Últimas

Quinta-Feira, 01 de Maio de 2008, 10h:48 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:20

Artigo

Blablablá...ploft!

   Se tem uma coisa que eu admiro no governador de Mato Grosso, Blairo Maggi, é sua facilidade em falar e causar estragos. Como fala este homem! E quanto estraga, meu Deus! Depois de defender o “direito constitucional de desmatar”, ele já entregou as chaves do estado pra Ministra do Meio Ambiente, Marina Silva; já amedrontou Lula dizendo que a Operação Arco de Fogo iria causar inflação no Brasil e por último e a mais primorosa, foi a sua teoria para solucionar a crise mundial de alimentos: o desmatamento.

   Mas não tinha outra coisa pra falar?

   Bastou sair na imprensa sua mirabolante teoria para que o presidente da Comissão de Meio ambiente da Câmara, deputado Sarney Filho (PV/MA), propusesse sua convocação a fim de prestar esclarecimentos. Para ele o governador coloca em risco a soberania da Amazônia.

   É muito mais que suspeita a vã filosofia do deputado Sarney Filho. Antes eu achava que essa ‘verborragia blairista’ causava mal apenas à Mato Grosso. Subiu de importância, pode prejudicar o Brasil. Cada vez que fala, ele não ameaça apenas as árvores ou a soberania da Amazônia, ameaça a manutenção das exportações brasileiras, pois expõem a produção do país a boicotes.

   O governador fala e fala tanto que no ano passado, dia 10 de maio, chegou dos Estados Unidos esfuziante com o firme propósito de transformar Mato Grosso em um imenso milharal. Voltou encantado, convocou uma coletiva para falar que o milho seria uma espécie de redenção para o estado. Que maravilha!!! Maggi falou categórico: "O meu faro como governador e empresário diz que o caminho para o nosso Estado é esse” e completou falando que “as grandes nações fazem isso com sucesso e não podemos ficar na contramão da história".

   Pois bem, naquele mesmo período pesquisadores no mundo todo já diziam que a produção de etanol do milho era um risco à produção de alimentos. O recomendado era da cana de açúcar, pois além de maior produtividade, um hectare de milho rende apenas 3.000 litros de etanol enquanto que na mesma área de cana o rendimento chega a 7.500 litros. Além disso, no Brasil a cana utiliza áreas já degradadas por pastagem e não concorre com a produção de alimentos.

   Mas a visão empresarial de Blairo dizia que o etanol do milho era a maravilha do século. Por achar isso ele anunciou que o governo do estado, através da Secretaria de Ciência e Tecnologia, faria um estudo para a implantação de ‘trocentas’ indústrias de etanol de milho no estado. Custo do estudo: R$ 2 milhões.

   Onde está esse estudo? E esse dinheiro? E as maravilhas do etanol do milho? Não vimos a cara nem do sabugo. Está escondido aonde? Pode me dizer?

   Sabe gov., vamos combinar uma coisa. Toda vez que sentir assim uma vontade doida de falar para defender ou arrumar alguma coisa, coloca uma balinha de super bonder na boca. Mas não fale, pelamordedeus!

    (*) Adriana Vandoni é economista, especialista em administração pública pela Fundação Getúlio Vargas/RJ, professora universitária e articulista do Jornal Circuito Mato Grosso (www.adrianavandoni.com.br)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

3 deputados sob certa cordialidade

janaina riva 400 curtinha   Max Russi, Eduardo Botelho e Janaina Riva (foto), que mandam na Assembleia, demonstram entre eles um certo clima de cordialidade, mas chegaram a entrar em queda-de-braço até fechar um novo acordo político sobre a Mesa Diretora. Com a decisão do Supremo de veto a Botelho no comando do...

Expediente na AL só a partir do dia 8

max russi 400   Por causa do aumento da taxa de incidência de Covid-19 entre servidores e parlamentares, as atividades presenciais da Assembleia foram suspensas na quinta (25). O expediente só retoma em 8 de março. Neste período, estão sendo mantidas somente as atividades estritamente essenciais para o...

Estado paga os servidores nesta 6ª

mauro mendes 400 curtinha   Servidores do Estado recebem salário de fevereiro hoje, dentro do mês trabalho. É a sexta vez seguida que o governador Mauro Mendes consegue pagar a folha dos ativos, inativos e pensionistas antes da virada do mês, depois de promover reformas, redução da máquina e...

Sistema de saúde sob colapso em ROO

Em Rondonópolis, cidade-polo da região Sul, que abrange 17 municípios, não há mais leitos de UTI para socorrer pacientes em quadro grave de Covid-19. Todos os 30 do hospital Santa Casa estão ocupados, inclusive um leito de UTI reservado para atender outros casos, acabou destinado para paciente com o novo coronavírus. Há 10 leitos de UTI no Hospital Regional e todos também estão lotados. Várias pessoas em...

Deputado, Mesa da AL e incoerência

claudinei 400   Claudinei Lopes (foto), delegado de polícia que, na onda Bolsonaro, se elegeu deputado pelo PSL, em 2018, se mostra cada vez mais incoerente. É daqueles que gostam de levantar polêmicas e críticas, mas sem consistência. Ele se manifestou, por exemplo, contra a reeleição à Mesa...

Dilmar ensaia disputa para federal

dilmar dal bosco 400   Todos os deputados estaduais querem buscar a reeleição, com exceção de Dilmar Dal Bosco (foto), que está no terceiro mandato. Integrante da nova Mesa Diretora da Assembleia, como primeiro-vice-presidente, e líder do Governo Mauro, Dilmar não esconde o desejo de disputar cadeira...