Últimas

Segunda-Feira, 08 de Dezembro de 2008, 10h:36 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:22

CÂMARA FEDERAL

Bezerra torra R$ 20 mil com verba indenizatória

Carlos Bezerra (PMDB) O cacique do PMDB Carlos Bezerra "torrou" R$ 20,4 mil de sua  verba indenizatória de novembro e lidera a lista dos que mais gastaram entre os 8 deputados federais mato-grossenses. O progressista Pedro Henry gastou R$ 19,3 mil. Já Wellington Fagundes (PR) apresenta despesas de apenas R$ 5,6 mil. Cada federal tem direito a R$ 15 mil mensais de reembolso a título de verba indenizatória. Trata-se de um ressarcimento de despesas com aluguel, manutenção de escritórios, locomoção, alimentação e despesas diretamente relacionadas ao exercício do mandato. Os  dados são públicos. Estão disponíveis no site da Câmara dos Deputados em um link denominado de tranparência.

Pedro Henry (PP)   Segundo os dados do balancete de Bezerra ele gastou R$ 4,2 mil com combustível; R$ 7 mil com divulgação de atividade parlamentar e R$ 9,2 mil  com locomoção, hospedagem e alimentação. Juntos, som R$ 20,4 mil. Pedro Henry recebeu reembolso de R$ 5,6 mil devido a gastos com  locomoção, hospedagem e alimentação; R$ 9 mil com consultorias, assessorias, pesquisas e trabalhos técnicos. Já com combustível Henry gastou R$ 4,5 mil. Ao todo foram R$ 19,3 mil em novembro.

  Thelma de Oliveira (PSDB) "torrou" R$ 15,2 mil. Ele apresentou comprovantes para despesas de R$ 8 mil com aluguel de imóveis para escritório; R$ 2,6 mil com aquisição de material de expediente e R$ 4,5 mil com combustível. Eliene Lima (PP) declarou gastos de R$ 15 mil, como R$ 4,5 mil com combustível; R$ 4 mil com consultorias, assessorias, pesquisas e trabalhos técnicos; e R$ 3,5 mil com compra software.
 
Deputado Valtenir Pereira (PSB) O deputado Valtenir Pereira (PSB) revela ter gasto R$ 10 mil, sendo R$ 2,7 mil com aluguel; R$ 1,3 mil com aquisição de material de expediente; R$ 4,5 mil com combustível e R$ 1,8 mil com locomoção, hospedagem e alimentação. O republicano Homero Pereira apresentou gastos de R$ 10,1 mil. Segundo seu balancete, ele "torrou" R$ 5,3 mil com locomoção, hospedagem e alimentação; R$ 1 mil com aluguel; R$ 2,9 mil com combustível; R$ 337 com compra de material de expediente e R$ 415  com aquisição ou locação de software; serviços postais; TV a cabo ou similar; acesso à internet; e locação de móveis e equipamentos.

   o petista Carlos Abicalil apresenta despesas de R$ 6,1 mil. Entre outras estão R$ 2,1 mil com aluguel; R$ 502 com aquisição de material de expediente; e R$ 324,22 com compra ou locação de software. O que menos gastou foi o republicano Wellington Fagundes. Diz que suas despesas de novembro sobre verba indenizatória foram de R$ 5,6 mil. (Patrícia Sanches)

Despesas dos federais com verbas indenizatórias
(novembro de 2008)
Deputado                              gastos
Carlos Bezerra (PMDB)                   R$ 20, 4 mil
Pedro Henry (PP)                            R$ 19,3 mil
Thelma de Oliveira (PSDB)              R$ 15,2 mil  
Eliene Lima (PP)                              R$ 15 mil 
Homero Pereira (PR)                       R$ 10,1 mil
Valtenir Pereira (PSB)                    R$  10 mil
Carlos Abicalil (PT)                        R$  6,1 mil
Welington Fagundes (PR)                R$  5,6 mil

Postar um novo comentário

Comentários (10)

  • andrade | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    tem que chamar esses cara palidas, para um bate bola na televisão, e não campo de futebol..

  • andreson | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    cade projeto de lei modificando a lei penal nossa? brasil ta atrasado por causa dessas leis arcaicas...parlamentares não fazem mais do que obrigação trazer verba para os estados, e o cidadão quem paga essa festa...

  • SÉRGIO ALCÂNTARA | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    CADA VEZ QUE VEJO A FOTO DO BEZERRA, FABRIS, CHICA NUNES E DO HENRY EU IMAGINO O QUANTO O WALTER RABELLO FOI AZARADO COM A CASSAÇÃO...

    NUNCA VOTEI NEM VOTAREI NO WR, MAS SEM DÚVIDA É MELHOR QUE ESTES CITADOS...

    O BEZERRA É CONHECIDO EM BRASÍLIA POR COBRAR A MAIOR COMISSÃO NA LIBERAÇÃO DE VERBAS E MESMO ASSIM NÃO É NEM UM POUCO HUMILDE, PELO MENOS PARA DISFARÇAR...

  • Magalhães | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • plinio mendonça teles | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    se ve tanta corrupção em prefeituras do interior... mas isso acontece pq esses nossos parlamentares não criam lei mais rigidas para os corruptos do brasil, se ve tbém pelo exemplo que eles dão em gastanças a toa...depois o povo não vai votar, não sabe pq....eu sei...eu tem hora tenho vergonha de ser brasileiro...feliz natal e prospero ano novo

  • iza | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    como pode o contribuinte viver com o salário reduzido, e os nossos representantes além do gordo subsídio ainda recebe uma vultuosa verba indenizatória. Também com o IR de 27,5% para quem ganha mais de R$ 2000,00 e com os 11 e 11% da Previdência é fácil. Falta de vergonha o reajuste salário de 2% aproximadamente.
    Vamos continuar votando para sustentar esse pessoal...

  • motogrossense | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    eh cambada...

  • MAURO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    rsrsrsrsrsrsrsrsrsr isso e oq eles dizem rsrsrsrs
    como dizia meu biza vô e melhor ouvir q ser surdO RSRSRSRSRS

  • jorge mello de campos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    eu tentei ser um vereador, mais fui derrotado por não ter estrutura,como verador tinha vontade de lutar pelos nossos direitos de cidadão, assim como nos temos obrigação em votar, cade nossos direitos,eu como vereador ia ser diferente é povo que tem de exigir o que é melhor para nossa cidade, e não os politicos, fazendo promessas mentirosas,se investisse na educação, exemplo transito,jovem, seria menos drogados, menos acidente, presidiarios teria que produzir mais para tirar sustento da sua familia, assim teriamos mais resultados positivos nesse brasil.

  • carlos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    gastar 20 é demais,mas 6 e 5 mil é pouco tbem,sinal que não esta trabalhando

Beco do Candeeiro só abrirá em abril

Carlina 400   A secretária municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Carlina Jacob (foto), em visita ao Grupo Rdnews, revelou que a revitalização do Beco do  Candeeiro, que foi concluída em janeiro, será entregue à população em abril, nas comemorações dos 302 anos de...

Águas, expansão e investimentos

william figueiredo 400 aguas cuiaba curtinha   O diretor-geral da Águas Cuiabá, executivo William Figuereido (foto), disse, em visita à sede do Rdnews, quando aproveitou para conceder entrevista à tv web Rdtv, que a concessionária já distribui água para toda Cuiabá e que, em quase quatro anos...

Creci combate empresas irregulares

benedito odario 400 curtinha   O presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado, Benedito Odário (foto), aproveitou a operação desenvolvida na quinta, com apoio da Polícia Civil e da Decon, para enfatizar que não dará trégua àquelas empresas que, irregularmente,...

Cuiabá paga fevereiro aos servidores

emanuel pinheiro 400   A Prefeitura de Cuiabá quitou nesta sexta (26), último dia útil do mês, a folha de fevereiro. Desde quando assumiu o Palácio Alencastro, em janeiro de 2017, o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) tem conseguido pagar o funcionalismo dentro do mês trabalhado. Aliás, essa prioridade,...

3 deputados sob certa cordialidade

janaina riva 400 curtinha   Max Russi, Eduardo Botelho e Janaina Riva (foto), que mandam na Assembleia, demonstram entre eles um certo clima de cordialidade, mas chegaram a entrar em queda-de-braço até fechar um novo acordo político sobre a Mesa Diretora. Com a decisão do Supremo de veto a Botelho no comando do...

Expediente na AL só a partir do dia 8

max russi 400   Por causa do aumento da taxa de incidência de Covid-19 entre servidores e parlamentares, as atividades presenciais da Assembleia foram suspensas na quinta (25). O expediente só retoma em 8 de março. Neste período, estão sendo mantidas somente as atividades estritamente essenciais para o...