligados políticamente ao prefeito ou psdb. Assim fica difícil mudar alguma coisa.

Comitê chama órgãos fiscalizadores

emanuel pinheiro 400 curtinha   Para colocar fim às críticas sobre suposta falta de transparência na aplicação dos recursos transferidos a Cuiabá pelo governo federal com vistas ao enfrentamento à pandemia, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) determinou que seu secretário de Saúde, Luiz...

PT sob risco de não eleger ninguém

marcos viana 400 curtinha   Mesmo tendo cabeça de chapa para prefeito, no caso o ex-juiz federal Julier Sebastião da Silva, o PT dificilmente elege um vereador em Cuiabá no pleito deste ano. A chapa de pré-candidatos proporcionais é fraquíssima. O "grande" nome do partido é da professora Edna...

Único da família Oliveira pra vereador

luluca 400 curtinha   Na queda-de-braço entre irmãos, venceu, por enquanto, Luiz Arthur Oliveira Ribeiro, o Luluca (foto), que será candidato a vereador pelo MDB em Cuiabá, carregando o espólio político da família Oliveira. Irmão de Luluca, o ex-vereador Leonardo Oliveira, que procurou e...

2 nomes do DEM avaliam desistência

ivan evangelista 400 curtinha   A chapa de pré-candidatos do DEM a vereador pela Capital corre risco de sofrer duas baixas consideráveis. Os ex-vereadores Ivan Evangelista (foto), que atuou na Câmara por 13 anos, e Leonardo Oliveira, por dois mandatos, podem vir a desistir do teste das urnas. Mas, por enqanto, ambos garantem...

Sexto suplente na Câmara por um mês

aluizio leite 400 curtinha   Aluízio Leite (foto), filiado histórico do PV, tomou posse como vereador pela Capital na último dia 2. Mas vai ficar na cadeira por somente 31 dias, até o retorno do titular, delegado Marcos Veloso, que se afastou para cuidar de assuntos pessoais e hoje se encontra hospitalizado com...

No TCE pra tentar receber da prefeitura

flavia mesquita 400 curtinha   Flávia Mesquita (foto), da Luppa Administração de Serviços, pediu socorro ao TCE para tentar receber por serviços prestados à secretaria de Saúde de Cuiabá, alegando que o município está inadimplente há oito meses. E apontou quebra da ordem...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.