Últimas

Sexta-Feira, 13 de Abril de 2007, 07h:11 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

LEGISLATIVO

Avalone fica no muro; governo vira unanimidade

   O empresário e deputado Carlos Avalone que, em tese, deveria ecoar a voz da oposição na Assembléia, já está em cima do muro e caminha para a base governista. Há um mês, ele assumiu a vaga do colega tucano Guilherme Maluf, hoje secretário de Saúde de Cuiabá. Dos atuais 24 deputados, Avalone era o mais ligado ao ex-governador Dante de Oliveira (já falecido), que fazia oposição à administração Blairo Maggi (PR).

   Sobre os ombros do novo deputado, havia esperança dos poucos militantes tucanos que restaram no sentido de liderar uma oposição firme e consistente ao Palácio Paiaguás. Esse era, inclusive, o desejo de Dante, de quem Avalone era intimamente ligado. Dante chegou a dizer para o seu ex-secretário de Indústria, Comércio e Mineração por oito anos que, caso este viesse a assumir vaga na Assembléia, marcasse posição, fazendo contraponto ao governo Maggi. Sugeriu cobranças de promessas de campanha que estão sendo ignoradas como, por exemplo, de redução da carga tributária, de mais projetos à área social e de reforma administrativa.

   Avalone garantiu a primeira suplência do PSDB no ano passado ao alcançar 13.857 votos. Ele não seguiu a orientação do ex-governador, se vê no "muro" e, ultimamente, mais elogia do que critica o governo Maggi. Na opinião dos demais parlamentares, o suplente que virou deputado até já pode ser considerado da base do Palácio Paiaguás.

   Dessa forma, o governo Maggi consegue praticamente unanimidade na Assembléia. No primeiro mandato, o PT ainda fazia oposição com Vera Araújo. Agora, sob pretexto de haver um entendimento em nível nacional entre Maggi e o presidente Lula, os deputados petistas Ságuas Moraes e Ademir Brunetto assumiram papel de governistas.

  A bancada do Democrata (ex-PFL) ensaia oposição, mas por interesse político-eleitoral, já que seu líder, o ex-senador Jaime Campos é pré-candidato a governador em 2010. Alguns deputados, como os peemedebistas Zé do Pátio e Adalto de Freitas, o Daltinho, o socialista Percival Muniz e o pedetista Otaviano Pivetta fazem algumas cobranças pontuais, mas não assumem papel de oposição.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Flávio Azevedo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É desanimador ver como atua a nossa Assembléia Legislativa ante o Governo Maggi.

    O Percival é quem tem razão. Aquela Assembléia somente está lá, para homologar os atos do Governador, para dizer: sim senhor!

    O fato do Avalone ter bandeado-se para a turma que estende o tapete do Governador é deprimente.

    E o PSDB? Ao PSDB cabe cobrar uma postura firme e atuante de seus representantes, deliberando em reunião, como deverá ser a atuação dos mesmos, conforme estabelece seu estatuto.

    Não se esqueça do recente entendimento do TSE. Os mandatos pertecem ao Partido Político. Portanto, a atuação parlamentar deve ser um retrato do posicionamento do partido. Os parlamentares devem seguir as orientações partidárias, pois do contrário, estarão sujeitos às penalidades previstas no estatuto.

    Ou será que o posicionamento do PSDB em relação ao governo Maggi é o que os seus deputados estão tendo? DE SUBMISSÃO!

  • eduardo cavalcante | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Seria uma vergonha para o Deputado Carlos Avalone fazer parte da base governista.

    Há oito anos atras, o pessedebista vivia na "cola" de nosso finado ex governador, agora vai cair no esquecimento todo seu aprendizado como militante no PSDB??

    Isto seria uma verdadeira "apunhalada nas costas" aos companheiros militantes.. cade sua honra Deputado??

    Mais uma vez cai no esquecimento a famosa FIDELIDADE PARTIDÁRIA, é uma pena pois quem sofre é a sociedade.

  • Dep. Carlos Avalone | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É uma pena que o jornalista não esteja acompanhando as sessoes da Assembéia Legislativa. Tenho me pronunciado em varios temas importantes para o estado tais como: o setor ambiental, pedindo explicações sobre o Bid Pantanal e o motivo pelo qual o governo Estadual e Federal deixaram de executar tão importante projeto. Saúde, solicitando informações sobre o Hospital Metropolitano de Varzea Grande e o Hospital Central de Cuiabá. Educação, repercutindo a pesquisa da Fundação Getulio Vargas mostrando o Mato Grosso nas três ultimas colocações em evasão escolar e ausência de jovens de 15 a 18 anos em sala de aula em numeros compativeis com outros Estados. Incentivo Fiscais, sugerindo ao governo implantação de projeto de apoio a instalção de usinas de alcool e açucar principalmente na região de Paranatinga e todo Araguai como forma de colocar a região do Araguaia no precesso de desenvolvimento do Estado.
    Todos esses pontos tanto eu quanto o ex-governador Dante de Oiveira e o PSDB sempre defendemos e na Assembléia me colocarei sempre defendendo estes e diversos outros ideais do ex-governador,nosso e do PSDB!
    Obrigado pela atenção.

Vereadores de ROO e trocas de siglas

fabio cardozo 400 curtinha   Em Rondonópolis, praticamente a metade dos vereadores está aproveitando a janela, que se encerra neste sábado, para mudar de partido, e já com as atenções voltadas à reeleição. E, com a dança das cadeiras, o Solidariedade do prefeito Zé do...

Podemos absorve a turma do barulho

O Podemos conseguiu juntar no seu diretório em Cuiabá a turma do barulho. Dela fazem parte dois com mandatos cassados, Abílio Júnior, que perdeu a cadeira de vereador por quebra de decoro, e a senadora Selma Arruda, cassada por caixa 2 e abuso de poder econômico, mas que ainda continua no cargo. Selma impôs condições para seguir no partido. Chegou a negociar ida para o PSC. E ganhou a presidência municipal do Pode, forçando o...

Secretário, furtos e a incompetência

rodrigo metello 400 curtinha   O secretário de Transporte e Trânsito de Rondonópolis, Rodrigo Metello (foto), filiado ao MDB e pré-candidato a vereador, corre risco de ser acionado na Justiça por centenas de pessoas que tiveram motocicletas apreendidas e que depois acabaram furtadas do Pátio Rondon. O local...

Vereador na base e críticas a Leonardo

leonardo 400 curtinha   Chico 2000, vereador pela Capital, assegura que não procede a informação de que o seu Partido Liberal irá romper com o prefeito Emanuel, não o apoiando à reeleição. Segundo ele, foi Leonardo Oliveira (foto), que participou na quarta de uma reunião do...

Embates sobre a cadeira da discórdia

selma arruda curtinha 400   A cadeira da senadora Selma Arruda (foto), que está cassada há um ano mas, mesmo assim, continua no cargo, vem dividindo opinião de vários líderes políticos, uns torcendo logo para a Mesa do Senado decretar a vacância para Carlos Fávaro assumir a vaga, outros...

PL avisa Chico que não apoiará EP

chico 2000 curtinha   O vereador Chico 2000 (foto), único do PL na Câmara de Cuiabá e governista de carteirinha, se mostrou  desconfortável politicamente quando foi informado nesta quinta que a legenda liberal não vai apoiar a reeleição do prefeito Emanuel, do MDB. O partido é comandado no...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.