Últimas

Sexta-Feira, 04 de Maio de 2007, 10h:02 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Artigo

Balas, anos e vidas perdidas

 

     O site Contas Abertas desencavou ontem estudo do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) que mostra que, só no ano de 2001, as mortes causadas pela violência nas suas diversas formas causaram perdas em valor equivalente a R$ 20,1 bilhões à economia brasileira.
    Reproduzo dados essenciais do texto de Mariana Braga para o Contas Abertas: "Para ter uma idéia do prejuízo anual gerado pela violência, o custo resultante das mortes em 2001 é quase quatro vezes maior do que a totalidade dos gastos globais, no ano passado, do Ministério da Justiça, responsável por parte das políticas nacionais de segurança. Os óbitos registrados resultaram em um total de 4,96 milhões de anos de vida perdidos".
    Só as mortes por homicídio geraram um prejuízo de R$ 9,1 bilhões em termos de perda de produtividade humana. O valor supera, sempre segundo o "site, o orçamento deste ano do Ministério da Integração Nacional.
    Sei que pode parecer brutal transformar vidas humanas em moeda, mas talvez seja a única maneira de realmente provocar algum choque em uma sociedade anestesiada, assim como os governos (estaduais, municipais e federal).
   Não por acaso, o site G1, das Organizações Globo, recolhe declarações de mais uma vítima de bala perdida no Rio de Janeiro, a universitária e adestradora de cães Renata Ramires Miranda, 32 anos, atingida por um estilhaço na perna esquerda na noite de quarta-feira, na faculdade Estácio de Sá.
   Diz Renata: "Ninguém se assusta mais com os disparos. Eu e meus colegas já consideramos normal ouvir barulho de tiros durante as aulas".
   Se balas perdidas e vidas igualmente perdidas já entraram para a, digamos, normalidade, quem sabe colocando preço nelas alguém resolva se mexer.

Clóvis Rossi - crossi@uol.com.br

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Recuo do DEM e agora no Republicano

gabriel guilherme 400 curtinha   O DEM terá de excluir da lista de pré-candidatos a vereador pela Capital o nome do jovem Gabriel Guilherme (foto), de 22 anos. Ele optou por se filiar ao Republicano. Lotado na Assembleia como assistente da Secretaria de Orçamento e Finanças e filho do ortopedista Paulo Fonseca...

Galvan vai deixar PDT e ir pra o PRTB

antonio galvan 400 curtinha   Embora não tenha perdido de vistas o Aliança pelo Brasil, partido que está sendo criado por Bolsonaro, Antonio Galvan (foto), presidente da Aprosoja e que acabou levado à frigideira dentro do PDT em meio ao embate por tentativa de candidatura ao Senado, se mostra disposto a ingressar no...

"Pátio igual gato, comendo e miando"

jose medeiros 400 curtinha   O deputado José Medeiros (Podemos), vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara, disse que o prefeito Zé do Pátio, de Rondonópolis, está parecendo gato, comendo e miando, pois recebe recursos federais, inclusive de programas habitacionais e, mesmo assim, ainda alardeia nos...

Adair lançará ex-vice em Alto Paraguai

adair 400 curtinha   O ex-prefeito de Alto Paraguai, advogado emedebista Adair José Alves Moreira (foto), não vai disputar novamente, apesar da insistência do seu grupo. A tendência é de apoiar o seu ex-vice Luiz Figueiredo, com quem administrou a cidade de 2013 a 2016. Luiz também é do MDB e...

Deputado bolsonarista critica prefeito

claudinei deputado curtinha 400   O deputado Claudinei Lopes (foto), morador em Rondonópolis, ficou na bronca com o discurso populista do prefeito Zé do Pátio, para quem o povo nordestino votou em massa no PT e que não tem conseguido construir mais casas populares porque, diferente dos governos petistas, o presidente...

Sem Senado e tudo pela Mesa da AL

max russi curtinha 400   Presidente regional do PSB-MT, o deputado Max Russi (foto) tem participado das discussões para definição de candidaturas ao Senado, na suplementar de abril, mas não mais como pré-candidato. Seu desafio é outro. A prioridade é a busca da reeleição como...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.