Últimas

Segunda-Feira, 15 de Janeiro de 2007, 08h:58 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

LEGISLATIVO

Bezerra diz possuir aeronave de R$ 60 mil

     O deputado federal eleito Carlos Bezerra, presidente regional do PMDB pela sétima vez, declara possuir uma aeronave e uma fazenda em Dom Aquino. Ele resumiu seu patrimônio oficial em 12 itens, totalizadno R$ 18,4 milhões.

     As declarações foram entregues à Justiça Eleitoral. O que chama atenção são os valores dos bens, quase todos desatualizados. O avião, por exemplo, aparece avaliado em R$ 60 mil. Uma área de 4,6 mil hectares que o cacique peemedebista diz possuir em Paranatinga aparece com valor inferior a R$ 3 mil. Já um apartamento no centro de Cuiabá foi avaliado em R$ 15 milhões. Em 2002, quando concorreu ao Senado, esse mesmo apartamento foi declarado em R$ 1,5 milhão. Pode ter havido erro de digitação.

   Bezerra foi prefeito de Rondonópolis por dois mandatos, deputado estadual, federal, governador e senador. No próximo mês ele toma posse para quatro anos de mandato na Câmara Federal, após amargar duas derrotas seguidas (em 1998 e 2002, todas como candidato ao Senado). Desta vez, conquistou 75.215 votos e está entre os oito federais mato-grossenses.

   Depois de Homero Pereira, o RDNews disponibiliza, a seguir, os bens declarados por Carlos Bezerra.

01) Brasilcap Capitalização S/A – R$ 302,76

02) Um terreno na Vila Lourdes, em Rondonópolis – R$ 693,96

03) Conta HSBC – Bank Brasil S/A título de capitalização – R$ 1 mil

04) Posse de 4,6 mil ha de terra em Paranatinga – R$ 2.775,88

05) 40% de quotas da empresa Locamar Serviços Ltda e 40% de quotas em nome da esposa – R$ 16 mil

06) Aeronave prefixo PT-JVM, Beech Aircraft – R$ 60 mil

07) Uma casa residencial no lote-9, quadra-41, na Vila Aurora, em Rondonópolis – R$ 111 mil

08) Crédito para adiantamento futuro aumento capital social para São Carlos Agropecuária Ltda – R$ 400 mil

09) Fazenda São Carlos, com 1,9 mil ha, em Dom Aquino – R$ 555 mil

10) Crédito para adiantamento futuro de aumento de capital social – R$ 771,6 mil

11) 99% das cotas da São Carlos Agropecuária Ltda – R$ 1.184,900,00

12) Um apartamento no edifício Fontana Di Trevi, na rua presidente Marques, em Cuiabá – R$ 15.327.673,00

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Ex-vereador abandona rei dos porcos

fernando morais 400 curtinha   Mesmo impedido de ser candidato, já que está inelegível por oito anos, o ex-vereador pela Capital Abílio Júnior segue se articulando politicamente, deixou o PSC e se filiou ao Podemos. Acabou dando de ombros para o empresário Fernando Morais (foto), o "rei dos porcos",...

Temor e negociação com 3 partidos

wilson kero-kero 400 curtinha   Depois de ajudar na articulação para se filiar ao Podemos o colega vereador Dilemário Alencar, que estava "fritado" e sem espaço no Pros e procurou abrigo em outra legenda, Wilson Kero-Kero (foto) está agora com receio de migrar para o partido da senadora cassada Selma Arruda e do...

Agora no DEM e foco à saúde pública

gilberto figueiredo 400 curtinha   Gilberto Figueiredo (foto), vereador licenciado da Capital e secretário de Estado de Saúde, aproveitou a janela - data limite de filiação até sábado (4) para quem quiser ser candidato em outubro -, e ingressou no DEM. Agora, o partido do governador Mauro, até...

Ação de promotor e volta de restrições

Adalberto Ferreira   O promotor de Justiça Adalberto Ferreira garante que prefeito de Juscimeira Moisés dos Santos não havia editado nenhum decreto endurecendo as regras de restrições à pandemia do coronavírus antes do MPE propor ação na Justiça. Ao falar sobre nota publicada...

Oséas agora está nas mãos de Abílio

oseas machado 400 curtinha   Oséas Machado (foto) conseguiu derrubar Abílio Júnior, a quem denunciou por quebra de decoro parlamentar, e assumiu a cadeira deste na Câmara da Capital. Agora, o cassado se articula para dar o troco. O problema é que ambos estão no PSC. Oséas quer buscar a...

Decreto "anula" o MPE em Juscimeira

moises 400 juscimeira curtinha   Em Juscimeira, o promotor de Justiça Adalberto Ferreira recorreu à Justiça de forma desnecessária. Pleiteou e conseguiu uma liminar para suspender um decreto do prefeito Moisés dos Santos que, segundo a ação, havia reduzido as medidas de isolamento social, permitindo...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.