Últimas

Sábado, 12 de Dezembro de 2009, 20h:31 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:25

CONVENÇÃO

Bezerra vê unidade interna pró-Silval; Pátio não aparece


Carlos Bezerra faz discurso na convenção estadual do PMDB, neste sábado, após aclamação da 8ª reeleição

  Mesmo sob imagem desgastada, o deputado federal Carlos Bezerra foi aclamado neste sábado à presidência estadual do PMDB pela oitava vez. Em discurso no auditório da Associação Mato-Grossense dos Municípios, em Cuiabá, o cacique político fez elogios a sua própria gestão, de quando governador (87/90), defendeu políticas públicas voltadas à minoria, principalmente à agricultura familiar, e afirmou que o partido está unido e coeso em torno da candidatura ao Paiaguás do vice-governador Silval Barbosa. A direção estadual nem toca do assunto, mas não conseguiu resolver conflitos internos. O prefeito de Rondonópolis Zé do Pátio, por exemplo, não compareceu à convenção estadual. Ele resiste à tese de apoiar Silval para governador e, para não ficar constrangido diante de uma plateia empolgada com o projeto próprio, preferiu arrumar uma desculpa para não se fazer presente. Pátio mira outro rumo. Já atua como cabo eleitoral do pré-candidato Wilson Santos (PSDB).

    Esta é a oitava vez que Bezerra assume a direção peemedebista em Mato Grosso. Continua no cargo até 2011. O partido tem 22 prefeitos, 26 vice e 167 vereadores, 3 deputados estaduais e 1 federal. A estratégia de Bezerra agora é se reeleger e conquistar também uma cadeira de deputada estadual à esposa Teté Bezerra, que já foi federal.

   Para reforçar a tese de que Silval não corre risco de sofrer conspiração interna, o partido elegeu Roseli Barbosa, esposa do vice-governador, como presidente do PMDB Mulher. O próprio Silval entregou na Executiva como primeiro-vice-presidente. O ex-deputado Nico Baracat passa a ocupar a segunda-vice-presidência. Antes ele respondia como secretário-geral, posto assumido agora por Rafael Bastos.

Silval Barbosa, na convenção do PMDB   A convenção contou com a presença de líderes partidários de outras siglas, como do PR, do PC do B, do PTN e do PMN. Seus líderes declarama apoio ao nome de Silval para governador. O peemedebista assume a cadeira de chefe do Executivo estadual a partir de 4 de abril, com a renúncia de Blairo Maggi, que buscará vaga no Senado. O secretário-geral do PR de Maggi, ex-deputado Emanuel Pinheiro, fez rasgados elogios à figura de Silval. Disse que os republicanos vão apoiá-lo. "O Silval é o mais qualificado para unir as lideranças partidárias que hoje integram a base de governo. O seu nome é hoje o que mais cresce no Estado, com menor rejeição", endossou Pinheiro. O ex-presidente estadual do PR, Moisés Sachetti, afirmou que "as pesquisas de intenção de voto mostram crescimento do nome de Silval". "O Silval é o melhor nome para dar continuidade a esse governo de transformações, principalmente por já participar ativamente dessa gestão juntamente com o governador Blairo Maggi".

    Elogios

   O prefeito do PMDB Chicão Bedin disse, em discurso, que Silval é um gestor municipalista. "Ele foi um municipalista como prefeito (de Matupá), como deputado e agora como vice-governador e já tendo assumido o governo por diversas vezes. É um dos principais responsáveis pelo fortalecimento dos nossos municípios e pela integração do nosso Estado". A palavra integração passou a fazer parte do vocabulário dos governistas em discurso. No fundo, a luta é para tirar de Silval a marca de defensor do processo de divisão do Estado, principalmente quando atuava como deputado estadual.

   Silval, por sua vez, tentou atrair para si os feitos do governo Maggi. "Nosso governo tem feito muito, mas sabemos que podemos avançar muito mais. Vamos avançar na verticalização da nossa produção, reestruturar a Empaer e alavancar a agricultura familiar, investir maciçamente em políticas sociais, gerando mais oportunidades para nossa população". Evitou conflitos com Bezerra. Aliás, o elogiou. "Carlos Bezerra é uma pessoa de muita habilidade tanto na estruturação como no desenvolvimento de propostas partidárias", diz o pré-candidato à sucessão estadual, para quem Bezerra "tem experiência grande no diálogo com os demais partidos". "Tenho certeza absoluta de que ele (Bezerra) irá conduzir o processo eleitoral, seja na esfera estadual como na nacional, com toda a maturidade".

Como fica a nova Executiva do PMDB-MT
(biênio 2010-2011)

Presidente: Carlos Bezerra
1° vice-presidente: Silval Barbosa
2° vice-presidente: Nico Baracat
3° vice-presidente: Aldo Romani
Secretário-geral: Rafael Bastos
Secretária-adjunta: Teté Bezerra
Tesoureiro: Carlos Miranda
Tesoureiro-adjunto: Elarmin Miranda
1° vogal: Antônio Rodrigues
2° vogal: Clóvis Cardoso
3 ° vogal: Carlos Nascimento
4° vogal: Nilson Santos

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • joão pedro de campos | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Vetado por conter expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas.
    Queira, por gentileza, refazer o seu comentário.

  • joao da lagoa do sapo | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Pessoal do PMDB largam o nome do prefeito zé carlos do pátio, o zé nem lembra de voces.
    Voces são cabeças dura mesmo, aqui em Rondonópolis nós somos Wilson Santos ou Jayme Campos ou Mendes o resto é o resto, portanto, deixam o nome de zé do pátio em paz.

  • Alvaro Sebastian | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Silval na vai aguentar os primeiros questionamentos como:

    Caso Matupá, Caso da aprovação na surdina da reserva do Cristalino para beneficiá-lo pois o mesmo tinha área dentro da reserva e havia desmatado e para livrá-lo votaram a redução da reserva numa afronta gritante a Lei, que não permite reduzir feserva ambiental, dentre outros que vamos começar a divulgar.

    Ah! a propósito o Zé do Pátio não vai com essa galera nem que a vaga tussa.

    Silval será fritado pelo próprio Bezerra, que ante a perspectiva de perder a eleição não titubeará em acertar a vida dele como sempre fez. porque que o PMDB não teve nenhum secretário no Governo Blairo
    Maggi, foi porquê o Bezerra ..... hum, cala te boca.

  • DUARTE | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    EMANUEL PINHEIRO FALANDO QUE SILVAL BARBOSA É QUALIFICADO!? A POPULAÇAO É CEGA SR. EMANUEL?

  • nelson | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    tenho dó do Silval, me parece ser um homen probo, honesto, leal e trabalhador, mas com esta traia do PMDB, comandado por este dinossauro Carlos Bezerra, o Silval praticamente está fora da virtual eleição, o que pesa muito em seu favor é o apoio do Governador Blairo Maggi que tem feito uma verdadeira revolução administrativa em Mato Grosso. Temo que o Silval vena ser a quarta vitima de Bezerra, que se especializou em derrubar correligionários .Perguntem ao Júlio Campos, Dante e Clóvis Roberto

  • Germano Souza Cruz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É Bezerra, a unidade em favor do Silval é tão interna que só você a vê.
    Uma coisa Bezerra, para que o PMDB volte a ter uma moralzinha é necessário apenas que saíam todos voces do partido e comece tudo de novo, só que nesta refundação será necessário que os futuros partidários passem uma peneira bem fina antes de entrar no partido.
    Mais uma coisa: Creio que o senhor não passe por ela, pois engordou muito .... Te conheci em Rondonopolis à muitos anos enquanto era apenas advogado, eras bem magrinho e bem mais honesto.

  • Gilmar Brunetto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A próxima aposentadoria do Bezerra vai ser por tempo de Presidente do PMDB, a ditadura militar acabou e foi subistituida pela ditadura civíl, em praticamente todos os partidos prevalece o poderío económico, o corronelismo, o autoritarismo e os pactos pela corrupçõ pelos acordos espúrios e etc...

  • Miranda Muniz | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Caro Romilso e equipe,
    Sirvo-me deste para esclarecer que estive participando institucionalmente da convenção do PMDB, atendendo ao convite dessa importante legenda partidária. Lá, tive a honra de utilizar da palavra no ato, ocasião em que manifestei que o PCdoB se emprenhará em buscar a mais ampla unidade das forças que dão sustentação ao Governo Lula, de preferência, com uma candidatura unificada, a partir do diálogo aberto e democrático. Expressei também que o nosso partido vem dialogando com partidos que compõe o movimento Mato Grosso Muito Mais e que tem o nome do companheiro Mauro Mendes, como uma das possiblidades reais de disputa. Diferentemente da afirmação da matéria, o PCdoB não declarou apoio ao Vice-governador Silval, mesmo considerando que o mesmo possui as credenciais para almejar o cargo de governador. O nosso partido continuará diologando prioritariamente com as agremiações do arco de alianças do Governo Lula, no sentido de reforçar a luta pela continuidade das mudanças e evitar retrocessos. A definição em relação a nomes, tomaremos no memomento oportuno e após ampla discussão com a militância partidária.
    Atenciosamente,
    Miranda Muniz - Pres. Estadual do PCdoB

Briga eleitoral de parentes em General

renato vilela 400 general carneiro   A briga política, jurídica e eleitoral na pequena General Carneiro, de 14 mil habitantes, está acirrada e envolve, em palanques diferentes, grupos com vínculos familiares. São dois na disputa pela prefeitura. A ex-prefeita Magali Vilela desistiu de tentar de novo o teste das...

Ataques a EP e o revide dos amigos

fabinho 400 curtinha   O empresário Fábio Martins Defanti, o Fabinho Promoções (foto), que em 2016 disputou para vereador e perdeu, está sendo bombardeado de críticas em grupos de WhatsApp, inclusive pelos próprios amigos, por causa de comentários, gravados em dois vídeos, com um...

Luizão e 10 promessas em cartório

luizao 400   O empresário Luizão (foto), candidato a prefeito de Rondonópolis pelo Republicanos, registrou em cartório 10 comprimissos de gestão, garantindo, em caso de eleito, executá-los logo no primeiro mês de mandato. O primeiro deles é de zerar a fila de consultas, exames e cirurgias. E...

Ex-secretários de França sem mácula

roberto franca 400 curtinha   A assessoria jurídica da coligação de Roberto França (foto), que concorre à Prefeitura de Cuiabá pelo Patriota, classifica de mentirosa e irresponsável a notícia de que ex-secretários de França, da época em que comandou a Capital, de 1997 a...

Líderes de Lucas e apoios ao Senado

otaviano pivetta curtinha 400   As principais lideranças políticas da "República" de Lucas do Rio Verde estão divididas nos apoios sobre candidaturas ao Senado. O vice-governador Otaviano Pivetta (foto), recém-desfiliado do PDT, faz campanha pela coronel Rúbia Fernanda (Patriota), propagada como a candidata...

Reeleição difícil em Barra do Bugres

raimundo nonato 400   Aos 81 anos, o piauiense de Campo Maior, Raimundo Nonato (foto), busca renovar o mandato de prefeito de Barra do Bugres pelo DEM. Embora considerado carismático e populista, pioneiro no município e ajudado pela força da máquina pública, Nonato, que já foi prefeito nos anos 82 e 90,...

MAIS LIDAS