Últimas

Quarta-Feira, 02 de Maio de 2007, 08h:23 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

LEGISLATIVO

Bezerra é quem mais usa verba indenizatória

   O deputado Carlos Bezerra (PMDB) foi quem mais recebeu verba indenizatória em abril dos oito federais mato-grossenses. Foram R$ 14,4 mil. Cada parlamentar tem direito ao ressarcimento de até R$ 15 mil mensais. Trata-se de uma entre várias vantagens.

   Pedro Henry (PP), que conseguiu sobreviver ao mandato após acusação de envolvimento nos escândalos do mensalão e sanguessuga, vem em seguida, com recebimento de R$ 12,5 mil a título de verba indenizatória. O que menos consumiu foi o republicano Wellington Fagundes: R$ 1,2 mil.

   Os R$ 15 mil de verba indenizatória a que tem direito cada um dos 513 deputados federais devem ser aplicados na cobertura de aluguel, em despesas com tarifas de água, luz, telefone, locação de veículo e material de escritório. Eles podem utilizar o dinheiro também para pagar consultoria.

   Dos R$ 14,4 mil gastos em abril, Bezerra apontou R$ 6,9 mil de despesas com locomoção, hospedagem e alimentação e R$ 3 mil com trabalhos de consultoria e assessoria. Com combustíveis e lubrificantes diz ter gasto R$ 4,4 mil. Pedro Henry gastou R$ 5,4 mil com hospedagem e locomoção. Somente com combustíveis foram R$ 4,5 mil.

   O petista Carlos Abicail apresentou despesas e foi reembolsado em R$ 9,7 mil. As notas apontam consumo de R$ 3,7 mil com combustíveis e lubrificantes, R$ 3,8 mil com material de divulgação de sua atividade parlamentar e R$ 1,1 mil com aquisição de material de expediente.

   O deputado Valtenir Luiz Pereira (PSB) recebeu R$ 9,7 mil de verba indenizatória. Afirma ter consumido R$ 2,7 mil em aluguel de imóveis, R$ 2,3 mil em aquisição ou locação de software e serviços postais e R$ 2,5 mil em consultoria e pesquisas e trabalhos técnicos.

   A deputada Thelma de Oliveira (PSDB) não recebeu verba em abril por estar licenciada. Sua vaga é ocupada pelo empresário tucano Neri Geller. Homero Pereira (PR) foi reembolsado em R$ 2,7 mil. Sua maior despesa sobre verba indenizatória foi com combustíveis: R$ 1,6 mil. Fagundes recebeu R$ 1,2 mil por ter consumido R$ 590 com locomoção, hospedagem e alimentação, R$ 138 com combustíveis e R$ 350 com locação de móveis e equipamentos.

   O deputado Eliene Lima (PSB) recebeu R$ 8,6 mil. Afirma ter gasto R$ 4,5 mil com combustível, R$ 2,3 mil na compra de material de expediente e R$ 1,8 mil com consultorias.

  Privilégios

   Além da verba indenizatória de até R$ 15 mil, cada deputado tem direito a gastar mensalmente entre R$ 10 mil e R$ 17 mil de passagem aérea. O valor varia conforme a região de origem. No caso dos parlamentares mato-grossenses, o limite é até R$ 11 mil. O salário é de R$ 12,8 mil. O federal recebe ainda R$ 50,8 mil para contratar de cinco a 25 funcionários para atendimento em Brasília ou no Estado que representa. Esses servidores podem receber de um salário mínimo a R$ 8.080,00.

   O parlamentar que não optar pelo apartamento funcional, tem direito a receber auxílio-moradia de R$ 3 mil para aluguel ou, se preferir,  tem direito à quantia líquida de R$ 2,1 mil em dinheiro.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Cotado à cadeira de desembargador

francisco faiad 400 curtinha   É forte o movimento nos bastidores entre os juristas, dentro e fora da OAB/MT, pela indicação do nome de Francisco Faiad (foto) pela classe Quinto Constitucional à cadeira de desembargador. Bem articulado e com bom conceito no meio jurídico, Faiad foi presidente da OAB/MT por dois...

Pivetta promete permanecer no PDT

allan kardec 400 curtinha   O empresário Otaviano Pivetta, que se tornou o mais badalado nesta fase de pré-campanha ao Senado por causa da grande logística em torno do seu nome, se encontra numa saia-justa. Para líderes do Podemos com os quais passou a ter afinidade política, como os senadores Álvaro Dias e...

Ao Senado, 2 partidos e apoio para EP

elizeu nascimento 400 curtinha   Elizeu Nascimento (foto), terceiro-sargento PM licenciado, não é nada bobo. Ex-vereador pela Capital e no mandato de deputado estadual, Elizeu hoje controla o DC-MT e ainda levou aliados de confiança para o PSL-MT, partido que ainda está ligado ao presidente Bolsonaro e que só de...

Digital de Selma no apoio para Pivetta

olga lustosa curtinha 400   Mesmo com laços antigos de amizade com Otaviano Pivetta, Olga Lustosa, que está se desligando do cargo de assessora do gabinete da senadora cassada Selma Arruda em Brasília, causou aquele climão dentro do Podemos quando apareceu no encontro do PDT, neste sábado. O ato marcou o...

Fritado ao Senado, Galvan deixará PDT

antonio galvan 400 curtinha   Como já esperado, o presidente da Aprosoja, Antonio Galvan (foto), foi mesmo patrolado dentro do PDT estadual na tentativa de concorrer ao Senado na suplementar de abril. Com a decisão oficial do partido de lançar o vice-governador Otaviano Pivetta à disputa, Galvan agora pensa em sair da...

Contratos suspensos de 7 prefeituras

domingos neto 400 curtinha   O conselheiro do TCE-MT, Domingos Neto, determinou, até julgamento do mérito, a suspensão de pagamento por sete prefeituras à Oscip Tupã. Ele é relator de uma representação feita pelo Ministério Público de Contas contra as prefeituras de Vera,...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.