Últimas

Quarta-Feira, 06 de Junho de 2007, 08h:37 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

LEGISLATIVO

Bosaipo critica excesso nas operações policiais

   O deputado Humberto Bosaipo (ex-PFL e hoje DEM), que já esteve no olho do furacão por denúncias de supostos atos de improbidade administrativa, saiu em defesa dos servidores da secretaria estadual de Meio Ambiente. Segundo ele, estaria ocorrendo excesso em algumas operações policiais com buscas, apreensões e prisões. Da tribuna, o ex-presidente da Assembléia endossou um manifesto divulgado pelo sindicato dos Servidores do Meio Ambiente (Sintema).

     No documento, o Sintema fala de prisões irregulares, ocorridas com técnicos da secretaria do Meio Ambiente. Acusa a polícia de manchar a imagem de servidores da pasta. Alega também que as mesmas investigações não ganharam divulgação correta. Afirma que a Operação Mapinguari, que resultou na prisão de servidores da Sema por supostas falcatruas, expôs pessoas indevidamente. De acordo com o manifesto, o Ministério Público Federal e a Polícia Federal teriam se baseado em documentos de processo de licenciamento obtidos sem uma solicitação formal e consequentemente sem a disponilização oficial pela Sema.

     Por fim, o manifesto do Sintema critica a administração Blairo Maggi, para quem abandonou a Sema.

     Clique aqui e leia o manifesto na íntegra.

Postar um novo comentário

Comentários (4)

  • Amil Squalidus | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Quem é esse Bosaipo? quanto processos correm contra esse moço? será que a memoria esta curta?..... É.., Bosaipo,É...Riva, É... Dante, É Antero, É Secom Gates, É...sangue, É... Arcanjo, É Quadrilha, É Pilhagem, É Corrupção.... Os funcionarios da SEMA, antiga Fema.... tinham má fama em todo lugar! Será que eles querem que o crime organizado continue a todo vapor?
    Resposta: QUEM NAO DEVE NAO TEME. PARA OS QUE DEVEM E PARA OS QUE ESTAO ESCONDIDOS ATRAZ DO MANTO DO PODER:
    POLICIA FEDERAL NELES

  • DEDO DURO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse deputado Bosaipo não tem moral p/ falar nada: Eu conheci uma apadrinhada dele na AL que estava fazendo curso de História na Unic,já recebendo seu salario como se já tivesse concluido o curso superior te cuida BOSAIPO.

  • RODRIGO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    É QUE O BOSAIPO ESTÁ CANTANDO DE GALO AQUELA MUSIQUINHA:
    "TÁ CHEGANDO A HORA, O DIA JÁ VEM RAIANDO MEU BEM....."
    ENTENDERAM?????????

  • Aristóteles Potter | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O que acontece na sema atualmente é que ela é refém de pessoas envolvidas com o crime organizado. O secretário marcos machado limpou a antiga fema, criou a sema, mas, muitos técnicos envolvidos em maracutaias não foram devidamente punidos, receberam apenas advertência e alguns ficaram dois ou três meses sem receber salário. Essa turma continua lá dentro, e o presidente do sindicato têm o perfil de fraco, não têm pulso e se deixa envolver por esse grupo de técnicos que ainda é muito forte lá dentro e que possue braços políticos também de influência, como o bosaipo e o riva. Reparem de que é a indicação dos atuais gestores da sema, sobretudo do secretário adjunto, que inclusive é parente de assessor do riva. Percebam que a ingerência por esta mobilização nasceu desses deputados em coloio com o sindicato que foi manipulado por esses grupos de técnicos de dúbia indoneidade. Pode até ser que a técnica que foi presa não haja culpabilidade, mas, daí fazer todo aquele movimento, nota-se que houve patrocinio político e interesses outros com o objetivo de desestabilizar a sema, que a partir da gestão de marcos machado está recuperando sua imagem institucional e reduzindo a pressão de grupo econômicos e políticos que não querem que a legislação ambiental funcione plenamente. A verdade é essa, e o ministério público deve apurar a ascenção desses grupos novamente sobre a sema, sob a pena de novos escândalos retrocederem.

Esforço de ex-senadora para eleger 2

rafael ranalli curtinha 400   Eleita no pleito de 2018 e cassada em definitivo em abril deste ano, a ex-senadora Selma Arruda, presidente do Podemos de Cuiabá, pode deixar o partido após o processo eleitoral deste ano. Segundo informações, a juíza aposentada se afastaria da política partidária para...

6 parlamentares já foram infectados

wilson santos 400 curtinha   Desde o início da pandemia, em março, seis dos 24 deputados estaduais já testaram positivo para Covid-19. O último foi Wilson Santos (foto). Ele disse que recebeu medicação e está em isolamento. Observa que a doença está no início e segue trabalhando...

Pedido para TSE definir data da eleição

sebastiao carlos 400 curtinha   Na última quarta (2), um dia após a Câmara aprovar a PEC que adia as eleições municipais para 15 de novembro, André de Albuquerque Teixeira, advogado de Sebastião Carlos, que concorreu ao Senado e um dos que denunciaram Selma Arruda por crimes eleitorais, já...

Uma das apostas do PP para vereador

alex rodrigues 400 curtinha   O PP já tem no rol de possíveis eleitos a vereador em Cuiabá o jovem Alex Rodrigues (foto), de 31 anos. Filho do empresário Valúcio Rodrigues e sobrinho do secretário de Obras Públicas da Capital, Wanderlúcio Rodrigues, Alex criou uma comunidade com mais de mil...

Prefeito, efeito pandemia e a reeleição

ze do patio 400 curtinha   Mesmo com o poderio da máquina, considerada preponderante para cooptar partidos e aliados por causa da oferta de cargos e do assistencialismo, o prefeito Zé do Pátio (foto), de Rondonópolis, terceira em população e segunda no ranking da economia estadual, terá muitos...

Servidores sem pagar os empréstimos

adevair cabral curtinha 400   A Câmara de Cuiabá rejeitou o veto total do prefeito Emanuel e promulgou a Lei 6.547, que suspende por 90 dias o pagamento de parcelas de contrato de crédito consignados tanto dos servidores públicos ativos e inativos da prefeitura quanto da própria Câmara Municipal. A...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Em Cuiabá, o prefeito suspendeu a decisão de implantar rodízio de veículos entre placas pares e ímpares devido à Covid-19. Mas quer debater a ideia. Você concorda com rodízio?

concordo

discordo

tanto faz

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.