Últimas

Domingo, 04 de Fevereiro de 2007, 10h:32 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

ARTICULAÇÃO

Bezerra quer liderar bloco do Centro-Oeste

    O deputado Carlos Bezerra (PMDB), que reassume cadeira à Câmara Federal 23 anos depois, começa a se articular para ser o interlocutor da bancada do Centro-Oeste, com 15 parlamentares, e abrir canal de conversação direto com o presidente Lula. Antes mesmo da posse do último dia 1º, Bezerra já havia feito três reuniões com os demais deputados peemedebistas da região. "Essa última bancada do PMDB teve um fim melancólico. Precisamos mudar isso", diz Bezerra, com a experiência de quem já foi prefeito de Rondonópolis, deputado estadual e federal, governador e senador e até atuou como relator do Orçamento Geral da União.

   Carlos Bezerra, que tenta sair do ostracismo político após duas derrotas seguidas para senador (em 1998 e 2002), enfatiza que tem apoio do deputado Tadeu Felippelli (DF) para coordenar o bloco do Centro-Oeste. Numa segunda fase, quem ampliar a representatividade peemedebista na Câmara com integração ao grupo dos colegas do Norte, Nordeste e Sul. "Nosso grupo vai ser majoritário. Até agora, nossa bancada vinha sendo tutelada pelo Senado. Vamos ter uma coluna vertebral com influência até para escolher ministro". Ele promete dar 'oxigênio' ao PMDB, com 89 deputados, maior bancada na Câmara. Nega que o partido seja fisiologista.

     Bezerra explica que a representação em bloco ganha força. Cita como exemplo uma reunião recente que coordenou dos deputados eleitos pelo PMDB com o presidente Lula, quando reivindicou obras macro, como a continuidade do projeto da ferrovia até Rondonópolis e a criação da Universidade Federal da região Sul. Segundo o parlamentar mato-grossense, Lula sinalizou positivamente às reivindicações. Sobre a proposta de transformar o campus da UFMT de Rondonópolis numa universidade-sede, o presidente determinou estudos nesse sentido. Bezerra se revela articulador. "Tenho facilidades internas e respeitabilidade da direção nacional do PMDB, da qual faço parte há 10 anos. Quero que meu mandato seja para o bem de Mato Grosso".

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Sem alarde, vereador muda de partido

viniciys clovito curtinha   De última hora e sem alarde, o vereador pela Capital Vinicyus Hugueney (foto) resolveu deixar o PP e se filiou ao Solidariedade. Com isso, o PP não se torna o único com a maior bancada. Está com três vereadores, assim como o PV e o PSDB. No SD, Vinicyus vai concorrer internamente com...

Irmão de Thelma na lista dos traidores

ronaldo pimentel 400 curtinha   Na carta aberta assinada por Ricardo Saad, que preside o PSDB cuiabano, ele reclama de dívidas milionárias herdadas de antecessores, inclusive dos R$ 4 milhões de pendências somente do pleito de 2016, e menciona, entre outras coisas, que "(...) há correligionários, que estavam...

A bronca de Saad com Wilson Santos

ricardo saad curtinha 400   O vereador Ricardo Saad (foto), presidente do PSDB da Capital, resolveu disparar a metralhadora verbal contra colegas tucanos. Sobre o ex-prefeito e hoje deputado Wilson Santos, considera que este nada fez para ajudar o partido a se reestruturar, visando as eleições de outubro. Mesmo sendo vice-presidente...

Janela tira muitos políticos do calvário

gilberto figueiredo curtinhas   O fechamento da janela partidária, que encerrou-se no último sábado, dia 4, marcou o fim de um longo calvário aos partidos, que tiveram que suportar em seus quadros políticos que não estavam mais de “alma”, mas somente de “corpo”. Na Câmara...

Só 2 vereadores não vão à reeleição

felipe wellaton curtinha 400   Apenas dois entre os 25 parlamentares cuiabanos não vão buscar a reeleição. O licenciado Gilberto Figueiredo, que trocou o PSB pelo DEM, quer concorrer a prefeito, assim como Felipe Wellaton (foto), que até trocou de partido, saindo do PV e agora no Cidadania. Pretende disputar...

4 fora da reeleição em Rondonópolis

thiago muniz 400 curtinha   Dos 21 vereadores de Rondonópolis, somente quatro não vão à reeleição, sendo eles Thiago Muniz (foto), agora no DEM, Hélio Pichioni (PSD), Jailson do Pesque-Pague e Rodrigo da Zaeli (ambos do PSDB). Eles garantem se tratar de um caminho sem volta. Destes, dois tentam...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.