Últimas

Quarta-Feira, 02 de Maio de 2007, 08h:23 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

LEGISLATIVO

Bezerra é quem mais usa verba indenizatória

   O deputado Carlos Bezerra (PMDB) foi quem mais recebeu verba indenizatória em abril dos oito federais mato-grossenses. Foram R$ 14,4 mil. Cada parlamentar tem direito ao ressarcimento de até R$ 15 mil mensais. Trata-se de uma entre várias vantagens.

   Pedro Henry (PP), que conseguiu sobreviver ao mandato após acusação de envolvimento nos escândalos do mensalão e sanguessuga, vem em seguida, com recebimento de R$ 12,5 mil a título de verba indenizatória. O que menos consumiu foi o republicano Wellington Fagundes: R$ 1,2 mil.

   Os R$ 15 mil de verba indenizatória a que tem direito cada um dos 513 deputados federais devem ser aplicados na cobertura de aluguel, em despesas com tarifas de água, luz, telefone, locação de veículo e material de escritório. Eles podem utilizar o dinheiro também para pagar consultoria.

   Dos R$ 14,4 mil gastos em abril, Bezerra apontou R$ 6,9 mil de despesas com locomoção, hospedagem e alimentação e R$ 3 mil com trabalhos de consultoria e assessoria. Com combustíveis e lubrificantes diz ter gasto R$ 4,4 mil. Pedro Henry gastou R$ 5,4 mil com hospedagem e locomoção. Somente com combustíveis foram R$ 4,5 mil.

   O petista Carlos Abicail apresentou despesas e foi reembolsado em R$ 9,7 mil. As notas apontam consumo de R$ 3,7 mil com combustíveis e lubrificantes, R$ 3,8 mil com material de divulgação de sua atividade parlamentar e R$ 1,1 mil com aquisição de material de expediente.

   O deputado Valtenir Luiz Pereira (PSB) recebeu R$ 9,7 mil de verba indenizatória. Afirma ter consumido R$ 2,7 mil em aluguel de imóveis, R$ 2,3 mil em aquisição ou locação de software e serviços postais e R$ 2,5 mil em consultoria e pesquisas e trabalhos técnicos.

   A deputada Thelma de Oliveira (PSDB) não recebeu verba em abril por estar licenciada. Sua vaga é ocupada pelo empresário tucano Neri Geller. Homero Pereira (PR) foi reembolsado em R$ 2,7 mil. Sua maior despesa sobre verba indenizatória foi com combustíveis: R$ 1,6 mil. Fagundes recebeu R$ 1,2 mil por ter consumido R$ 590 com locomoção, hospedagem e alimentação, R$ 138 com combustíveis e R$ 350 com locação de móveis e equipamentos.

   O deputado Eliene Lima (PSB) recebeu R$ 8,6 mil. Afirma ter gasto R$ 4,5 mil com combustível, R$ 2,3 mil na compra de material de expediente e R$ 1,8 mil com consultorias.

  Privilégios

   Além da verba indenizatória de até R$ 15 mil, cada deputado tem direito a gastar mensalmente entre R$ 10 mil e R$ 17 mil de passagem aérea. O valor varia conforme a região de origem. No caso dos parlamentares mato-grossenses, o limite é até R$ 11 mil. O salário é de R$ 12,8 mil. O federal recebe ainda R$ 50,8 mil para contratar de cinco a 25 funcionários para atendimento em Brasília ou no Estado que representa. Esses servidores podem receber de um salário mínimo a R$ 8.080,00.

   O parlamentar que não optar pelo apartamento funcional, tem direito a receber auxílio-moradia de R$ 3 mil para aluguel ou, se preferir,  tem direito à quantia líquida de R$ 2,1 mil em dinheiro.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Prefeito Beto faz mistério sobre apoio

beto farias 400 curtinha   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (foto), que está no segundo mandato e com a popularidade em alta, não revela quem apoiará para a disputa à sucessão, nem para aqueles aliados mais próximos. Quando perguntado, o emedebista costuma dizer que não está...

Filho de ex-prefeito, enfim, é cassado

thomaz 400 curtinha   Quase dois anos depois de cassado, enfim, o vereador tucano de Chapada dos Guimarães, Thomas Jefferson Xavier (foto), deixa efetivamente o cargo. O juiz Ramon Fagundes Botelho, da 34ª Zona Eleitoral, determinou, em decisão da última quinta (7), que a presidência da Câmara convoque de...

Bolsonaro, partido, Barbudo e Galli

nelson barbudo 400 curtinha   Da bancada federal de MT, composta por 11 parlamentares, apenas um deve acompanhar o presidente Bolsonaro para outro partido: Nelson Barbudo (foto). Ele vai sair do PSL junto com o capitão. A intenção de Bolsonaro é de se desfiliar e ficar um bom tempo sem partido. Até lá...

Prédio da Câmara receberá decoração

misael 400 curtinha   A Câmara Municipal de Cuiabá vai gastar R$ 41 mil com decoração natalina. E quem executará os serviços para deixar o prédio do Legislativo todo iluminado é a Capriata de Souza Lima & Souza, vencedora do pregão eletrônico. Com seus 25 vereadores, 521...

Avalone aposta em Nigro pra prefeito

carlos avalone 400 curtinha   Carlos Avalone (foto), hoje vice-presidente da Executiva estadual do PSDB, está cheio de planos como futuro presidente tucano. Já anunciou que em fevereiro Paulo Borges renuncia ao comando partidário e, então, passa a tocar a legenda no Estado e com a missão de coordenar os trabalhos...

"Choque" de agenda de EP e de MM

mauro mendes 400 curtinha   Prefeitos e primeiras-damas estão sendo convidados para dois eventos programados para o mesmo dia e horário, em Cuiabá. Um partiu do prefeito Emanuel Pinheiro, que entrega 100% do Hospital Municipal de Cuiabá em 18 de novembro, às 20h, e espalhou convites para tanto gestores municipais,...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.