Últimas

Domingo, 11 de Novembro de 2007, 01h:17 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:19

ARTICULAÇÃO

Bosaipo diz a Maggi que vai para TCE este ano

* Spinelli antecipa aposentadoria para 4 de dezembro
* Deputado toma posse como conselheiro já no próximo mês
* Governador tenta negociar 2ª vaga para secretário Teis
* Júlio continua no TCE e indica filho para vice de Wallace

 

  O conselheiro Ubiratan Tom Spinelli resolveu antecipar em cinco meses sua aposentadoria e no próximo dia 4 deixa o Pleno do Tribunal de Contas do Estado. A vaga, que antes estava acertada para o secretário de Fazenda, Waldir Teis, foi fechada para contemplar o deputado de quinto mandato Humberto Bosaipo (DEM). Como o direito à indicação é da Assembléia, Bosaipo bateu duro. Ficou temeroso em esperar a segunda chance, buscou respaldo dos colegas deputados e já avisou o governador que não abre mão da cadeira vitalícia.

   O pedido de aposentadoria de Spinelli já está com Maggi. Assim que recebeu o processo, o governador convocou para uma reunião no Palácio Paiaguás os deputados Sérgio Ricardo (PR) e José Riva (PP), presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora, respectivamente. Maggi chegou a avançar na negociação para Teis ser indicado desta vez, em comum acordo com a Assembléia. O problema, porém, é que Bosaipo descobriu que a segunda vaga no TCE pode não surgir por agora.

    Ele fez uma sondagem. Sentou com o conselheiro Júlio Campos. Queria saber se esteve iria deixar o TCE até abril do próximo ano para disputar a Prefeitura de Várzea Grande. Não sentiu firmeza nas argumentações do ex-deputado federal, ex-prefeito, ex-governador e ex-senador. Júlio sinalizou que pretende ficar mais um bom tempo no Tribunal e, ao invés de se candidatar em 2008, quer emplacar o filho Júlio Neto como vice do pré-candidato do DEM a prefeito Wallace Guimarães.

    Bosaipo também não tem segurança quanto à aposentadoria de Ary Leite de Campos para os próximos meses. Diante disso, comunicou ao governador que não iria abrir mão da indicação.
"Governador, o senhor vai me desculpar, mas a vaga é minha e não posso abrir mão", afirmou Bosaipo para Maggi.

   O governador chegou a pedir para Bosaipo, que no começo desta administração era seu adversário ferrenho, a ajudá-lo a viabilizar a segunda vaga com vistas a nomear seu ex-funcionário Teis a uma das sete cadeiras do TCE. Maggi ficou de ter uma conversa com Júlio. As negociações continuam nos bastidores, agora para a segunda vaga para o cobiçado cargo. A primeira, Bosaipo já abocanhou.

   Posse

  Humberto Bosaipo já se prepara para tomar posse dentro de um mês. Vai ganhar quase R$ 25 mil mensais, terá prerrogativa de desembargador e atribuição de emitir parecer sobre as contas de prefeitos, presidentes de câmaras municipais, secretários de Estado e de órgãos, empresas e autarquias ligadas ao poder público. De um lado, perde a imunidade parlamentar, já que não será mais deputado, mas continuará com foro privilegiado. Vira o todo-poderoso, mesmo com uma carga de processos nos ombros por supostos atos de improbidade administrativa de quando conduziu a Mesa Diretora da Assembléia.

Postar um novo comentário

Comentários (19)

  • Marta | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    ESSE CARGO É DE DAR INVEJA
    A MUITOS MAL AMADOS
    Bosaipo tome banho de sal grosso
    por favor

  • Gilmar | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    A Constituição Federal em seu artigo 73, § 1.º, estabelece os requisitos para a nomeação, dentre eles:
    II - IDONEIDADE MORAL E REPUTAÇÃO ILIBADA!!!
    Será que o nobre parlamentar atende às exigências constitucionais? Vale lembrar que o mesmo responde a mais de 50 processos pelo desvio de verba em torno de R$ 65 milhões do cofre da AL, em razão de utilização empresas fantasmas, fato este apresentado pelo MP. Ressalta-se, ainda, que só na terceira vara da fazenda pública existem 40 processos "andando a passos de tartaruga".

    É assim que querem moralizar as INSTITUIÇÕES PÚBLICAS?

  • DEDO DURO | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Esse TCE é uma verdadeira moéda de troca.

  • Regis Rodrigues Ribeiro | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0


    Não concordo com NENHUMA DAS HIPÓTESES colocadas à votação. Tal cargo deveria ser ocupado como os demais cargos públicos, ou seja, através de concurso, e não ser um CABIDE DE EMPREGO PARA POLÍTICOS EM FIM DE CARREIRA. Bem como os políticos honestos não deveriam brigar por tais nomeações, esta briga nada mais é senão uma afirmativa de que realemente chegarem ao fim da carreira e pretendem receber MAIS DE UMA APOSENTADORIA, e com isso ficar ganhando rios de dinheiro público.

  • Valdir | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Lamentável ! Esses cargos no TCE deviam ser preenchidos por concurso público. Percebe-se que, só servem como moeda de troca e o que é pior, cada governador fica empenhado em colocar o seu lobo para tomar conta do seu galinheiro (contas da sua gestão).

    Nem Waldir, nem Humberto !

  • Carlindo Nogueira | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Alô MPE, MPF e até opinião pública em geral "OLHA O FIM DA IMUNIDADE DO HOMEM AÍ GENTE!!"

  • julio augustyo de oliveira soares | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu na minha humilde visão de cidadão apaixonado por minha terra fico triste de assistir tamanho escárnio com o meu querido povo matogrossensse,tanto Humberto Bosaipo quanto Waldir Teis não estão a altura de um dos mais importante cargo dentro da estrutura do Estado,o primeiro pelos divervsos processos que responde e sabendo que nas próximas eleições o povo não cairá mais no seu bico doce procura o manto do TCE a procura do manto do fórum previlegiado que já abriga outros na sua mesma situação,o outro já sabedor que o TCU prepara ujm rescaldo contra a farra da guerra fiscal quer sua vaga noTCE para ajudar a salvar as suas e as contas do seu patrão Blairo Maggi em todos os dois casos assistimos estarrecidos a IMPUNIDADE que ha muito gravita entorno do poder no Brasil isto é vergonhoso.

  • silvia | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    O Tribunal faz-de-conta, não faz diferença, não exerce suas funções como deveria, se fosse um orgão sério não aceitaria a indicação de um Deputado Cheio de processos. Por que não faz Concurso. Por certo Conselheiros concursados exerceria as fiscalizações verdadeiramente, e isto ninguem quer.

  • neto | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Eu só quero ver por quanto ele irá vender as calcinhas para o TCE, ou alguém já se esqueceu das notas de mais de 50.000 reais da época que ele e o Riva eram presidente e primeiro secretário da "Casa do Povo"?

  • Cristina Franco | Quarta-Feira, 31 de Dezembro de 1969, 20h00
    0
    0

    Tribunal de Contas, aquele q faz de Conta.Estamos cada vez mais a mercê das politicagens. Mas estamos de olho bem aberto, para as próximas eleiçõe": pois como dizia nosso querido poeta Vinícios "por cima uma lage, embaixo a escuridão..."

Para presidente, BRT é ultrapassado

juca 400 curtinha   Numa sintonia política com o prefeito Emanuel, o novo presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Juca do Guaraná (foto), disse ser contra a decisão do governo estadual de "enterrar" o projeto do VLT, cujas obras estão paralisadas desde 2014, para implantar o modal BRT na Região...

Prefeito vai homenagear 2 ex-aliados

ze do patio 400 curtinha   O ex-vereador, ex-deputado estadual e hoje prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio (foto), que está no terceiro mandato, vai homenagear dois aliados que faleceram recentemente, sendo eles o ex-vereador de três mandatos Juary Miranda, que foi líder do Executivo na Câmara...

Maluf deve consultar STF sobre Teis

guilherme maluf 400 curtinha   Assim que retornar de férias, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Guilherme Maluf (foto), dará prosseguimento à análise do pedido de aposentadoria de Waldir Teis, que está afastado do Pleno há três anos e cinco meses, assim como outros três conselheiros...

Novo líder de Pátio na Câmara de ROO

reginaldo santos 400 curtinha   Reginaldo dos Santos (foto), que assume vaga na Câmara de Rondonópolis pela quarta vez, é o novo líder do prefeito Zé do Pátio, com a missão de fazer o trabalho de articulação e defesa do Executivo junto aos colegas do Legislativo. Na legislatura passada,...

Agro sugere Daniella de volta no Indea

daniella bueno 400 indea   Representantes do setor produtivo e um grupo de servidores sugeriram ao governador Mauro o nome da médica-veterinária e servidora de carreira Daniella Bueno (foto) para reassumir a presidência do Indea-MT. Aproveitaram a vulnerabilidade no cargo do presidente Marcos Catão Dornelas, denunciado...

Aumento para vereador só em 2022

Alguns vereadores em Cuiabá, tanto novatos quanto aqueles reeleitos, ficaram surpresos quando informados pela Mesa Diretora de que o aumento salarial de R$ 15,1 mil para R$ 18,9 mil, aprovado agora no final de dezembro, só começa a valer a partir de janeiro de 2022. Não entra em vigor de imediato, mesmo se tratando de nova legislatura, por causa da pandemia, que levou o governo federal a estabelecer, em lei, veto a qualquer tipo de reajuste para servidores até...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.