Últimas

Terça-Feira, 08 de Janeiro de 2008, 18h:30 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

VÁRZEA GRANDE

Baracat ataca Murilo por aliança com os Campos


Murilo Domingos e Nico Baracat, com Toninho Domingos ao fundo, comemoram a vitória de 2004; o "namoro" durou pouco e hoje prefeito e vice estão rompidos politicamente

  O vice-prefeito de Várzea Grande, Nico Baracat (PMDB), revidou aos ataques do prefeito Murilo Domingos (PR). Desta vez, o peemedebista emitiu uma nota, em que rebate as acusações do secretário de Governo, Garcez Toledo Pizza, que o acusou de marajá por receber R$ 10 mil mensais como vice e não trabalhar para o município - leia aqui. "Se hoje não atuo na prefeitura é porque o prefeito fechou as portas para os aliados da campanha e as escancarou para os Campos", criticou o vice-prefeito, se referindo à aproximação do prefeito com a família Campos dos irmãos e caciques políticos Júlio e Jaime Campos.

   Baracat dispara sua metralhadora verbal e acusa Murilo de omissão, já que quem dita as ordens na prefeitura, segundo ele, é o irmão do prefeito, empresário Toninho Domingos e os Campos.  "Quem deve explicações à sociedade é ele (Murilo), que traiu os eleitores que nos elegeram derrotando os Campos em 2004". Lembra que, quando decidiu romper com o prefeito, anunciou à população por meio da imprensa. "Se o Murilo não tomou conhecimento, é porque de fato deveria estar dormindo, enquanto seu irmão (Toninho) administrava a cidade". Frisa que, a  única conclusão que chega é que, "além de estelionatário eleitoral, o prefeito também é dissimulado".
 
  Baracat rasga o verbo e diz que rompeu com a gestão Murilo porque o prefeito cometeu um estelionato eleitoral, ao se esquecer da Agenda 23 e se aproximar dos Campos novamente. "Fomos eleitos como uma alternativa da oposição para resgatar o desenvolvimento de Várzea Grande. Mas o prefeito preferiu trair o povo e trazer os Campos para dentro da administração", destaca, ao criticar a atitude do prefeito em nomear Garcez na pasta de Governo e ainda continuar com Arilson Arruda, do DEM, na Saúde.

   Faz questão de citar outros nomes do DEM que também fazem parte do staff de Murilo, como
o secretário de Obras, Fernando Sé, o coronel Nelson, que comanda a SMTU e Isaac Abraão Nassarden, recém-empossado na Educação. Opositor ferrenho, Baracat diz que a base do prefeito na Câmara é formada por parlamentares do DEM e do PP. "Eles (vereadores) aprovaram as contas do Murilo mesmo com uma centena de irregularidades apontadas pelo Tribunal de Contas, que as reprovou", enfatiza.

  Para Nico Baracat, "Murilo tomou uma bola nas costas ao se aliar aos Campos", e agora está procurando justificativas para seu "fracasso político". "Ele (Murilo) abriu a prefeitura para eles (família Campos), que o congelaram e agora lançam dois candidatos para a sua sucessão". (Pollyana Araújo)

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • marcos antonio de moraes | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    eu nao votei nas contas do murilo ,mas a vereadora do pmdb se abesteve de votar ou estou enganado,agora que quem dita as regras nessa adm e o dem isso e uma grande verdade e com isso oque poderia ser a vitoria da oposiçao nas urnas representou a mesmice da antiga adm de jc

  • Marcos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Gostaria que o Ver. Marcos Boró dissesse se votou contra as contas do prefeito, absteve-se ou não compareceu naquela sessão realizada lá no Bairro Sào Mateus na calada noite articulada para aprovar as contas do Sr. Prefeito.
    Aproveite a oportunidade e divulgue quem votou a favor e contra as VG saber em quem não deverá votar nas proximas eleições.

2 suplentes já estreiam em Cuiabá

alex rodrigues 400   Com menos de quatro meses de mandato, dois dos 25 vereadores cuiabanos reeleitos no ano passado já pediram licença para abrir espaço a suplentes. Diego Guimarães (Cidadania) se afastou por 30 dias. Em sua cadeira está Maysa Leão, do mesmo partido. Marcrean Santos (PP) pediu afastamento...

Governista 2 e o desafio da reeleição

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto), que conseguiu retornar à Assembleia "sangrando" nas urnas de 2018, impactado pelo desgaste pela defesa intransigente do Governo Pedro Taques, se prepara para atravessar outro purgatório no próximo ano, em busca de mais um mandato. O deputado tucano carrega desgaste...

Nobres chora a morte de ex-prefeito

flavio dalmolin 400   A pequena e turística Nobres, de 16 mil habitantes, parou neste Feriado de Tiradentes em comoção pela morte, por Covid-19, do ex-prefeito Flávio Dalmolin (foto). Um cortejo percorreu ruas e avenidas, parou em frente ao estádio municipal Balizão e à prefeitura, onde...

Derrotado ensaia disputa ao Governo

reinaldo morais 400 curtinha   O empresário Reinaldo Morais (foto), o rei dos porcos, está disposto a gastar mais uns milhões com nova candidatura majoritária, agora para governador. No ano passado, concorreu ao Senado e obteve votação decepcionante. Foi o penúltimo colocado numa corrida com 11...

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....