Últimas

Segunda-Feira, 17 de Março de 2008, 10h:10 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

CULTURA

Auto da Paixão custa quase R$ 500 mil ao Estado

   Os três dias do evento "Auto da Paixão de Cristo", realizado no ginásio Aecim Tocantins no último final de semana, na Capital, custou R$ 497,3 mil ao governo do Estado. O montante foi dividido em quatro contratos. Todos destinados a um só fim: dar suporte técnico ao evento que contou com a presença do ator da Rede Globo, Carlos Casa Grande. O "cachê" foi liberado pelo novo secretário estadual de Cultura, Paulo Pitaluga, aos organizadores. Para a promoção do espetáculo foi montada uma "big" estrutura, com nove cenários com vistas a reconstituir a paixão e morte de Jesus Cristo.

   Os termos foram separados em quatro, um deles de R$ 67 mil destinado ao projeto "Feliz Páscoa". A realização teve o aval do Conselho Estadual e Cultura. O gasto mais alto foi para o projeto o "Auto da Paixão II", que custou R$ 149,6 mil, enquanto o termo firmado entre Pitaluga e o empresário Clean Roque Orben, um dos organizadores, custou R$ 137,4 mil ao erário. Para a encenação "Via Sacra", foram liberados R$ 143,9 mil pagos a Kllaus César Souza.

    Foram disponibilizadas cerca de 5 mil poltronas e ainda um parque de diversão com vários brinquedos infantis. Animais, como cavalos, inovaram o evento. No ano passado, a atração do espetáculo foi o ator Luciano Szafir, que fez o papel de Jesus. (Pollyana Araújo)


Carlos Casa Grande, principal atração do evento, que...


...contou com a presença da primeira-dama Terezinha e do governador Blairo Maggi
Fotos: Marcos Negrini

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Joana | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Enquanto isto, nos bastidores da cultura????

  • Leocadio Melo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ué! Até onde eu sei, a lei 8.666/97, que regulamenta as licitaçòes no Brasil, proibe a fragmentação de despesas, ou seja: fazer vários contratos para contratar serviços para um mesmo objetivo.

    A matéria não fala, mas a única alternativa para se ter vários contratos para contratar serviços para um mesmo objetivo é fazer a licitação coom o valor global, mas dividido em lotes.

    Fica aqui a dúvida sobre o procedimento licitatório utilizado. Se as contratações foram feitas forma isoladas, no caso uma licitação para cada contrato, todo o processo é irreglar, ilegal.

Efeito-Covid adia vinda de Michelle

michelle bolsonaro A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, e a secretária da Mulher, Luciana Zamproni, resolveram transferir para abril a agenda de 11 de março que teria como convidada a secretária nacional de Mulheres, do Ministério dos Direitos Humanos, Cristiane Britto e a primeira-dama do Brasil Michelle...

Governador entre a cruz e a espada

mauro mendes curtinha   Às vésperas da pandemia completar 1 ano em MT, o Estado vive o seu pior momento e o governador Mauro Mendes (foto) enfrenta uma verdadeira prova de fogo: liderar ações coordenadas em todo o território mato-grossense para evitar que o Estado viva cenas parecidas com as de Manaus e de Estados...

Câmara volta a realizar 2 sessões

juca 400 curtinha   A Câmara de Cuiabá, sob a presidência do vereador Juca do Guaraná Filho (foto), volta a realizar duas sessões semanais, nas terças e quintas. Por conta da pandemia, as sessões serão remotas. A resolução foi aprovada por unanimidade pelos parlamentares que vinham...

Coronel linha dura morre ao 91 anos

Coronel Abid 400   Morreu   em Campo Grande (MS), aos 91 anos,  o coronel da PM aposentado Adib Massad (foto), considerado  um dos principais nomes  da Segurança Pública de Mato Grosso na década de 1970. À época, ainda com a patente de  tenente, foi comandante regional...

Mauro e vitórias na briga de decretos

orlando perri 400 curtinha   A estratégia do governador Mauro Mendes de articular com os Poderes a edição do decreto de toque de recolher vem dando frutos. O governo publicou decreto impondo toque de recolher das 21h às 5h, com fechamento do comércio às 19h. O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro,...

Prefeito é intubado e pode ir para SP

Prefeito de Tapurah Carlos Alberto Capeletti   É grave o quadro de saúde do prefeito de Tapurah (432 km de Cuiabá), Carlos Alberto Capeletti (PSD). Após piora, ele precisou ser intubado nesta quinta (4). Foi internado na terça (2), após testar positivo para Covid-19, em uma UTI no Hospital 13 de Maio, em...