Últimas

Segunda-Feira, 18 de Fevereiro de 2008, 19h:50 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

CONFRONTO

Bosaipo contrapõe MP e aprova 1ª conta no TCE

  Em seu primeiro parecer na cadeira de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, o ex-deputado por cinco mandatos Humberto Bosaipo julgou regular o balancete anual do Instituto de Previdência Social dos Servidores de Nossa Senhora do Livramento, mesmo com posicionamento contrário do Ministério Público, que apontou diversas irregularidades. As contas são relativas ao exercício de 2006, sob gestão do prefeito Simão Jorge da Silva. Bosaipo foi o relator mas, como trata-se das primeiras análises, ele contou com apoio do conselheiro Valter Albano, que foi o revisor.

   Foram apontadas diversas irregularidades nas contas anuais na área previdenciária sob a Prefeitura de Nossa Senhora do Livramento como, por exemplo, ausência de informações e divergências entre os valores lançados no Fundo Previdenciário e os lançados no Demonstrativo da Dívida Flutuante e no Balanço Orçamentário da Prefeitura e da Câmara, além da remessa dos meses de janeiro a novembro terem sido encaminhadas fora do prazo e descumprimento do limite de despesas de taxa de administração, ultrapassando 2,6%. Apesar disso, as contas foram aprovadas com ressalvas. Bosaipo impôs algumas medidas corretivas, além de estabelecer aplicação de multa de R$ 821.

   Quando ele assumiu uma cadeira no TCE, assumiu também todos os processos que estavam sob a relatoria do conselheiro agora aposentado Ubiratan Spinelli. Logo de início, ficou definido que ele acompanhará as contas do Ministério Público que, por coincidência, tentou impedir sua posse no TCE devido a uma séria de acusações. O MP usou como argumento o fato do atual conselheiro responder a mais de 50 ações na Justiça.

    O novo conselheiro também deverá avaliar processos de 28 prefeituras, 28 câmaras e das secretarias estaduais de Justiça e Segurança Pública, Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente. Avaliará ainda dois balancetes do governo do Estado. Vai acompanhar 14 fundos, uma fundação, quatro fundos contábeis, 12 autarquias, duas sociedades de economia mista, uma associação, um consórcio e três unidades orçamentárias. A distribuição foi feita por critério de sorteio. (Simone Alves)

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • pereirão | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É... quem sabe para julgar ele demonstre alguma honestidade.

  • Ademar Adams | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Ele deve aprovar todas as contas que julgar,pois, não tem moral para desaprovar comportamento ilegal de ninguém.

  • CIDADÃO DESESPERANÇADO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Qualquer conta que chegar ali ele vai ter que aprovar, porque se ele desaprovar vai cair uma "chuva" de questionamentos de prefeitos,já estou até imginando a cena patética do "nobre" conselheiro

    prefeito:
    -O Senhor tem moral de reprovar qualquer conta de prefeitura? o senhor com mais de 50 processos nas costas inclusive por improbidade administrativa.......?
    conselheiro:
    -é,é,é,é,é....!
    É BEM MATO GROSSO
    E ASSIM CAMINHA O TCE

  • Messias | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu já sabia................

  • Bruno | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Genteeeee.Não sou paga para defender mas vcs tem uma dor de cotovelo do ex deputado. Parece q ele defendeu a AL na hora errada. Acordem!

Efeito-Covid adia vinda de Michelle

michelle bolsonaro A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, e a secretária da Mulher, Luciana Zamproni, resolveram transferir para abril a agenda de 11 de março que teria como convidada a secretária nacional de Mulheres, do Ministério dos Direitos Humanos, Cristiane Britto e a primeira-dama do Brasil Michelle...

Governador entre a cruz e a espada

mauro mendes curtinha   Às vésperas da pandemia completar 1 ano em MT, o Estado vive o seu pior momento e o governador Mauro Mendes (foto) enfrenta uma verdadeira prova de fogo: liderar ações coordenadas em todo o território mato-grossense para evitar que o Estado viva cenas parecidas com as de Manaus e de Estados...

Câmara volta a realizar 2 sessões

juca 400 curtinha   A Câmara de Cuiabá, sob a presidência do vereador Juca do Guaraná Filho (foto), volta a realizar duas sessões semanais, nas terças e quintas. Por conta da pandemia, as sessões serão remotas. A resolução foi aprovada por unanimidade pelos parlamentares que vinham...

Coronel linha dura morre ao 91 anos

Coronel Abid 400   Morreu   em Campo Grande (MS), aos 91 anos,  o coronel da PM aposentado Adib Massad (foto), considerado  um dos principais nomes  da Segurança Pública de Mato Grosso na década de 1970. À época, ainda com a patente de  tenente, foi comandante regional...

Mauro e vitórias na briga de decretos

orlando perri 400 curtinha   A estratégia do governador Mauro Mendes de articular com os Poderes a edição do decreto de toque de recolher vem dando frutos. O governo publicou decreto impondo toque de recolher das 21h às 5h, com fechamento do comércio às 19h. O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro,...

Prefeito é intubado e pode ir para SP

Prefeito de Tapurah Carlos Alberto Capeletti   É grave o quadro de saúde do prefeito de Tapurah (432 km de Cuiabá), Carlos Alberto Capeletti (PSD). Após piora, ele precisou ser intubado nesta quinta (4). Foi internado na terça (2), após testar positivo para Covid-19, em uma UTI no Hospital 13 de Maio, em...