Últimas

Sábado, 13 de Janeiro de 2007, 06h:38 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Artigo

Biodiesel, na ordem do dia

    O vice-governador recém-empossado Silval Barbosa destaca a importância da agroindustrialização do biodisel e lembra das pesquisas nesse sentido feitas pela UFMT. Confira, a seguir, o artigo de Silval.

  Da sabedoria popular nasceu a máxima de que “a necessidade é a mãe da invenção”. A expressão calha bem em tudo o que se possa imaginar. Da invenção da roda à mais moderna tecnologia do mundo globalizado de hoje, a inteligência fez com que obstáculos fossem superados em todas as áreas do conhecimento.

   No campo científico, a evolução na pesquisa das fontes de energia tem sido magnífica. Foi assim com o petróleo, matéria-prima já de conhecimento de povos da Antiguidade, que passou pelos modernos processos de refinação, e que, com o surgimento da indústria petroquímica, proporcionou uma revolução na comercialização dos mais variados produtos.

   Mas as crises sucessivas do petróleo levaram o homem a buscar outros caminhos, e a pesquisar alternativas de fontes de energia. E nessa busca, forçada também pelos movimentos ambientalistas, o Brasil incentivou a produção e o consumo de álcool como combustível.

   O Proálcool - Programa Nacional do Álcool, com tecnologia genuinamente brasileira, passou a produzir etanol a partir de cana-de-açúcar. Estava assim, pelo menos teoricamente, evitado o trauma da dependência externa dos preços do petróleo, além de propiciar um impulso à política econômica.

   E mais de um século se passou, desde quando, em 1895, Rudolf Diesel inventou um motor que funcionava à base de óleos vegetais, para adentrarmos o século XXI com uma nova realidade – a realidade do biodiesel, que se consolida como o novo combustível do Brasil.

   O biodiesel é uma alternativa de energia, limpa, que corresponde aos compromissos com o Protocolo de Kyoto, além de ser bastante promissor em termos de viabilidade econômica com vistas ao desenvolvimento regional.

   Como presidente da Assembléia Legislativa, no biênio 2005/2006, tive a iniciativa de encaminhar duas proposições que considero relevantes nesse processo da industrialização do biodiesel.

   Encaminhamos ao governo federal proposta para implantação, em Mato Grosso, de um Centro de Pesquisas da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária); e também de um Centro Internacional de Excelência em Biodiesel (Cieb), no âmbito da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

  A UFMT vem executando diversos projetos de pesquisa em biodiesel, destacando-se o Projeto Biodiesel Guariba, em parceria com a Eletronorte, dentro do programa Luz para Todos.

   O governo federal anunciou há poucos dias a instalação, em Brasília, da Embrapa Agroenergia. A análise da carteira de projetos vai compor as prioridades para este novo centro que, conforme anuncia o governo, vai integrar o que há de mais moderno na busca de matrizes energéticas – e uma delas são estudos para o aproveitamento de resíduos de gordura animal e vegetal à produção de energia.

   Mato Grosso do Sul, Goiás e Paraná, estados também fortes na produção agropecuária, já possuem centros de pesquisas da Embrapa. Portanto, agora, com o fortalecimento da indústria do biodiesel, é chegada a hora de o governo federal investir pesado em Mato Grosso, grande produtor agropecuário, que se fortalece mais a cada dia na agroindústria.

   O Estado de Mato Grosso, pela significativa projeção na produção agropecuária, posição estratégica no centro da América do Sul, com um potencial enorme para ser grande produtor e distribuidor de biodiesel, merece ser contemplado com várias das linhas de pesquisa pelo novo centro de Agroenergia e com as instalações de uma nova unidade da Embrapa, considerada a maior empresa de pesquisa agropecuária do mundo.

   Ações públicas estão sendo encaminhadas neste sentido. O governo do Estado, desde 2003, adotou a política da bioenergia como prioridade, tendo implantado o Programa de Biocombustíveis (Probiomat). Por sua vez, a Assembléia Legislativa, de forma pioneira, criou a Câmara Setorial Temática para discutir a política de produção de agroenergia e mercado de crédito de carbono; e aprovou também projeto de lei de autoria do deputado José Riva (PP) que institui a política de incentivo à Cadeia Produtiva do Biodiesel, já sancionado pelo governador do Estado.

   Portanto, é chegada a hora e vez de Mato Grosso, quanto à participação do Estado na produção desse novo biocombustível, contribuindo significativamente para o desenvolvimento do país, com novas oportunidades de investimentos e geração de emprego e renda.

 Silval Barbosa (PMDB) é vice-governador de MT

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Jornalistas lançam 1º Anuário Jurídico

antonielle_curtinhas   O site Ponto na Curva e o Animus Centro Empresarial lançam em maio o primeiro Anuário Jurídico de Mato Grosso. A publicação, que é inédita no Estado, é conduzida pelas jornalistas e advogadas Antonielle Costa (foto) e Débora Pinho. A ideia é dar destaque a...

Ao Senado e com apoio de Bolsonaro

jose medeiros 400 curtinha   Com o apoio garantido por Bolsonaro, José Medeiros dá um passo largo rumo ao Senado, já nesta fase de pré-campanha. Entusiasmado, ele marcou a convenção do Podemos para 12 de março. De um lado, o ex-senador e hoje federal entra no rol dos mais cotados por causa do peso do...

EP, macumba e pedido de desculpa

emanuel pinheiro 400 curtinha   Emanuel Pinheiro (foto) admite ter sido infeliz ao usar o termo macumba quando se referiu à atuação e torcida de vereadores da oposição para seu governo não conseguir empréstimo de US$ 115 milhões para fazer investimentos. E citou que um deles teria feito...

Apoio entre opositores é pura falsidade

diego guimaraes 400 curtinha   O tão propagado apoio político recíproco entre os vereadores de oposição em Cuiabá, principalmente em relação ao futuro cassado Abílio Júnior, não é verdadeiro. Todos são concorrentes entre si. Tentam viabilizar suas...

Joaninha se afasta da Câmara de Sinop

joaninha 400 sinop vereador curtinha   O vereador por Sinop Joaninha (MDB), conforme a coluna Curtinhas adiantou, se licenciou do cargo por 60 dias para se recuperar do acidente que sofreu durante manobra na Competição Duelo de Motos, em Atibaia (SP). Enquanto isso, o suplente Mauro Garcia (MDB), ex-secretário de...

Manifestação de apoio deles para ele

elizeu nascimento 400 curtinha   Mesmo com o apoio dos deputados Elizeu Nascimento (foto), Xuxu Dalmolin e Ulysses Moraes que levaram até assessores, em pleno horário de expediente, a manifestação pró-Abílio na Câmara de Cuiabá foi considerada fraca. Investigado por quebra de decoro...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.