Últimas

Segunda-Feira, 05 de Fevereiro de 2007, 00h:36 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

SEGURANÇA PÚBLICA

BO não menciona agressão; Brunetto denuncia e AL emite nota

   O episódio envolvendo a detenção do sindicalista Gilmar Brunetto, o Gauchinho, um dos integrantes do Movimentó Cívico de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), no dia da posse dos deputados, apresenta duas ou mais versões. Uma delas, registrada em Boletim de Ocorrências, narra que, com Gauchinho foi apreendido 'uma certa quantidade de panfletos do MCCE, próximo à Assembléia Legislativa'. "Os seguranças da Assembléia fizeram o recolhimento do material e a detenção do sr. Gilmar. Em seguida, a guarnição do policiamento da Assembléia fez a condução do sr. Gilmar para as devidas providências", diz um trecho do BO, registrado no último dia 1º pelo soldado PM Admilto, identificado como coordenador militar da Assembléia. No BO, admite que o sindicalista foi conduzido à delegacia com escoriações no nariz, 'ocasionado durante sua detenção'.

   Para os policiais envolvidos na polêmica operação, Gauchinho iria distribuir panfletos apócrifos contra deputados durante a sessão de posse dos parlamentares. Por isso, a estratégia foi abortada. Já Gauchinho argumenta que estava com cinco jornais, contendo matérias com denúncias feitas pelo Ministério Público contra alguns deputados. Ele afirma que estava sentado numa mureta em frente ao sindicato dos Servidores da Empaer, quando outros colegas para seguir à Assembléia, quando foi interceptado por militares a paisana, num veículo. Conta que foi agredido. "Queriam me levar na marra para a delegacia. Me machucaram bastante", narra Gilmar Brunetto.

    O integrante do MCCE anuncia que vai representar contra a Assembléia e que já denunciou o coronel Paredes à Corregedoria-Geral da PM e o advogado Eduardo Jacob, que estava junto com os policiais, na OAB/MT. Promete também denunciar os seguranças da Assembléia Giovani e Rudinei por abuso de autoridade.

  A Assembléia Legislativa divulgou nota a respeito do episódio, contesta a versão de Gauchinho, mas determinou instauração de uma sindicância para apurar os fatos. Confira a íntegra a seguir.

      Nota de Esclarecimento

      Em função das notícias de que um integrante do MCCE - que distribuía material denegrindo a imagem da Assembléia Legislativa - teria sido agredido por duas pessoas, e que estas seriam servidoras da instituição, é preciso fazer os seguintes esclarecimentos:

1)   A Assembléia Legislativa refuta a tentativa de se associar a instituição e/ou seus dirigentes a qualquer tipo de violência. Em especial um ato de vandalismo ainda obscuro, ocorrido na rua, cujas circunstâncias precisam ser melhor investigadas;
2)     Ainda assim, o Poder Legislativo lamenta o ocorrido e informa que está instaurando uma sindicância para apurar a veracidade da denúncia;
3)     Ressalta, porém, que vai recorrer à Justiça para reparação de qualquer tipo de dano causado por detratores contumazes da honra alheia;
4)     O estado democrático de direito permite a liberdade de manifestação, mas também assegura o ressarcimento de prejuízos morais provocados por pessoas que insistem em perseguir, mentir e vilipendiar, utilizando-se, para isso, muitas vezes, de informações falseadas, maquiadas e sequer julgadas pela justiça.

Cuiabá, 02 de fevereiro de 2007
Secretaria de Comunicação da Assembléia Legislativa

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Os Maia fincam força no Legislativo

silvio maia 400   O ex-prefeito por quatro vezes de Alto Araguaia, Maia Neto, perdeu nas urnas na majoritária, mas ganhou na proporcional. De um lado, a irmã Martha Maia, seu braço-direito durante todos os mandatos, foi derrotada à prefeita por Gustavo Melo, que se reelegeu. Por outro, Maia Neto viu dois dos seus...

Reeleito, Gustavo derruba o clã Maia

gustavo melo 400   O jovem prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), de 36 anos, manteve mesmo o "apertado" favoritismo, conforme mostrou na reta final a pesquisa do instituto Analisando, e derrotou o clã Maia. Venceu por 962 votos de diferença. Filiado ao PSB, Gustavo chegou a 4.805, enquanto Martha Maia (PP) registrou 3.840...

Nivelando para cima o debate em VG

emanuelzinho 400   Em discurso na Câmara Federal, Emanuelzinho (foto), 3º colocado a prefeito de Várzea Grande, disse ter ajudado a nivelar, por cima, o debate eleitoral, com grandeza e altivez e se mostra entusiasmado. Destaca que "política se faz com seriedade, transparência e com o coração sintonizado...

Mais jovem prefeito sucede familiares

Rog�rio Meira_400 jangada   O mais jovem entre os prefeitos eleitos e/ou reeleitos de MT, Rogério Meira (foto), tem um histórico de vida pública, mesmo tendo apenas 24 anos. Atualmente, ele exerce mandato de vereador por Jangada e foi eleito prefeito da cidade ao obter 1.699 votos, 9 a mais que o...

Base forte de EP para Mesa Diretora

juca do guaran� curtinha 400   A base do prefeito Emanuel Pinheiro para o segundo mandato, embora com quatro virtuais candidatos à presidência da Mesa Diretora, está construindo o discurso de que não pode rachar sob o risco de entregar o comando do Legislativo para a oposição....

Deputado ajudou a enterrar Binotti

neri 400 curtinha   O deputado federal Neri Geller (foto), que se acha um grande líder político, ajudou a enterrar nas urnas o projeto de reeleição do prefeito Luiz Binotti (PSD), derrotado à reeleição. Perdeu para o ex-vice-prefeito Miguel Vaz (Cidadania), que contou com apoio do ex-prefeito e atual...